Shingeki no Kyojin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shingeki no Kyojin
進撃の巨人
Gênero Ação, Pós-apocaliptico , Terror , Seinen , Drama Fantasia
Mangá
Autor Hajime Isayama
Editora(s) Japão Kodansha
Editora(s)
lusófonas(s)
Brasil Panini [1]
Revista Bessatsu Shōnen Magazine
Público-alvo Shōnen
Data de publicação Setembro de 2009 – em publicação
Volumes 12 (Lista); 5 no Brasil
Light Novel
Shingeki no Kyojin: Before the Fall
Autor Ryō Suzukaze
Ilustrador Thores Shibamoto
Editora Japão Kodansha
Data de publicação 2 de Dezembro de 2011 – ainda em publicação
Volumes 3
Mangá
Shingeki! Kyojin Chūgakkō
Autor Hajime Isayama, Saki Nakagawa
Ilustrador Saki Nakagawa
Editora(s) Japão Kodansha
Revista Bessatsu Shōnen Magazine
Público-alvo Shōnen
Data de publicação 9 de Abril de 2012 – em publicação
Volumes 4 (Lista)


Anime
Direção Tetsurō Araki
Estúdio Wit Studio
Exibição original 7 de abril de 2013 – 28 de setembro de 2013
Emissoras de TV MBS, Tokyo MX, FBS, TOS, HTB, TVA, BS11
Nº de episódios 25 + 3 OVAs
Light Novel
Shingeki no Kyojin: Before the Fall
Autor Satoshi Shiki
Editora Japão Kodansha
Data de publicação 26 de Agosto de 2013 – ainda em publicação
Volumes 2
Mangá
Attack on Titan Gaiden: Kuinaki Sentaku
Autor Gan Sunaaku
Ilustrador Hikaru Suruga
Editora(s) Japão Kodansha
Revista Aria
Público-alvo Shōnen
Data de publicação 28 de Setembro de 2013 – June 28, 2014
Volumes 1 (Lista)
Projeto Animangá  · Portal Animangá

Shingeki no Kyojin (進撃の巨人, lit. "avanço dos titãs"; lançado no Brasil como Ataque dos Titãs - Shingeki no Kyojin?),[2] [3] é uma série de manga escrita e ilustrada por Hajime Isayama. A manga foi pela primeira vez publicada em setembro de 2009 na revista mensal Bessatsu Shōnen Magazine, da editora japonesa Kōdansha. Desde então, foi coletada em 13 volumes tankōbon até 9 abril de 2014. A manga foi adaptada em anime, dirigido por Tetsuro Araki e produzido pelo Wit Studio, em colaboração com a Production IG. Esta animação foi lançada no Japão entre 6 de abril e setembro de 2013, pela emissora Mainichi Broadcasting System (MBS).[4]

A história ocorre num mundo onde a restante parte da população humana vive dentro de uma cidade cercada por enormes muros construídos com o fim de controlar o súbito aparecimento dos titãs - criaturas humanoides gigantescas, que devoram humanos sem motivo aparente. A história tem em foco Eren Jaeger e a sua irmã adotiva Mikasa Ackerman, cujas vidas foram mudadas para sempre, após o aparecimento de um titã colossal que destruiu parte da muralha da cidade, permitindo a entrada de vários titãs na cidade.

Shingeki no Kyojin ganhou o prémio Kōdansha Manga Shō de 2011 na categoria de shōnen.[5] Em junho de 2013, a manga vendeu mais de 20 milhões de cópias, influenciada pelo sucesso do anime, que permitiu o aumento da sua popularidade.[6]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Há décadas a humanidade foi quase exterminada pelo súbito aparecimento de seres humanoides gigantes, conhecido como Titãs. Os titãs são criaturas que, aparentemente, possuem pouca inteligência, mas com uma força quase insuperável, no qual o seu principal objetivo é devorar seres humanos, sem nenhum motivo aparente para isso. No entanto, um pequeno grupo de seres humanos sobreviveu no interior de uma cidade protegida por paredes superiores a três vezes a altura dos maiores Titãs registados até à data. Durante 107 anos, a cidade fortificada foi testemunha de ataques sem sucesso dos Titãs. Numa grande cidade localizada na parte periférica da muralha vivia Eren Jeager, com seus pais e sua amiga, Mikasa Ackerman, que estava sob os cuidados da família. Eren vivia uma vida pacata, porém incomodado com o conformismo das pessoas que haviam aceitado a sua condição de passar a eternidade dentro dos muros, e desistindo de lutar contra os titãs. A paz durou até ao aparecimento de um titã colossal, que superava em alguns metros o tamanho da muralha. Este titã destruiu o portão da cidade onde vivia Eren, que ligava a muralha ao "mundo exterior". Com isso, uma grande quantidade de titãs menores pôde entrar, ocupando grande parte do território até agora pertencente aos humanos. Durante este evento, Eren e Mikasa presenciam o horror de ver sua mãe ser devorada viva. Após este trauma Eren jurou exterminar os titãs, e entra no exército para cumprir seu objectivo.[7]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Mídia[editar | editar código-fonte]

Mangá[editar | editar código-fonte]

O primeiro volume foi lançado em 17 de março de 2010[9] . O mangá que atualmente tem 11 volumes compilados é um verdadeiro sucesso em vendas no Japão. Segundo a Oricon, no primeiro semestre de 2012 a obra de Hajime Isayama ocupou a décima colocação em vendas, ficando à frente de famosos mangás, como: Bleach e Gintama que já têm vários anos de mercado.[10]

