Shocking Blue

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Shocking Blue
Informação geral
Origem Haia
País  Países Baixos
Gênero(s) Rock, nederbeat, rock and roll, rock psicodélico, blues-rock
Período em atividade 1967 – 1974
Gravadora(s) Pink Elephant, Polydor Records
Ex-integrantes Mariska Veres
Robbie van Leeuwen
Cor van der Beek
Klaasje van der Wal
Fred de Wilde
Henk Smitskamp
Leo van de Ketterij
Martin van Wijk

Shocking Blue foi uma banda de rock dos Países Baixos formada em 1967 na cidade de Haia.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

A formação inicial consistia de:

Membros posteriores foram:

História[editar | editar código-fonte]

Shocking Blue começou a partir da ideia do guitarrista Robbie van Leeuwen em 1967, a banda começou com o baterista Cor van der Beek, o baixista Klaassje van der Wal e o cantor Fred de Wilde. A banda gravou em 1968 um disco homônimo que fez sucesso moderado na Holanda, assim como a canção "Lucy Brown is Back in Town". Mas um tempo mais tarde, o empresário foi até uma festa estava sendo animada pela banda Bumble Bee, lá ele conheceu Mariska Veres que logo depois com o contrato dos produtores do SB virou a vocalista.

A partir dos anos 70 eles fizeram sucesso na Holanda e nos Estados Unidos e em toda parte do mundo com o single Venus, com a voz rouca, forte, a maquiagem e as roupas de Mariska confudiam muita gente se perguntando se a cantora era homem ou mulher. A música rendeu a banda popularidade e dinheiro, com mais de 5 milhões de cópias vendidas no mundo[1] , e então a banda fez um novo disco chamado "At Home" que trazia o single Venus e Love Buzz (logo após serviu de inspiração para ser regravado pelo Nirvana).

O Shocking Blue seguiu lançando excelentes singles, que fizeram enorme sucesso na Holanda[2] [3] , no resto da Europa e Japão, como Mighty Joe, Never Marry a Railroad Man (ambos venderam mais de um milhão de cópias)[1] , Hello Darkness, Shocking You, Long and Lonesome Road, Send Me a Postcard, Blossom Lady, Out of Sight, Out of Mind e Inkpot.

A banda com o passar do tempo foi se depurando e em 1971 o guitarrista abandonou a banda, Mariska continuou, a banda tinha vendido 13,5 milhões de discos até 1973, mas o então trio acabou em 1974.[1]

Depois que Shocking Blue acabou, Mariska seguiu carreira solo no pop e eurodance. Chegou a fazer sucesso com os singles "Take Me High" (1975) e "Lovin' You" (1976). Mariska morreu em 2 de dezembro de 2006 com 59 anos, vitimada por um câncer.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbuns[editar | editar código-fonte]

  • 1968 Shocking Blue (Polydor) também conhecido como "Beat With Us" (título alemão)
  • 1969 At Home (Pink Elephant)
  • 1970 Scorpio's Dance (Pink Elephant) também conhecido como "Sally Was A Good Old Girl" (título japonês)
  • 1971 Third Album (também conhecido como Shocking You, Pink Elephant)
  • 1972 Inkpot (Pink Elephant) - A música oficial de Mark Six
  • 1972 Live in Japan (Pink Elephant)
  • 1972 Attila (Pink Elephant) também conhecido como "Rock In The Sea" (título japonês)
  • 1972 Eve and the Apple (O mesmo de "Attila" com uma diferente faixa, Polydor)
  • 1973 Dream on Dreamer (Polydor)
  • 1973 Ham (O mesmo de "Dream On Dreamer", mas com três diferentes canções e 6 versões alternativas, Pink Elephant)
  • 1974 Good Times (Pink Elephant)

Singles[editar | editar código-fonte]

