Shoptime

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Shoptime.com)
Ir para: navegação, pesquisa
Shoptime
B2W - Companhia Global do Varejo
Tipo Canal de televisão comercial
País  Brasil
Fundação 6 de novembro de 1995
por Organizações Globo
Pertence a B2W
Cidade de origem Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png Rio de Janeiro, RJ
Sede Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png Rio de Janeiro ,RJ
Estúdios Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png Rio de Janeiro, RJ
Formato de vídeo 480i (SDTV)
Cobertura Nacional
Página oficial shoptime.com
Disponibilidade por satélite
SKY Brasil
Canal 19
Oi TV
Canal 78 (Satélite SES-6)
Disponibilidade por cabo
NET
Canal 31
Canal 29 [nota 1] [1]
TVN
Canal 17
Astro
Canal 31
Cabo Telecom
Canal 134
TV Alphaville
Canal 25

Shoptime é uma empresa de varejo que possui como meios de vendas site, catálogo e canal de televisão.

História[editar | editar código-fonte]

Fundada em 6 de novembro de 1995, pertencia à TV Sky Shop (Organizações Globo)[2] e teve como inspiração o canal Home Shopping Network, dos EUA. [3] Inicialmente vendia seus produtos apenas pela televisão e pelo catálogo. Com a ascensão da Internet, foi criado o site Shoptime.com em 1997 com maior variedade de produtos. A marca foi comprada pelo grupo Lojas Americanas em 2005[4] e hoje o Shoptime faz parte da B2W - Companhia Digital que possui as seguintes marcas: Americanas.com; Shoptime; Submarino e Ingresso.com. Já passaram pelo canal apresentadores como Carlos Takeshi, Mauro Jasmin, Luciana Haefeli, Rosana Garcia, Monique Evans, Roberta Close, Rodolfo Bottino, Viviane Romanelli, Juliana Coelho, Fabiana Rocha, Antonio Pedro e Marcos Veras. Um dos motivos do sucesso do canal é o fato de ser apresentado ao vivo, ocorrendo fatos engraçados como: Rodolfo Bottino queimando uma receita e Rosana Garcia não conseguindo fechar um berço no ar, fazendo a atriz chorar.

Possível Fim[editar | editar código-fonte]

Em 2014 vencerá o contrato que o Shoptime tem com as operadoras de TV por Assinatura para carregar seu sinal sem custos. O contrato existe desde da época que pertencia a Globosat. Para que continue na TV por Assinatura, precisará de R$ 3 milhões para o aluguel. [5]

Notas

  1. Nas praças onde já foi adotado o line-up "Juntinho"

Referências

  1. Grade de canais "Juntinho"
  2. Americanas.com adquire TV Sky Shop por R$ 126,7 milhões. Folha.com (19 de agosto de 2005). Página visitada em 9 de agosto de 2012.
  3. NCupons - Lojas (24 de dezembro de 2013). Página visitada em 24 de dezembro de 2013.
  4. Valor Online. Americanas.com anuncia compra do Shoptime por R$ 126,7 mi (em português).
  5. Rd1. Canal de vendas Shoptime pode sair do ar (em português).

Ligações externas[editar | editar código-fonte]