Shawn Kemp

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Shawn T. Kemp (Elkhart, Indiana, 26 de novembro de 1969) é um jogador profissional de basquete norte-americano, tendo atuado principalmente na NBA.

É reconhecido pelos grandes saltos, fortes enterradas (especialmente com as pontes-aéreas de Gary Payton) e os "tocos" (bloqueios) que mandavam a bola na torcida.

Foi adquirido pelo Seattle SuperSonics no primeiro draft de 1989. Jogou pela franquia do Noroeste as temporadas de 89-90 a 96-97. Na temporada 95-96 conseguiu levar o time às finais da NBA, junto com Gary Payton, Detlef Schrempf, Sam Perkins and Hersey Hawkins, feito que não ocorria desde 1979. Estabeleceram o recorde da franquia de 64 vitórias na temporada e foram eliminados pelo Chicago Bulls de Michael Jordan.

Depois defendeu o Cleveland Cavaliers nas temporadas de 97-98 a 99-00, indo para o Portland Trail Blazers e defendendo a equipe nas temporadas 2000-2001 e 2001-2002, finalizando sua participação na Liga Nacional Norte-Americana pelos Orlando Magic, na temporada 2002-2003.

Várias especulações de sua volta à NBA surgiram, mas "The Reign Man" não acertou com nenhuma franquia da Liga. Atualmente atua pelo time italiano Premiata Montegranaro.

Seu filho mais velho, Shawn Kemp Jr., está entre os 83 maiores jogadores do Ensino Médio dos EUA e tem propostas de universidades (Alabama, Gerogia e Ole Miss) para a disputa da National Collegiate Athletic Association (NCAA) em 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre basquetebol é um esboço relacionado ao Projeto Basquetebol. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.