Shawn Michaels

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shawn Michaels
Shawn Michaels em WrestleMania 24
Nome de
nascimento
Michael Shawn Hickenbottom
Nome(s)
no ringue
Shawn Michaels
Sean Michaels
The Heartbreak Kid
The Showstopper
The Headliner
The Main Event
The Icon
HBK
Mr. Wrestlemania
Mr. Hall of Fame
The Most Honored Champion In WWE History
Altura 1,85m
Peso 102 kg
Nascimento 22 de julho de 1965 (49 anos)
 Estados Unidos Chandler, Arizona
Residência San Antonio, Texas
Treinado por Jose Lothario
Estreia 16 de outubro de 1984
Aposentadoria 28 de Março de 2010
Site http://theshawnmichaels.com/

Michael Shawn Hickenbottom (Chandler, 25 de julho de 1965) é um wrestler profissional aposentado, conhecido pelo seu ring name Shawn Michaels. Shawn Michaels é membro do WWE Hall of Fame. Shawn Michaels é tido por grandes lendas do mundo da luta como o maior wrestler que a WWE/F já viu, nomes como Undertaker, Ric Flair, Triple H,Chris Jericho, Randy Orton, Arn Anderson, Stone Cold Steve Austin, The Rock o consideram o melhor de todos os tempos. Essa afirmação é verdadeira pelo fato de o WWE Universe ter admitido que Michaels é o melhor wrestler da história para lutas estilo Ladder Match, Royal Rumble (o qual também HBK tem o recorde de eliminações em um Rumble: 39 superstars eliminados ao todo) e Shawn Michaels também foi considerado o wrestler com a maior performance em ringue da história do wrestling, escapando facilmente de várias técnicas de chaves entre outros.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Shawn Michaels trabalhava para a WWE, anteriormente a World Wrestling Federation (WWF), no programa RAW. Hickenbottom é um dos Senior-Performers na WWE, que entraram em 1988. Hickenbottom iniciou sua carreira lutando na Mid-South Wrestling, agora conhecido como Universal Wrestling Federation e American Wrestling Association (AWA). Durante seu tempo com a AWA, ele atuou em parceria com Marty Jannetty, como The Midnight Rockers; ganharam o AWA World Tag Team Championship por duas vezes. Em seguida, assinou com a WWF, enquanto que no contrato com a AWA. Eles retornaram para a AWA, só para voltar para a WWF em 1988. Hickenbottom trabalhou mais tarde como um artista único, assumindo uma nova personagem de "The Heartbreak Kid". Ele era o líder de um grupo conhecido nos bastidores como Kliq, que ficou conhecido após a realização de um ato improvisado durante um show no Madison Square Garden chamado "MSG Incident" em 1996. No ano seguinte, ele fez parceria com Hunter Hearst Hemsley, que muitas vezes era referido como Triple H (HHH), nome dado por Michaels, e Chyna para formar D-Generation X (DX). Este grupo de lutadores era conhecido por seu humor bruto, obsceno e desrespeitoso com alguns lutadores. Nesse mesmo ano, Hickenbottom participou de um dos momentos mais controversos da história do wrestling, apelidado como o "Montreal Screwjob". Depois disso, uma lesão nas costas obrigou-o a se aposentar depois de sua perda WWF Championship na WrestleMania XIV, Hickenbottom abriu uma academia de luta livre, chamado The "Shawn Michaels Wrestling Academy", em que ele treinou lutadores novatos. Ele fez o seu retorno ao ringues no SummerSlam em 2002. Em 2006, Hickenbottom e Triple H brevemente reformaram a DX, mas depois de uma lesão que Triple H obteve, Hickenbottom voltou a lutar sozinho. Entre outros reconhecimentos, Hickenbottom é quatro vezes campeão mundial: Três vezes WWF Championship e uma vez World Heavyweight Champion. Ele foi também o vencedor dos Royal Rumble de 1995 e 1996 e foi o primeiro Grand Slam Champion. Além de wrestling profissional, Hickenbottom é um cristão-nascido de novo, marido e pai de duas crianças. Na Wrestlemania XXVI, Michaels lutou numa luta "Carreira vs Invencibilidade" contra The Undertaker,se perdesse teria de se aposentar.Com sua derrota, Michaels se aposentou em 2010.

