Sexto Júlio Frontino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Sexto Júlio Frontino, em latim Sextus Iulius Frontinus (ca. 40103), foi um militar, político, engenheiro e escritor romano. Importante aristocrata do século I, Frontino ficou conhecido mundialmente pelos seus tratados técnicos, especialmente os que lidavam com os aquedutos de Roma. Frontino também foi membro do colégio de Áugures.

Tornou-se pretor [1] em 70 e cônsul em 73. Dois anos mais tarde foi enviado à Britânia, onde sucedeu Quinto Petílio Cerial como governador da ilha. Ali, Frontino subjugou os Silures e outras tribos hostis de Gales, estabelecendo a fortificação de Isca Augusta, onde hoje está o vilarejo de Caerleon. Foi sucedido por Cneu Júlio Agrícola, em 78.

Em 95, Frontino foi nomeado Comissário da Água (curator aquarum) dos aquedutos romanos pelo imperador Nerva. No cargo, elaborou em 97 o tratado De aquoeductis urbis Romae (segundo outras versões, De aquis urbis Romae), um relato oficial que descrevia em detalhes, inclusive históricos, a situação dos aquedutos que serviam a cidade de Roma no final do primeiro século e também previa medidas contra o desperdício de água. Essa obra é considerada como o primeiro relato investigativo completo dos ramos da engenharia e da história da arquitetura.

Frontino também escreveu um tratado de técnicas militares para fins didáticos, Strategemata, que agrupava fragmentos da história militar grega e romana para a formação de oficiais do exército. Outras obras são De Aqueductu Urbis Romae, De Agrorum Qualitate, De arte mensoria, De controversiis e De limitibus.

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Este artigo incorpora texto da Encyclopædia Britannica (11ª edição), publicação em domínio público.

  • Herschel, C, The Two Books on The Water Supply of the City of Rome of Frontinus, (trans with explanatory chapters) New England Water Works Association (1973).
  • Ashby, Thomas., The Aqueducts of Rome, Oxford, 1934.
  • Hodge, A.T. (2001). Roman Aqueducts & Water Supply, 2nd ed. London: Duckworth.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Quinto Petílio Cerial
Governador romano da Britânia
Sucedido por
Cneu Júlio Agrícola