Severianos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Território europeu habitado pelas tribos eslavas orientais nos séculos VIII e IX.

Severianos ou siverianos (em latim: Severii; Russo: Северяне; em ucraniano: Сiверяни) é o nome de uma tribo ou união tribal dos eslavos orientais primitivos e que habitava a região a leste do médio Dnieper nas redondezas dos rios Desna, Seym e Sula, uma região de cultura arqueológica Romny.

Etimologia[editar | editar código-fonte]

A etimologia do nome dos severianos é controversa. Embora a palavra seja similar à palavra eslava para "norte" (sěver), os severianos jamais foram a tribo eslava mais setentrional. Mais provável é que o nome seja iraniano (a tribo sármata de "seuer", do iraniano "seu" = "negro"). Outra hipótese é que o nome seja derivado da palavra proto-eslava para "membro da família" (ou "parente").

História[editar | editar código-fonte]

Eles eram vizinhos das tribos dos viatiques e radimiques ao norte e dos drevlianos e polanos orientais a oeste. As fronteiras sul e leste do território tribal jamais foram ocupadas de maneira permanente e ele podia se estender por alguns períodos até o rio Donets.

A existência dos severianos como uma unidade política pode ser comprovada no período do século VIII ao XI. Eles foram tributários dos cazares nos séculos VIII e IX, foram anexados por Oleg de Novgorod ao estado dos rus' de Kiev juntamente com os polanos orientais no final do século IX e participaram da campanha de Oleg contra Constantinopla em 907. No final, eles acabaram incorporados ao Grão Principado de Chernigov e eles despareceram do registro histórico depois de 1024[a]

Os severianos foram mencionados principalmente por Geographus Bavarus, por Constantino VII Porfirogênito, pelos cagã cazar José (ca. 960) e pela Crônica Primária.

As principais cidades severianas eram Chernigov (moderna Chernihiv), Kursk e Novgorod-Seversky. Arqueologistas também encontraram diversos assentamentos rurais do período severiano e túmulos com corpos cremados.

Parte dos severianos também migrou para o sudoeste e se assentou na região ao sul da planície da Panônia (Banat), onde eles se misturaram com os sérvios, e para o sul dos Cárpatos. A região de Severin (Szörény) do Reino da Hungria medieval, situada a sudeste de Banat, é uma referência aos severianos.

Notas[editar | editar código-fonte]

[a] ^ A história da região daí em diante pode ser vista em Sevéria, um nome derivado.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Jovan M. Pejin; Iz prošlosti Kikinde; Kikinda; 2000.
  • Istorijski atlas; Zavod za udžbenike i nastavna sredstva - Zavod za kartografiju "Geokarta"; Beograd; 1999.
  • Školski istorijski atlas; treće izdanje; Zavod za izdavanje udžbenika Socijalističke Republike Srbije; Beograd; 1970.