Sexto Calpúrnio Agrícola

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sexto Calpúrnio Agrícola (em latim Sextus Calpurnius Agricola) foi um político e militar romano que desempenhou o cargo de governador da Britânia em meados do século II.

História[editar | editar código-fonte]

Acedeu ao consulado em setembro de 154, após o qual foi designado Governador da Germânia Superior em 158.

No Outono de 161 ou mais provavelmente princípios de 162 ocorreu uma invasão dos catos e o imperador Marco Aurélio enviou Aufídio Victorino na sua substituição, que venceu os invasores sem maiores contratempos.

Calpúrnio Agrícola foi enviado pela sua vez à Britânia a submeter um levantamento dos britanos e substituir a Marco Estácio Prisco, que era pela sua vez transladado com urgência para a Capadócia após a derrota sofrida pelos romanos às mãos de Vologases IV da Pártia na batalha de Elegeia. O movimento de governadores foi registrado na História Augusta:

Cquote1.svg ...E além disto, a guerra ameaçava Britânia, e os catos irromperam na Germânia e Récia. Calpúrnio Agrícola foi enviado contra os britânicos, contra os catos, Aufídio Victorino. Cquote2.svg
História Augusta, Marco Aurélio 8.8.[1]

Calpúrnio Agrícola partiu para a sua nova província com reforços de cavalaria da Germânia. Para enfrentar o levantamento, abandonou definitivamente a linha adiantada do Muralha de Antonino, a sul da Escócia, retirando as forças para o sul, ao Muro de Adriano. Reparou essa linha fortificada e as remanescentes fortificações (como a de Corbridge). Existem evidências de rebelião ou mal-estar em outros locais da ilha[1]

Por volta de 168, enquanto as Guerras Marcomanas assolavam a região, Dácia foi atacada por rebeldes Dácios, Sármatas e Costobocos e o governador de Mésia e Dácia, Cláudio Fronto, foi vencido e morto. Calpúrnio Agrícola, já pacificada a Britânia, foi designado governador para deter a invasão, conseguindo com a V Macedonica pacificar a província. Não há informação posterior, nem registro de descendência alguma, pelo qual se acredita que faleceu na campanha, ao redor de 169.[2]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. As escavações evidenciam danos no fórum de Viroconium (Wroxeter), território dos cornóvios a sul do dos Brigantes e sede da XIV Gemina, e a queimada de grande parte de Verulâmio, no dos Catuvelaunos.
  2. Em 170 não era já governador. Nesse ano, um ataque das tribos germânicas dos Astingi e os Lacringi à área do Danúbio foi enfrentado pelo governador de Dácia, Sexto Cornélio Clemente.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por:
Marco Estácio Prisco
Governador da Província Romana da Britânia
c.162 - 168
Sucedido por:
Desconhecido
Posterior: Quinto Antístio Advento