Sherlock de Araque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sherlock de Araque
 Brasil
1957 • p&b • 97 min 
Direção Victor Lima
Roteiro Victor Lima (roteiro e argumento)
Moysés Weltman (argumento)
Elenco Costinha
Palhaço Carequinha
Carlos Imperial
Wilson Grey
Germano Filho
Género comédia
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Sherlock de Araque é um filme de comédia brasileiro de 1957, dirigido por Victor Lima para a Herbert Richers. É estrelado pelo humorista Costinha e pelo Palhaço Carequinha, que atua sem seus trajes circenses. Música de Orlando Costa (Cipó) e número musical com Carlos Imperial e Paulo Silvino.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Sertório e Deodato são dois guardas civis atrapalhados que fazem ronda noturna no bairro de Copacabana no Rio de Janeiro. Os dois reclamam do horário pois Deodato não encontra com a mulher que trabalha quando ele chega e vice-versa; e Sertório, da vizinhança barulhenta. Deodato estuda as histórias de Sherlock Holmes e usa a técnica de dedução daquele detetive para observar os moradores, mas sempre se engana em suas conclusões. Estão sempre às voltas com o notório batedor de carteiras Cabrobó e com as confusões da "juventude transviada" do bairro, jovens que se reúnem em um clube de rock local. Mas os dois terão a chance de impedir um crime quando ladrões cavam um túnel para roubarem um cofre da loja de modas do Doutor Abreu.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.