Sharon (Israel)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sharon, Sarom ou Sarona (em hebraico: שָׁרוֹן‎‎) é a metade norte da planície costeira de Israel, norte de Gush Dan e sua maior cidade é Netanya. As outras maiores cidades nesta região são Ra'anana, Ramat Hasharon e Kefar Sava.

Esta planície situa-se entre o Mar Mediterrâneo a oeste e as colinas de Samaria, a 15 km a leste. Ela se estende a partir de Haifa e do Monte Carmelo, no norte do Rio Yarkon no sul, na orla da cidade atual de Tel Aviv, cerca de 90 km. Partes da planície estão incluídos em Haifa, no Centro e nos Distritos de Israel em Tel Aviv. Em 2008 as Planícies de Sarom foram a casa de 1.131.600 pessoas,[1] 965.300 deles (85,3%) são judeus, e 166.300 (14,6%) são árabes.

A Planície de Sarom é mencionada na Bíblia (1 Crônicas 5:16, 1 Crônicas 27:29; Isaías 33:9, Isaías 35:2, Isaías 65:10), incluindo a famosa referência à enigmática "Rosa de Sarom" (Cântico 2:1). Nos tempos antigos, a planície foi particularmente fértil e populosa. Imigrantes sionistas chegaram no início do século 20, e povoaram a região com muitos assentamentos.[2] Em 2008, foi a região mais densamente povoada de Israel.[3]

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de Israel é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.