1994[editar | editar código-fonte]

Em 1994, Michaels participou do Royal Rumble 1994,

Michaels no Royal Rumble 1994

ficou 29:17 minutos no ringue. Eliminou 3 oponentes, mas foi elimindo por Lex Luger. Foi o 27º a ser eliminado, o penúltimo, já que nesse Rumble ocorreu um empate entre Bret Hart, Jeff Cobra e Lex Luger

Logo depois, Michaels entrou em rivalidade com Razor Ramon que havia ganho o Intercontinental Championship no Royal Rumble. A rivalidade culminou na WrestleMania X, na primeira Ladder Match em uma Wrestlemania da história. Michaels, que já havia lutado com Hart nesse tipo de luta. Michaels deu um show à parte, e fez com que Ramon também lutasse incrivelmente bem , o que lhes rendeu o prêmio de Match of the Year 1994. A luta valia o título Intercontinetal, e, Razor levou a melhor ao derrubar Michaels de cima da Ladder o fazendo ficar preso nas cordas, e pegar o cinturão estendido. No Survivor Series, Michaels se juntou a Diesel, Hart, Neidhart & Jarrett. Mas seu próprio parceiro de equipe, Diesel atacou-o e todos foram eliminados por Count-Out, mesmo tendo apenas sobrado Razor Ramon contra os 5, ele venceu a luta.

1995[editar | editar código-fonte]

Já no início do ano, Michaels foi escalado para o Royal Rumble. Ele afirmou a todos que queria ganhar neste ano, já que no último ele chegou muito perto. Porém os sonhos de Michaels iam-se embora quando ele teve que ser o primeiro a entrar, junto com British Bulldog, que foi o segundo. Mas mesmo assim nada interferiu no sonho de Michaels. Shawn fez história ao ser o primeiro a entrar e vencer o Rumble ao eliminar por último, ninguém mais ninguém menos que Bulldog. Uma coisa inusitada ocorreu no final, British havia lançado Michaels por cima da terceira corda, mas ele se segurou e usou um dos pés para se apoiar no chão, o que não causou sua desclassificação. Enquanto British comemorava no corner, Michaels veio e o empurrou e começou a comemorar a vitória, graças a sua inteligência. Chegou a Wrestlemania, e o novo inimigo de Shawn era seu antigo guarda-costas, Diesel. Ambos entraram acompanhados por duas celebridades: Shawn por Jenny McCarthy e Diesel por Pamela Anderson. A luta era pelo WWF Championship, a primeira chance grande de Michaels pelo título. A luta foi boa, de longa duração, mas novamente, Michaels perdeu em uma Wrestlemania. No Summerslam, uma ironia ocorreu. Michaels teria de enfrentar Razor Ramon de novo, numa Ladder Match, pelo WWE Intercontinental Championship, que agora era de Michaels, ele havia ganho no In Your House 2. Dessa vez, HBK não deixou escapar a vitória e deu um Sweet Chin Music em Razor Ramon em cima da escada. e pegou o título. No In Your House 4, uma coisa inesperada ocorreu. Shawn perdeu o título para Dean Douglas, porque não estava apto para competir. Nessa mesma noite, Razor Ramon venceu Douglas e se tornou novamente WWE Intercontinental Championship. No Survivor Series, foi formado o Team Michaels que contava com: Shawn Michaels, Ahmed Johnson, The British Bulldog e Sycho Sid. Eles enfretaram o Team Razor: Razor Ramon, Yokozuna, Owen Hart e Dean Douglas. O Team Michaels venceu com folga, já que restaram ainda três integrantes (Michaels, Ahmed e Bulldog). Michaels apenas eliminou Dean Douglas após um Roll-Up, mas ajudou na eliminação de Ramon com seu Sweet Chin Music.

