Shanghai Automotive Industry Corporation

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
SAIC Motor Corporation Limited
SAIC Motor logo.png
Slogan Striving for profession and Innovation, leading science and technology trend
Tipo Pública Predefinição:SSE
Indústria Automobilística
Fundação 2011
(SAIC Motor Corporation Limited)
1995
(Shanghai Automotive Industry Corp. (Group))
1955
(Shanghai Internal Combustion Engine Components Company)
Sede Xangai, China
Locais China, Coréia do Sul, Reino Unido
Pessoas-chave Hu Maoyuan
(Chairman)[1]
Shen Jianhua
(President)[2]
Empregados 104.588 (dados de 2010)[3]
Produtos Automóveis
Parentesco Assets Supervision and Administration CommissionErro de citação: </ref> de fecho em falta, para o elemento <ref>
Subsidiárias MG Motor
Nanjing Automobile
Faturamento US$33,63 bilhões (2010)[4]
Página oficial SAIC Motor

SAIC Motor Corporation Limited (informalmente SAIC, antigamente Shanghai Automotive Industry Corporation) é uma indústria automobilística multinacional sediada em Xangai, China. É uma das "Quatro Grandes" entre as montadoras chinesas (jutamente com Chang'an Motors, FAW Group e Dongfeng Motor)[5] e em 2011 produziu 3,64 milhões de veículos, produção maior que qualquer outra montadora chinesa.[6]

As origens da SAIC remontam aos princípios da indústria automobilística chinesa nos anos de 1940, e foi uma das poucas fabricantes de automóveis do período de Mao Tse Tung, fazendo o Shangai SH760 para oficiais do governo não importantes o bastante para garantir um Hongqi.[7] SAIC participa joint-venture automotiva sino-estrangeira mais antiga ainda em operação, com a Volkswagen, e também possui parcerias com a General Motors desde 1998. Produtos da SAIC são vendidos sob uma variedade de marcas incluindo aquelas de suas parceiras estrangeiras. SAIC é proprietária da história marca de carros britânica MG e de uma das poucas marcas chinesas de automóveis de luxo, a Roewe.

História[editar | editar código-fonte]

Um Shangai SH760 1986, principal automóvel da SAIC por mais de 25 anos

Apesar de possuir uma longa história, originando-se de uma montadora de automóveis estabelecida em Xangai por volta da Segunda Guerra Mundial, SAIC, ao contrário de suas rivais domésticas FAW Group e Dongfeng Motors, tem apenas recentemente atingido uma posição proeminente na indústria chinesa de veículos.[8] Nos anos 1970 era uma companhia pequena, mas uma acordo de cooperação assinado com a Volkswagen em 1984[9] e a direção das autoridades locais de Xangai (houve um tempo em que a SAIC era uma simples extensão do governo municipal de Xangai[10] ) permitiu a fabricante crescer rapidamente. Nos 11 anos até 1996 a capacidade de produção anual aumentou dez vezes para 300.000 unidades/ano, ea companhia estabeleceu-se como uma das montadoras líderes chinesas.[11]

Durante este tempo a SAIC construiu uma completa cadeia de fornecedores de componentes em Xangai.[12] A quantidade e a qualidade das autopeças localmente produzidas subsequentemente aumentou.[13] Carros que antes eram montados na China de conjuntos desmontados (CKD) enviados pela Volkswagen[14] passaram a ser construídos a partir de autopeças feitas em Xangai,[15] e entre 1990 e 1996 a cidade mais que dobrou sua contribuição à produção nacional de componentes automotivos.[13] Em 1987 as únicas peças locais usadas num carro, o Volkswagen Santana, eram pneus, rádio e antena,[16] mas em 1998 mais de 90% dos componentes usados em sua fabricação provinham da região.[15] Uma meta estabelecida pelo governo municipal de Xangai,[10] criação de uma indústria local de autopeças é um exemplo da influência que o governo local tem mostrado no desenvolvimento da SAIC.

Primeira parceira de uma montadora estrangeira nos anos 1980, durante os anos 2000 viu a cooperação continuar a ser uma dádiva para a SAIC, que assumiu a General Motors como sua segunda joint-venture em 1998 e experimentou um crescimento duas vezes maior entre 2000 e 2004.[17] Inicialmente parceira de montadoras estrangeiras, criando joint-ventures com fornecedoras de componentes, como a estadunidense Visteon,[18] deve agora ajudar a sustentar o sucesso da SAIC.