Personagens[editar | editar código-fonte]

Eren Jaeger

O protagonista da série. Idealista, violento e impulsivo, Eren quer aniquilar os Titãs e explorar o mundo lá fora. Em criança, matou dois dos sequestradores que assassinaram a família da Mikasa e convenceu a Mikasa a lutar e matar o terceiro. Ele foi classificado em quinto lugar na sua classe estagiária. Ele não tem nenhum talento especial para além de suas excelentes habilidades de combate a corpo a corpo, tem sido lento mas melhora constantemente suas notas através de um esforço notável e um forte senso de propósito.[11] Ele mostra uma estranha capacidade de ser capaz de convocar e controlar o corpo de um titã de 15 metros. Eren acredita que esta capacidade pode ser o resultado de injeções dadas a ele por seu pai após a morte de sua mãe. Ele tem pouco controle sobre o corpo titã que ele convoca, e irá atacar qualquer coisa que ele vê enquanto estiver nesta forma. Quando o corpo do titã não pode mais ser mantida, Eren emerge da nuca do titã, onde seu corpo parece ser fundido à espinha do titã.[11]

Mikasa Ackerman

Irmã adotiva da Família Jaeger. Ela é uma oriental cuja raça foi exterminada pelos titãs. Quando criança, foi salva por Eren de um grupo de sequestradores que mataram sua família. Devido a este incidente, ela é protetora de Eren, e segue-o não importa as circunstâncias. Ela foi classificada a Nº 1 na sua classe estagiária, e sempre mantém a compostura, não importa a situação. Ela é considerada um gênio sem precedentes, um prodígio que se destaca nos cursos mais difíceis.[12]

Armin Arlelt

Melhor amigo do Eren, ele é fisica e emocionalmente frágil. Embora seu senso estratégico já tenha salvado Eren e Mikasa várias vezes, ele continua a acreditando que é um completo incompetente e se odeia por depender demais deles. Tem dificuldades na aptidão física para os padrões dos soldados, mas é um gênio quando se trata de cursos teóricos.[13]

Cronologia[editar | editar código-fonte]

  • 738: A raça humana é quase devorada até a extinção, com a exceção dos que vivem dentro dos muros.
  • 745: Os Gigantes são incapazes de penetrar as paredes gigantes, a população humana pode desfrutar de 100 anos de paz.
  • 844: Eren Jaeger salva Mikasa Ackerman dos sequestradores que assassinaram a família Ackerman.
  • 845: O titã colossal, um gigantesco titã de cerca de 60 metros de altura aparece e destrói uma parte da muralha Maria, permitindo aos titãs menores que invadissem o território humano. Logo em seguida, o titã encouraçado, um titã cuja pele é totalmente blindada, destroi o portão interno de Shiganshina.
  • 846: A população humana lança uma ofensiva para retomar a parede Maria, durante a qual os humanos sofreram grandes baixas, contudo, neste período se recolhe uma série de informações para o extermínio dos Titãs.
  • 847: Eren, Mikasa, e Armin começam seu treinamento militar.
  • 850: O titã colossal reaparece e destrói o portão de Trost, na parede Rose. Eren é engolido por um Titan e, dentro do estômago dele, convoca pela primeira vez o seu corpo de titã de 15 metros. Descoberta essa habilidade, uma missão é enviada para fechar o portão externo de Trost com uma pedra. Pela primeira vez os humanos recuperam algum território tomado por titãs. Eren entra para a tropa de exploração.
  • 851: Presente.

Referências

  1. JWave, Editora Panini anuncia Shingeki no Kyojin
  2. Ataque dos Titãs (em português) EDITORA PANINI LTDA. Página visitada em 16 de abril de 2014.
  3. Editora Panini divulga novas informações de Ataque dos Titãs – Shingeki no Kyojin (em português) Edenpop (25 de setembro de 2013). Página visitada em 16 de abril de 2014.
  4. Attack on Titan (TV). Página visitada em 9 de setembro de 2013.
  5. 講談社漫画賞 (過去の受賞者一覧). Página visitada em 9 de setembro de 2013.
  6. Attack on Titan Manga Prints 8.7 Million More After Anime (3 de junho de 2013). Página visitada em 10 de setembro de 2013.
  7. Attack on Titan (TV) (em inglês) animenewsnetwork.com (6 de abril de 2013). Página visitada em 28 de julho de 2013.
  8. [http:http://shingekinokyojin.wikia.com/ Título não preenchido, favor adicionar] (em inglês) shingekinokyojinwikia (2013). Página visitada em 26 de outubro de 2013.
  9. 進撃の巨人(1) (em japonês)
  10. Os mangás mais vendidos do 1º semestre de 2012. Página visitada em 7 de outubro de 2012.
  11. a b MTV Geek – Interview with Attack on Titan Creator Hajime Isayama Geek-news.mtv.com (2012-06-14). Página visitada em 2013-05-19.
  12. Mikasa Ackerman (em inglês) http://shingekinokyojin.wikia.com/+(2013).+Página visitada em 28 de julho de 2013.
  13. Armin Arlelt (em inglês) http://shingekinokyojin.wikia.com/+(2013).+Página visitada em 28 de julho de 2013.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre mangá e anime é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.