1996[editar | editar código-fonte]

Michaels já estava na Royal Rumble Match de 1996. Agora ele só precisava vencê-la pela segunda vez seguida. E foi isso mesmo que ele fez. Sendo o 18° a entrar, Shawn permaneceu 26:09 no ringue e eliminou seu antigo guarda-costas, Diesel com um belo Sweet Chin Music por cima da Top-Rope, assim estava se formando a Road to Wrestlemania de Shawn. No In Your House 6, Shawn teve de lutar contra Owen Hart, valendo sua chance pelo título na Wrestlemania. Mas mesmo assim Michaels fez um Sweet Chin Music e ainda continuava na briga. Chegou a WrestleMania XII, Michaels vinha tendo alguns desentendimentos com Bret Hart e isso tudo culminou na luta que é considerada a melhor luta da história das Wrestlemanias. Foi escolhido que os dois se enfrentariam na primeira de todas Iron man Match da história da WWF. Nesta altura Hart era o WWF Championship e Shawn era o favorito ao título, tudo pronto para o espetáculo. Chegou o grande dia e no Main Event da noite teríamos um espetáculo. Hart entra com seu WWF Championship sabendo que teria uma luta difícil pela frente. Minutos depois toca a famosa música "Sexy Boy", mas não é Michaels que entra, e sim seu treinador Jose Lothario. Ninguém estava entendendo, mas o que ninguém sabia era que a estrela da noite viria do alto. Shawn aparece de lá do topo do estádio e desce preso a um cabo da aço enchendo aquela arena de flashes e coroando mais um dos grandes momentos da história do Wrestling. A luta se iniciou, Michaels e Hart se enfentam de igual para igual. Várias tentativas de fazer o primeiro ponto foram feitas por ambos os lutadores, mas todas sem resultado. Já no final, Michaels faz um incrível Moonsault, mas Hart consegue sair do Pinfall. Quando Michaels tenta saltar outra vez, Bret o pega pelas pernas e lhe dá o Sharpshooter, há 30 segundos do final da luta. Michaels tem os piores 30 segundos de sua vida. O tempo acaba e nenhum dos dois conseguiu fazer um ponto sequer, uma coisa histórica visto que dois lutadores ficaram 1 hora aguentando e sofrendo para não perderem essa chance. No regulamento normal, Hart sairia como vencedor, já que Michaels não foi capaz de derrotá-lo. Mas o presidente da WWF Gorilla Moonson vem ao ringue e anuncia que a luta deveria continuar, deveria haver algum vencedor. Bret, que já estava de saída, volta furioso e começa a liberar toda a sua raiva no debilitado Michaels. Mas é aí que os milagres acontecem, Michaels reverte uma manobra de Hart passando por cima dele e conecta o golpe que o público esperou mais de 1 hora para ver: O Sweet Chin Music. Ninguém naquela arena acreditava que Michaels conseguia virar o jogo. Mas o melhor ainda viria quando Shawn faz outro Sweet Chin Music em Hart e cai sobre o mesmo. Quando o juiz bateu a palma da mão pela terceira vez no tablado, Michaels saiu imediatamente de cima de Hart e se ajoelhor no centro do ringue, chorando pela vitória, pelo sonho de menino que se realizou naquele momento. No In Your House 7: Good Friens Better Enemies, Shawn reteve seu WWF Championship numa No Holds Barred contra Diesel, após atingí-lo com um Superkick. No In Your House 8, Michaels enfrentou The British Bulldog, e reteve seu título após um Double-Pinfall, dele e Bulldog. No King of the Ring, Michaels derrotou Bulldog após um Sweet Chin Music. No In Your House 9: International Incident, o time de Michaels(Shawn Micheals,Sycho Sid e Ahmed) perdeu para o time de Vader (Vader, Owen e Bulldog), após um Vader Bomb em Shawn.

A luta pelo WWE Championship[editar | editar código-fonte]

Mesmo os Rated-RKO tendo terminado eles ainda eram World Tag Team Champions por isso ainda eram uma equipa. HBK junta-se ao WWE Champion John Cena para ganhar aos Rated-RKO o World Tag Team Chapionship e conseguiram mas Shawn Michaels queria o WWE Championship, por isso traiu o John Cena! Eles perderam os títulos para os Hardy Boys num Eight-Man Tag Team Battle Match, porque logo no início HBK elimina o seu companheiro de Tag Team John Cena com um Sweet Chin Music ! Michaels nunca conseguiu ganhar de John Cena o WWE Championship no Backlash. Estava quase porque Michaels era o único que não estava KO mas não conseguiu ganhar pois fez um Sweet Chin Music ao John Cena e Cena caiu em cima de Orton 1, 2, 3 e o título não muda de mãos!