O MG/Roewe 550, que foi lançado em 2008

No começo dos anos 2000, SAIC realizou várias aquisições na Coréia. Em Outubro de 2002 pagou 59 milhões de dólares por 10% da GM Daewoo Auto and Technology Company,[19] e em Outubro de 2004 adquiriu 48.9% das ações na sul-coreana SsangYong Motor por 500 milhões de dólares.[20] Atualmente a SAIC criou uma nova controladora para suas subsidiárias dedicadas a produção de automóveis de passeio, Shangai Automotivee Group.[21]

Conforme a década avançava, buscou adquirir a decadente companhia inglesa MG Rover, mas em 2005 a SAIC foi ultrapassada por uma outra montadora chinesa, a Nanjing Automobile.[22] SAIC tentou obter alguma tecnologia da MG Rover que foi incorporada a linha de sedãs de luxo, Roewe,[23] e subsequentemente comprou a concorrente vitoriosa,[24] que então possuía operações da MG Rover na China.[25]

Enquanto a compnhia via um sucesso de vendas no fim dos anos 2000, com 2,72 milhões de veículos vendidos em 2009,[26] sua aquisição de uma fatia na fabricante coreana de utilitários esportivos SsangYong, então em dificuldades, azedou. Em Janeiro de 2009, depois de um aporte adicional de 45 milhões de dólares realizado pela SAIC, a SsangYong entrou em concordata na Coreia.[27] Cortes devem ter mandado a SAIC reduzir sua participação, e em 2010 sua fatia de 51,33% na fabricante coreana tornou-se apenas 10%.[28] A crise de 2009 na SsangYong também presenciou a tropa de choque reprimindo trabalhadores que protestavam e protagonizavam uma greve de 77 dias de duração.[29] SAIC deve ter beneficiado-se da exposição a alguma tecnologia da Mercedes que a SsangYong controlava a época.[30]

Em 2010 produziu 3,58 milhões de unidades, figurando como a fabricante número um na China.[31]

Em Fevereiro de 2011, SAIC revelou uma nova marca de veículos comerciais, Maxus.[32]

Em 13 de Abril de 2011 a produção em massa foi retomada na unidade da MG Motor em Longbridge, Reino Unido enquanto o primeiro MG 6 a ser produzido no país saiu de linha.[33]

Fusões e mudanças de nome[editar | editar código-fonte]

A atual SAIC é produto de numerosas fusões, reestruturações e parcerias. Shanghai Internal Combustion Engine Components Company foi fundada em Dezembro de 1955.[34] Em Março de 1958, Shanghai Internal Combustion Engine Components Company e Shanghai Powertrain Equipment Manufacturing Company foram unidas sob a Shanghai Powertrain Machinery Manufacturing Company.[34] Em Janeiro de 1960, Shanghai Powertrain Machinery Manufacturing Company foi renomeada como Shanghai Agricultural Machinery Manufacturing Company.[34] Em Abril de 1969, Shanghai Agricultural Machinery Manufacturing Company foi renomeada como Shanghai Tractor Industry Company. Shanghai Automobile & Tractor Company foi estabelecida em Julho de 1984.[34] Shanghai Volkswagen Automotive Co Ltd foi estabelecida em Março de 1985.[34] Em Março de 1990, Shanghai Automobile & Tractor Company foi renomeada como Shanghai Automotive Industry Corporation.[34] Shanghai Automotive Industry Corp (Group) foi fundada em Setembro de 1995.[34] Em Junho de 1997, Shanghai General Motors Co Ltd foi estabelecida.[34] [35]

Operações[editar | editar código-fonte]

O MG 6, atualmente produzido na China e no Reino Unido

Marques[editar | editar código-fonte]

SAIC vende veículos sob uma variedade de marcas. Marcas que são exclusivas da SAIC incluem Maxus,[36] MG,[37] Roewe[37] e Yuejin.[38] Produtos fabricados por parcerias entre SAIC e outras empresas são vendidos sob marcas incluindo Baojun,[39] Buick,[40] Chevrolet,[40] Iveco,[38] Škoda,[41] Volkswagen[41] e Wuling.[42]

Joint ventures e subsidiárias[editar | editar código-fonte]

