Sexo virtual

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O sexo virtual é uma atividade sexual, em que duas ou mais pessoas se reúnem através de meios de comunicação,com o objetivo de transmitir mensagens sexualmente explícitas. O sexo virtual é comum em canais de IRC e outras salas de bate-papo. O foco do desejo fica centrado na virtualidade do prazer sexual. E uma pratica de sexo nao penetrativo.

Tipos de práticas[editar | editar código-fonte]

Existem basicamente quatro tipos de sexo virtual:

  • Camming[1] , onde se incluem sites, que fornecem serviços de video-chat
  • Cibersexo, é o tipo de sexo virtual existente em mundos virtuais como o Second Life, em que há uma troca de mensagens sexualmente explícitas ou em que os Avatares de um jogo simulam atividades sexualmente explícitas.
  • Sexfone, é uma conversa entre duas ou mais pessoas via telefone, em que se descreve os atos sexuais.
  • Sexting em que há o envio de mensagens sexualmente explícitas via celular.

Anonimato[editar | editar código-fonte]

As pessoas que praticam sexo virtual comumente escondem a sua identidade verdadeira, o que lhe permite, de modo explícito, dar vazão aos seus desejos e fantasias sexuais.

Links externos[editar | editar código-fonte]

  1. Aidan Johnston (4/3/2015). Cam Girlz' Is a New Documentary About How Great and Empowering Camming Can Be Vice.com. Visitado em 13/7/2015.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre sexo ou sexualidade é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.