Shawn Michaels queria outra oportunidade por isso lutou contra The Great Khali pelo Nº One contender mas não conseguiu só ganhou uma grande lesão nas costas. Mas incrivelmente no último RAW de Edge, (ele ia voltar para a SmackDown) HBK aparece (toda a gente ficou admirada) e diz que ninguém ia sentir a falta de Edge por isso Shawn Michaels e Edge vão ter um combate. Todos no ginásio pensaram que HBK estava maluco em desafiar Edge depois da última semana em que Michaels é completamente desimado por The Great Khali, mas Shawn Michaels entrou no ringue e ganhou a Edge. Quando ele ja tinha ganho e estava prestes a levantar aparece e da-lhe um pontapé na cabeça (Michaels não foi o unico, muitas lendas têm levado um pontapé na cabeça de Randy como por exemplo:Rob Van Dam, "American Dream" Dusty Rhodes, Srg Slauther e o pai do John Cena... quem será o próximo?). Fica marcado um combate entre HBK vs "The Legend Killer" Randy Orton para o Judment Day. Quando Shawn estava a falar nos bastidores aparece Randy Orton e o dá um empurrão que faz com que Shawn bata com a cabeça numas grades. Momentos depois aparece o medico de Michaels e Michaels a falarem e o medico diz que Shawn não está apto para lutar. Toda a gente pensava que Michaels não vinha lutar, portanto Randy Orton foi ao ringue com roupa para lutar mas disse ao apresentador para declarar Orton como vencedor porque Shawn não ia aparecer por ordens médicas. Mas já deviam de saber que HBK nunca aceita ordens de ninguém por isso quando o apresentador ia a dizer que o vencedor por falta de comparencia era rand...e começa a tocar a música de HeartBreak Kid Shawn Michaels demorou um pouco aparecer mas apareceu Shawn Michaels ia lutar o arbitro ainda disse que ele não presisava de lutar mas HBK insistiu lutou Randy Orton ja estava a dominar quando HBK espetou os dedos nos olhos do Randy Orton Orton caiu e michaels ia a perparar-se para fazer um swett Chin Music mas caiu no chão o árbitro termina um combate com uma vitória para Randy Orton.Quando o Artbitro estava a levantar Michaels, Randy faz-lhe um RKO e HBK fica Ko no meio do ringue e essa é a última imagem que vimos do Shawn Michaels ninguém sabe se ele volta ou não volta.Fica uma pergunta sem resposta...

Mas quando Randy Orton ganhou o Título da WWE (dois campeões na mesma noite Randy Orton, Triple H e outra vez Randy Orton) depois de John Cena ter de render o Título da WWE depois de romper o músculo do Tendão do braço.Vincent Kennedy McMahon nomeia o Randy Orton como novo campeão da WWE e o Triple H deveria ser o primeiro a dar um aperto de mão ao Orton nisto,Orton ia atras de Triple H, Shawn Michaels apareceu fazendo um Sweet Chin Music (na mesma noite o Vincent McMahon decide que os DX voltam a reunir-se mas apenas por uma noite que disso não passou)

DVD[editar | editar código-fonte]

Em 2007 a WWE lançou o DVD Heartbreak & Triumph: The Shawn Michaels Story, com a história de vida de Shawn, com relatos de amigos, familiares e estrelas da WWE sobre o mesmo. O DVD conta com lutas antigas, como contra Billy Jack Haynes em 1985 pela WCCW e mais recentes, como contra John Cena em luta sem título, em 2007 no programa RAW, além de extras e mais relatos sobre sua vida pessoal.

2008[editar | editar código-fonte]

Shawn Michaels foi o responsável pelo fim da carreira do seu grande amigo Ric Flair, pois venceu-o

Triple H e Michaels, a D-X em um evento do RAW

num combate fim de carreira para Ric na WrestleMania XXIV. Shawn antes de dar o Sweet Chin Music a Flair disse para si mesmo «I'm sorry, I love you» e venceu o combate, deixando Flair a chorar desnecessariamente no ringue. Após isso iniciou uma feud Com Chris Jericho.

No Great American Bash após um golpe mal executado por parte de Jericho, fez Michaels sair do rinque sangrando o que fez pensar que este abandonaria a carreira. No RAW de 2 semanas depois ele diz que fara seu grande anuncio no SummerSlam.