SAIC participa em esforços cooperativos com indústrias automotivas estrangeiras para que os produtos de grandes companhias multinacionais como General Motors e Volkswagen sejam feitos e vendidos na China. Entre as parcerias sino-estrangeiras em que a SAIC está envolvida incluem Nanjing Iveco Auto Co Ltd ("New Naveco") with Iveco,[43] Saic-Iveco Commercial Vehicle Co Ltd,[44] SAIC-GM-Wuling Automobile, Shanghai Volkswagen Automotive, Shanghai General Motors Corporation e Sunwin Bus com Volvo.[45]

Unidades de produção[editar | editar código-fonte]

SAIC possui inúmeras plantas de fabricação na China, incluindo unidades em Chongqing, Liuzhou, Qingdao, Xangai, Shenyang e Yantai.[46] Também possui uma unidade de montagem no Reino Unido, em Longbridge.[47]

Pesquisa e desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

SAIC opera um grande centro de pesquisa e desenvolvimento no Reino Unido, o SAIC Motor UK Technical Centre, que em 2012 empregava cerca de 275 engenheiros e 25 desenhistas industriais.[48] O UK Technical Centre é a principal unidade no mundo para o desenvolvimento dos carros da MG,[49] e também tem um papel importante no desenvolvimento dos produtos Roewe.[50] . A empresa possui ainda o PATAC, centro de desenho em parceria com a General Motors.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Board of Directors. Shanghai Automotive Industry Corporation (Group). Página visitada em 1 November 2011.
  2. Top Management. Shanghai Automotive Industry Corporation (Group). Página visitada em 1 November 2011.
  3. 2010 Annual Report - Highlight figures. Shanghai Automotive Industry Corporation (Group). Página visitada em 1 November 2011.
  4. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas yrinrev
  5. New policy to encourage China's carmaker consolidation xinhuanet.com, 2010-02-22 10:27:20
  6. (12/16/2011) "2011年1-11月前十家汽车生产企业销量排名". {{{booktitle}}}, China Association of Automobile Manufacturers (CAAM). Página visitada em 01/07/2012. 
  7. The home team: Indigenous carmakers are working their way up economist.com, Nov 13th 2008
  8. Richter, Frank-Jürgen. The dragon millennium: Chinese business in the coming world economy. [S.l.]: Greenwood Publishing Group, 2000. 65–69 pp. ISBN 1567203531, 9781567203530
  9. For SAIC in the 1970s, see Richter, Frank-Jürgen. The dragon millennium: Chinese business in the coming world economy. [S.l.]: Greenwood Publishing Group, 2000. 66 pp. ISBN 1567203531, 9781567203530
    • For 1984 agreement with Volkswagen, see Richter, pp. 67.
  10. a b Thun, Eric. Changing lanes in China: foreign direct investment, local government, and auto sector development. [S.l.]: Cambridge University Press, 2006. 103 pp. ISBN 0521843820, 9780521843829
  11. Richter, Frank-Jürgen. The dragon millennium: Chinese business in the coming world economy. [S.l.]: Greenwood Publishing Group, 2000. 68 pp. ISBN 1567203531, 9781567203530
  12. Yasheng, Huang. Selling China: foreign direct investment during the reform era. [S.l.]: Cambridge University Press, 2003. 264 pp. ISBN 0521814286, 9780521814287
  13. a b Yasheng, Huang. Selling China: foreign direct investment during the reform era. [S.l.]: Cambridge University Press, 2003. 264–265 pp. ISBN 0521814286, 9780521814287
  14. Thun, Eric. Changing lanes in China: foreign direct investment, local government, and auto sector development. [S.l.]: Cambridge University Press, 2006. 102 pp. ISBN 0521843820, 9780521843829
  15. a b Chiu, Becky; Lewis, Mervyn. Reforming China's state-owned enterprises and banks. [S.l.]: Edward Elgar Publishing, 2006. 310 pp. ISBN 1843767589, 9781843767589
  16. Thun, Eric. Changing lanes in China: foreign direct investment, local government, and auto sector development. [S.l.]: Cambridge University Press, 2006. 104 pp. ISBN 0521843820, 9780521843829
