Shanghai Express

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shanghai Express
O expresso de Xangai (PT/BR)
 Estados Unidos
1932 • pb • 80 min 
Direção Josef von Sternberg
Roteiro Jules Furthman
Harry Hervey (história)
Elenco Marlene Dietrich
Clive Brook
Género Aventura
Idioma Inglês
Página no IMDb (em inglês)

Shanghai Express (O expresso de Xangai) é um filme estadunidense de 1932 do gênero "Aventura", dirigido por Josef von Sternberg. O roteiro foi de Jules Furthman baseado em história de Harry Hervey. Foi o quarto filme da colaboração da atriz Marlene Dietrich com o diretor von Sternberg. A ótima fotografia em preto & branco, creditada à Lee Garmes (e com provável participação de von Sternberg), foi premiada com o Oscar.

O filme teve dois "remakes": em 1942, com o título de Night Plane from Chungking; e em 1951 como Peking Express.

Elenco Principal[editar | editar código-fonte]

Marlene Dietrich em cena do filme

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O filme se passa em 1931, quando a China estava convulsionada pela Guerra Civil. Ao embarcar no expresso de Xangai, um trem (comboio) que vai partir de Pequim, o capitão britânico Donald 'Doc' Harvey é avisado pelos amigos de que a notória cortesã "Shanghai Lily" será também uma passageira. Eles se referem a ela pejorativamente como "coaster" ou de "alto custo", pois teria arruinado financeiramente com seus caprichos, cinco homens.

Quando Doc a encontra, ele a reconhece como Magdalen, uma antiga amante de quem se separara havia cinco anos em função das suas obrigações militares. Shangai Lily divide uma cabine de primeira classe com outra cortesã, a chinesa Hui Fei. Também viajam na primeira classe o reverendo Sr. Carmichael, o jogador inveterado Sam Salt, o traficante de ópio Eric Baum, a anciã Sra. Haggerty, o oficial francês Major Lenard e o misterioso eurasiano Henry Chang.

Durante a viagem, soldados do governo páram o trem e prendem um agente rebelde que se misturava com os passageiros. Depois que o trem é recolocado em marcha, o Sr. Chang se revela como um comandante rebelde e resolve tomar o comboio com suas tropas. Ele escolhe um dos passageiros para fazê-lo de refém e o trocar pelo espião detido. Doc é o escolhido, obrigando Shangai Lily a se sacrificar para salvá-lo.

Oscar[editar | editar código-fonte]

  • Melhor fotografia em preto & branco (Lee Garmes)
  • Indicado como melhor diretor (Josef von Sternberg)
  • Indicado como melhor filme

Ligações externas[editar | editar código-fonte]