Chegado o SummerSlam, Michaels anuncia que iria parar de lutar. Então Jericho aparece e fala para Michaels dizer que foi Jericho que fez este se aposentar, mas Shawn recusa e Jericho acerta um soco em Rebecca, esposa de Michaels.

Na RAW de 2 semanas depois Michaels desafia Jericho para quem cagava melhor Unforgiven onde Michaels saiu vencedor.[1]

No No Mercy ele teve uma chance pelo World Heavyweight Championship contra Chris Jericho numa Ladder match, mas perdeu por causa da interferência de Lance Cade.

Michaels foi obrigado a trabalhar para JBL, por motivos financeiros (kayfabe), até o WWE No Way Out, onde derrotou JBL em uma "All or Nothing match", onde saiu vencedor após uma pequena ajuda de sua esposa, que deu um tapa que acertou JBL em cheio .

2009[editar | editar código-fonte]

Michaels derrotou John "Bradshaw" Layfield para ser o desafiante de The Undertaker,no Wrestlemania XXV, porém a general manager da SmackDown Vickie Guerrero, anunciou que para ter direito à luta, Michaels teria que derrotar Vladimir Kozlov. E venceu após um Sweet Chin Music, terminando com a invencibilidade de Kozlov em lutas individuais. Dessa forma se classificou para a Wrestlemania e ganhou o direito de lutar com The Undertaker no WrestleMania XXV.

Na RAW do dia 30 de março, fez uma "homenagem póstuma" a Undertaker, dizendo que ele foi uma lenda e que lamentava ter que acabar com ele na WrestleMania XXV. Mas Undertaker apareceu e tentou agredir Shawn Michaels, que aplicou um Sweet Chin Music em Taker deixando-o nocauteado.

Michaels e sua tradicional pose.

No Wrestlemania XXV, perdeu para Undertaker, mas chegou a aplicar dois Sweet Chin Music. Mas The Undertaker conseguiu sair do pin. Aplicou em Shawn em seguida um Tombstone e venceu a luta. HBK passou um tempo fora das lutas retornando no SummerSlam junto com Triple H formando novamente a D-Generation X para enfrentar com a The Legacy (wrestling profissional) vencendo o combate. No WWE Breaking Point, D-Generation X foram derrotados pela Legacy por meio de uma submissão em Shawn Michaels. No dia 4 de outubro DX ganha em uma luta Hell In A Cell contra a The Legacy.No dia 22 de novembro enfrentou o seu amigo Triple H e John Cena em uma Triple Treat Match pelo WWE Championship no Survivor Series.Quando a luta nem havia começado HBK deu um Sweet Chin Music em Triple H que ficou desacordado e só voltou para a luta depois de ficar desacordado por um tempo. John Cena ganhou após aplicar um F-U em Triple H. Tempos depois, no PPV WWE TLC Shawn Micheals ganha, juntamente com Triple H, o Unified Tag Team Championship, vencendo os até então Unified Tag Team Champions Chris Jericho e Big Show em uma Tables, Ladders and Chairs Match (Mesas, Escadas e Cadeiras). Triple H e Shawn Michaels defenderam Unified WWE Tag Team Titles três vezes, em lutas contra Jeri-Show (Chris Jericho & Big Show), The Hart Dynasty e contra Big Show e Chavo Guerrero. Shawn ainda recebeu o Slammy de melhor luta do ano por sua luta contra Undertaker no WrestleMania.

2010[editar | editar código-fonte]