  17. Chiu, Becky; Lewis, Mervyn. Reforming China's state-owned enterprises and banks. [S.l.]: Edward Elgar Publishing, 2006. 309 pp. ISBN 1843767589, 9781843767589
  18. "Visteon's Global Electronics Platforms Launched on Shanghai GM's Chevrolet New Sail", Visteon Corp, 25 Feb 2010. Página visitada em 01/04/2012.
  19. "Auto Venture in Korea", The New York Times, 14 October 2002. Página visitada em 14 April 2011.
  20. "SAIC Takes on Ssangyong Motors", China Daily, 29 October 2004. Página visitada em 14 April 2011.
  21. "Chinese auto firm looks overseas", BBC News, 29 November 2004. Página visitada em 14 April 2011.
  22. "Rover sold to Nanjing Automobile", BBC, Saturday, 23 July 2005, 09:36 GMT 10:36 UK. Página visitada em 01/04/2012.
  23. "China debut for Rover-based car", BBC, Monday, 20 November 2006, 20:41 GMT. Página visitada em 01/04/2012.
  24. REFILE-UPDATE 2-SAIC to make MG 6 in UK, upbeat on own-brand car reuters.com, Wed Nov 25, 2009 5:04am EST
  25. "MG Rover's Chinese reincarnation", BBC, Tuesday, 27 March 2007, 03:41 GMT 04:41 UK. Página visitada em 01/04/2012.
  26. "SAIC: Company Profile", ChinaAutoWeb.com.
  27. Kitchen, Michael. "Korean auto maker Ssangyong enters receivership", Jan. 9, 2009, 8:56 a.m. EST. Página visitada em 01/04/2012.
  28. For court-ordered destruction of SAIC ownership and 51.33% stake, see Seo, Eun-kyung. "UPDATE 1-Court backs Ssangyong plan, shares briefly halted", Reuters, Thu Dec 17, 2009 1:39am EST. Página visitada em 01/05/2012.
  29. "S Korea factory occupation ends", BBC, 11:55 GMT, Thursday, 6 August 2009. Página visitada em 01/05/2012.
  30. For possible benefit from exposure to technology, see 김, 동환. "'먹튀 논란' 상하이車 반박 "쌍용車 주장 근거없어"", 아시아경제, 2009.01.20. Página visitada em 01/05/2012. (em Korean)
  31. China Car Market 101: Who Makes All Those 18 Million Cars? thetruthaboutcars.com, January 19, 2011
  32. SAIC unveils first international brand. Shanghai Automotive Industry Corporation. Página visitada em 15 April 2011.
  33. "New MG Sports Rolls Out Of Longbridge Plant", Sky News, 13 April 2011. Página visitada em 14 April 2011.
  34. a b c d e f g h "Roewe: A homegrown brand with brilliant origin", China Economic Net, 12 January 2007. Página visitada em 14 April 2011.
  35. "G.M. Expects Asia Deals to Raise $400 Million", The New York Times, 4 December 2009. Página visitada em 12 May 2011.
  36. SAIC unveils first international brand. SAIC (2011-03-29). Página visitada em 13 July 2011.
  37. a b "SAIC invests $1.5 billion to boost own-brand car capacity: paper", Reuters, Dec 27, 2010. Página visitada em 13 July 2011.
  38. a b About Naveco: About Us. Naveco. Página visitada em 14 July 2011.
  39. SGMW to launch Baojun brand. SAIC (2010-07-19). Página visitada em 13 July 2011.
  40. a b GM Communications. "GM Family Showcases Record Lineup of Brands and Products at Auto Shanghai 2005", General Motors, 2005-04-19. Página visitada em 13 July 2011.
  41. a b SVW Introduction: Overview. SAIC. Archive.org. Página visitada em 13 July 2011.
  42. Muller, Joann. "Can China Save GM?", 2010-04-22. Página visitada em 13 July 2011.
  43. Navco. Iveco. Página visitada em 14 July 2011.
  44. A LONG STANDING, STRONG, RELIABLE SINO-ITALIAN TEAM. Iveco. Página visitada em 14 July 2011.
  45. 1,500 buses from Volvo to World Expo. Volvo Group (28 April 2010). Página visitada em 12 February 2012.
  46. Introduction of SAIC. SAIC. Página visitada em 13 July 20100.
  47. Pomfret, James. "China's premier promotes Sino-UK trade synergies", Reuters, Jun 26, 2011. Página visitada em 13 July 2011.
  48. About SMTC UK. SAIC Motor UK Technical Centre Limited. Página visitada em 28 March 2012.
  49. MG. SAIC Motor UK Technical Centre Limited. Página visitada em 28 March 2012.
  50. Roewe. SAIC Motor UK Technical Centre Limited. Página visitada em 28 March 2012.

External links[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.