Sharpe em Trafalgar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou se(c)ção não cita fontes fiáveis e independentes (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.

Sharpe em Trafalgar é o quarto livro (em ordem cronológica) de um total de vinte volumes que compõem a série As Aventuras de Sharpe, escrita pelo inglês Bernard Cornwell. É precedido pelos livros O Tigre de Sharpe, O Triunfo de Sharpe e A Fortaleza de Sharpe, os três primeiros volumes da série.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Batalha de Trafalgar, 21 de Outubro de 1805

O ano é 1805, e o Calliope (que tem entre seus passageiros o alferes Richard Sharpe) é atacado pelo Revenant, um formidável navio de guerra francês que há algum tempo aterroriza o tráfego náutico no oceano Índico. Quando parte rumo à segurança de sua frota, a nau francesa carrega um tratado roubado que pode levar a Índia a uma nova guerra com os britânicos... e jogar por terra tudo o que Sharpe conquistou até agora. A ajuda chega de forma inesperada. Um velho amigo, comandante da Marinha Real, está perseguindo o Revenant, e Sharpe embarca no Pucelle, um vaso de guerra de setenta e quatro canhões. O resultado é uma narrativa empolgante de uma das batalhas navais mais ferozes da História, na qual o lendário almirante Nelson - e Richard Sharpe - derrota em Trafalgar o poder naval combinado da França e da Espanha.

Dados gerais[editar | editar código-fonte]

  • Título original inglês: Sharpe's Trafalgar
  • Editora: Record
  • ISBN 8501070513
  • Número de páginas: 376