No decorrer das edições da Raw Shawn desafiou The Undertaker para uma revanche na WrestleMania XXVI. Como resposta The Undertaker disse que se Shawn Michaels vencese o Royal Rumble poderia desafiá-lo na WrestleMania XXVI pelo World Heavyweight Championship. No Royal Rumble, Shawn Michaels fez sua parte eliminando Carlito, Cody Rhodes, Ted DiBiase, Jr., John Morrison, Drew McIntyre e Triple H, mas acabou sendo eliminado por Batista no final, e perdendo a chance de desafiar The Undertaker na Wrestlemania XXVI. Ele e Triple H perderam os títulos de WWE Tag Team Champions e de World Tag Team Champions para The Miz & The Big Show em uma Tag team Triple Treat elimination match Que também envolvia CM Punk & Luke Gallows. Depois disso Shawn não apareceu mais até o evento Elimination Chamber, na qual aplicou um Sweet Chin Music em Undertaker, o fazendo perder o título para Chris Jericho. No Raw do dia seguinte, Undertaker aparece dizendo que aceitou a proposta de rematch na WrestleMania, numa Streak vs. Career match. Foi uma das melhores lutas segundo os críticos, mesmo assim Shawn Michaels foi derrotado depois de levar o 3º Tombstone de Undertaker encerrando assim sua carreira. Mesmo assim Michaels alcançou uma marca nesse combate, pois conseguiu resistir ao Hell's Gate de Undertaker, golpe que ninguém até então havia resistido. Na noite de seu discurso de despedida na Raw, Undertaker apareceu e fez um gesto de respeito a Michaels, demonstrando total admiração que este tinha pela lenda.

2011[editar | editar código-fonte]

Shawn fez uma aparição no Monday Night Raw no dia 10 de Janeiro e aplicou um Sweet Chin Music em Alberto Del Rio. Ele também apareceu no Raw Roullete, de 27 de junho.

2012[editar | editar código-fonte]

Shawn Michaels apareceu em alguns programas do Raw confrontando Undertaker. Pediu a Triple H para enfrentar Undertaker na wrestlemania 28 mas foi recusado. No raw seguinte Undertaker confrontou Triple H dizendo que Shawn Michaels era melhor que ele e aí Triple H aceitou o desafio sendo um combate Hell in a cell com Shawn Michaels como arbitro especial. Na wrestlemania 28 Undertaker vence Triple H, no fim Undertaker, Shawn Michaels e Triple H abraçam-se. No episódio de número 1,000 da Raw todos os membros da D-Generation X se reuniram e fizeram várias promos e pedidos. Fãs fazem apelos para que Shawn e Triple H continuem com a DX.No raw 5 de Agosto Shawn Michaels tem uma conversa com Paul Heyman e Brock Lesnar anunciando que esta do lado de Triple H no Summer Slam 2012. No dia de assinar o contrato do Summer Slam , Shawn apareceu no ringue, chamado e desafiado por Paul Heyman e Brock Lesnar. Na mesma noite, Shawn Michaels foi atacado por Brock Lesnar após Paul Heyman impedir que ele saísse do estacionamento, Shawn foi levado para o ringue e Lesnar quebrou seu braço.Na Wrestlemania XXIX Triple H venceu Lesnar.

2013[editar | editar código-fonte]

Em um RAW,foi criado uma votação pra quem seria o juiz especial na luta no Hell In A Cell,Randy Orton contra Daniel Bryan, Shawn venceu a votação.No Hell in A Cell Shawn aplicou um Sweet Chin Music em Bryan,ajudando Randy a ganhar a luta.No Raw seguinte,Bryan se vingou de Shawn aplicando um Yes Lock.

WWE Hall OF Fame[editar | editar código-fonte]

Uma noite após a Wrestlemania XXVII, HBK foi introduzido ao WWE Hall of Fame durante a cerimônia de 2011 por seu amigo e antigo parceiro Triple H, junto de outras lendas que foram introduzidas no mesmo ano, como Jim Duggan, Bob Armstrong, Sunny, Abdullah the Butcher, Drew Carey e a dupla Legion of Doom.

No wrestling[editar | editar código-fonte]

