Shattered Glass

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shattered Glass
Shattered Glass: Verdade ou Mentira (PT)
O Preço de Uma Verdade (BR)
 Estados Unidos  Canadá
2003 • cor • 94 min 
Direção Billy Ray
Produção Marc Butan
Gaye Hirsch
Roteiro Billy Ray
Narração Hayden Christensen
Elenco Hayden Christensen
Peter Sarsgaard
Chloë Sevigny
Hank Azaria
Steve Zahn
Género Drama
Idioma Inglês
Música Mychael Danna
Distribuição Lions Gate Entertainment
Lançamento Estados Unidos 31 de Outubro de 2003
Portugal 8 de Abril de 2004
Brasil 9 de Abril de 2004
Página no IMDb (em inglês)

Shattered Glass (br: O Preço de uma Verdade / pt: Shattered Glass: Verdade ou Mentira) é um filme estadunidense e canadense do gênero drama, lançado em 2003. É dirigido por Billy Ray e estrelado por Hayden Christensen, Peter Sarsgaard e Chloë Sevigny.

Enredo[editar | editar código-fonte]

O filme aborda a ética no jornalismo através da história de Stephen Glass (Hayden Christensen), jornalista que ainda jovem já fazia parte do quadro de repórteres de grandes revistas do país, inclusive o ícone político The New Republic. Glass se destacava por ter muitos artigos publicados num curto período de tempo e também por seu carisma. Vivia situações inusitadas que eram publicadas.

Entretanto, o sucesso repentino de Glass se escondia por trás de artigos forjados. Até mesmo as anotações feitas a respeito de cada artigo eram forjadas e suas fontes eram tão bem disfarçadas que nem mesmo a rigorosa equipe responsável pela comprovação das informações era capaz de dizer que elas nem sequer existiam. Em uma de suas maiores reportagens publicadas, porém, Glass foi desmascarado pelo jornalista Adam Penenberg (Steve Zahn), da Forbes Digital. A reportagem “O Paraíso dos Hackers” falava a respeito de Ian Restil, um hacker de 15 anos, que havia invadido a rede de computadores de uma grande empresa de informática, e, após ser descoberto, teria sido contratado pela própria empresa após fazer exigências absurdas.

O editor de Penenberg acaba o censurando por não cobrir tal fato. Não se conformando em não ficar sabendo do ocorrido, Penenberg começa a pesquisar na internet os nomes ligados à reportagem de Glass e não consegue encontrar vestígio algum da existência da empresa, nem mesmo do garoto. Notando que a reportagem era falsa, Penenberg e a Forbes Digital pressionam Glass, seu editor Chuck Lane (Peter Sarsgaard), e a própria The New Republic até que se descubra que não apenas “O Paraíso dos Hackers”, mas 27 dos 41 artigos publicados por Glass na revista haviam sido forjados, com o simples intuito de se destacar na carreira jornalística.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Hayden Christensen Stephen Glass
Peter Sarsgaard Charles 'Chuck' Lane
Chloë Sevigny Caitlin Avey
Hank Azaria Michael Kelly
Steve Zahn Adam Penenberg
Rosario Dawson Andy Fox
Melanie Lynskey Amy Brand
Caroline Goodall Sra. Duke
Mark Blum Lweis Estridge
Chad Donella David Bach
Jamie Elman Aaron Bluth
Luke Kirby Rob Gruen
Cas Anvar Kambiz Foroohar
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Globo de Ouro 2004 (EUA)

Independent Spirit Awards 2004 (EUA)

  • Indicado nas categorias de Melhor Filme, Melhor Ator (Peter Sarsgaard), Melhor Roteiro e Melhor Fotografia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]