  • 1967 "Love is in The Air" / "What You Gonna Do" (Polydor)
  • 1968 "Lucy Brown is Back in Town" / "Fix Your Hair Darling" (Pink Elephant)
  • 1968 "Send Me a Postcard" / "Harley Davidson" (Metronome)
  • 1969 "Long and Lonesome Road" / "Fireball of Love" (Metronome)
  • 1969 "Venus" / "Hot Sand" (Pink Elephant)
  • 1969 "Mighty Joe" / "Wild Wind" (Metronome)
  • 1969 "Scorpio's Dance" / "Sally Was a Good Old Girl" (promo)
  • 1970 "Never Marry a Railroad Man" / "Roll Engine Roll" (Metronome)
  • 1970 "Hello Darkness" / "Pickin' Tomatoes" (Metronome)
  • 1971 "Shocking You" / "Waterloo" (Metronome)
  • 1971 "Serenade" / "Sleepless at Midnight" (Buddah)
  • 1971 "Blossom Lady" / "Is This a Dream" (Polydor)
  • 1971 "Out of Sight, Out of Mind" / "I Like You" (Polydor)
  • 1972 "Inkpot" / "Give My Love to The Sunrise" (Polydor)
  • 1972 "Rock in the Sea" / "Broken Heart" (Polydor)
  • 1972 "Eve and the Apple" / "When I was a Girl" (Polydor)
  • 1973 "Let Me Carry Your Bag" / "I Saw You in June" (Polydor)
  • 1973 "Oh Lord" / "In My Time of Dying" (Polydor)
  • 1974 "This America" / "I Won't be Lonely Long" (Polydor)
  • 1974 "Dream on Dreamer" / "Where The Pick-Nick Was" (Polydor)
  • 1974 "Good Times" / "Come My Way" (Pink Elephant)
  • 1975 "Gonna Sing My Song" / "Get It On" (Decca)
  • 1980 "Louise" / "Venus" (promo)
  • 1986 "The Jury and The Judge" / "I am Hanging on to Love (Polydor)
  • 1994 "Body and Soul" / "Angel" (Red Bullet)

Coletâneas[editar | editar código-fonte]

LPs

  • 1969 Sensational Shocking Blue (Discofoon)
  • 1971 Hello Darkness (Pink Elephant)
  • 1972 The Shocking Blue Perfect Collection (Polydor)
  • 1972 The Best of Shocking Blue (Pink Elephant)
  • 1973 Shocking Blue's Best (Metronome)
  • 1973 With love from... Shocking Blue (Capri)
  • 1978 The Shocking Blue Double Deluxe (Polydor)
  • 1980 Venus (Piccadilly)
  • 1981 The Shocking Blue Greatest Hits (CNR)
  • 1986 Best of Shocking Blue (CNR)
  • 1986 Classics (21 Records)

CDs

  • 1986 The Best of Shocking Blue (Victor)
  • 1990 The Very Best of Shocking Blue (Red Bullet), (Arcade, 1993)
  • 1990 Shocking Blue 20 Greatest Hits (Repertoire)
  • 1994 A Portrait of Shocking Blue (Castle)
  • 1995 Shocking Blue The Golden Hits (Red Bullet)
  • 1997 Singles A's and B's (Repertoire)
  • 1997 Shocking Blue Grand Collection (A.R.O.)
  • 1998 Shocking You (Laserlight)
  • 2000 Shocking Blue Golden Collection 2000 (Lighthouse)
  • 2000 All Gold Of The World Shocking Blue (Mekkophone & Castle Communications)
  • 2004 Shocking Blue Greatest Hits (Red Bullet)

DVDs[editar | editar código-fonte]

  • 2004 Greatest Hits Around The World (Red Bullet)

Referências

  1. a b c Murrells, Joseph. The Book of Golden Discs. 2ª ed. Londres: Barrie and Jenkins Ltd, 1978. p. 267 e 285. ISBN 0-214-20512-6
  2. Alex Gitlin. Shocking Blue. Página visitada em 21 de Julho de 2010.
  3. IMDb. Shocking Blue Mini Biography. Página visitada em 21 de Julho de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]