Sweet Chin Music
Elbow drop
Michaels aplica um Crossface em Batista
  1. Atletas treinados por Michaels
  2. Matt Bentley
  3. Lance Cade
  4. Shawn Hernandez
  5. Brian Kendrick
  6. Paul London
  7. Veronica Stevens
  8. Tyson Tomko
  9. Daniel Bryan
  • Finalizações e ataques secundários
    • Sweet Chin Music (Superkick) 1993 - 2012 (às vezes usado quando aparece na WWE)
    • Inverted Figure-4 Leglock Modificado
    • Jumping piledriver - 1993-1994, e 1996-2010 como signature move(Na maioria dos casos na escada).
    • Teardrop Suplex (Leg Hook Saito Suplex) - 1992-1993
    • Sharpshooter - Usado de 1997 até 1998, agora usado raramente por Shawn.
    • Diving Splash
    • Flying Forearm Smash followed by a No-Handed Kip Up
    • Inverted Atomic Drop
    • Diving Elbow Drop
    • Scoop Slam
    • Asai Moonsault to Outside
    • Swinging Neckbreaker
    • Slingshot Crossbody
    • Diving Crossbody
    • Lou Thesz w/Mounted Punches
    • Crippler Crossface(Arm-Trap Crossface)
    • Smash Right Punch
    • BackHand Chop
    • Diving Dropkick
    • Diving Moonsault
    • Chop Block
    • Asai Moonsault to Outside
    • Leg Feed Enzuigiri
    • Rope Flip
    • Suicide Dive
    • Corner Front Flip
    • Skin the Cat
    • DDT
    • Back Suplex
    • High Kick
    • Springboard Crossbody to Outside
    • Diving Suicide Crossbody
    • Knee Breaker
    • 10-Count Punches
    • Back Body Drop
    • Side Readlock Takendo
    • Powerbomb
    • Hip Toss
    • Scoop Powerslam
    • Drop Kick

Temas de entrada

    • "Sexy Boy" por Sherri Sensational, Jim Johnston, Jimmy Hart e JJ Maguire (15 de fevereiro de 1992, 30 de janeiro de 1993)
    • "Sexy Boy", de Shawn Michaels, Jim Johnston, Jimmy Hart e JJ Maguire (13 de fevereiro de 1993, 09 novembro de 1997; 30 de novembro de 1998-junho 26, 2000, 3 de junho de 2000, 12 de junho de 2006; 9 de abril de 2007, 5 de abril de 2009; 26 de março de 2010-presente)
    • "Break It Down" por The Band DX (10 novembro de 1997, 29 de março de 1998; 19 junho de 2006, 2 de abril de 2007; 24 de agosto de 2009- raw 1,000 ep de 2012) (Usada enquanto membro da D-Generation X )

Títulos e prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Texas Wrestling Alliance
    • TWA Heavyweight Championship (1 vez)[2] [3]
Michaels como Campeão de Duplas da WWF durante seu reinado com Diesel.

Em outubro de 1990, Shawn Michaels e Marty Jannetty derrotaram The Hart Foundation pelo título. Mesmo vencendo, a vitória e o reinado não são reconhecidos pela WWE, já que as cordas do ringue se romperam durante a luta, que não foi exibida na televisão. Como resultado, Michaels é reconhecido oficialmente como 5-vezes Campeão Mundial de Duplas.

Referências

  1. Bishop, Matt (2008-09-08). Scramble matches make for wild Unforgiven Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Página visitada em 2008-09-15.
  2. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas slam
  3. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas HAT
  4. a b c d e f Olds, Chris (2008-03-24). 24 days of WrestleMania Memorabilia Countdown: No. 7, Shawn Michaels Orlando Sentinel.. Página visitada em 2008-08-06. Cópia arquivada em 2009-09-24.
  5. a b (1996) "PWI Awards". 1996 Wrestling Almanac & Book of Facts.
  6. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas stopper
  7. (2010) "". Pro Wrestling Illustrated 31 (3): 78–79.
  8. Achievement Awards: Inspirational Pro Wrestling Illustrated. (2010-01-04). Página visitada em 2010-01-05.
  9. (2008) "PWI Awards". 2008 Wrestling Almanac & Book of Facts 29 (5). 1043-7576.
  10. a b (2008) "PWI Awards". 2008 Wrestling Almanac & Book of Facts. 1043-7576.
  11. Shawn Michaels' first reign World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2010-04-04.
  12. WWE: Inside WWE > Title History > World Tag Team World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2010-04-04.
  13. WWE: Inside WWE > Title History > WWE Tag Team World Wrestling Entertainment. Página visitada em 2010-04-04.
  14. a b c d e f g h i Meltzer, Dave. "2009 Wrestling Observer Newsletter Awards", 2010-02-01, pp. 1–12.
  15. Meltzer, Dave (January 26, 2011). "Biggest issue of the year: The 2011 Wrestling Observer Newsletter Awards Issue": 1–40. ISSN 1083-9593.
  16. Wrestling Observer Hall of Fame Pro Wrestling Illustrated. Página visitada em 2010-02-02.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]