Shudokan

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Kanken Toyama (1888 – 1966).
Shudokan (修道館?) é um estilo de caratê desenvolvido pelo Mestre Kanken Toyama (遠山寬賢, Tōyama Kanken?), que nasceu em 24 de setembro de 1888 e morreu em 24 de novembro de 1966).

A tradução literal do nome desta arte marcial de origem japonesa é "a porta de entrada do estudo do caminho do karate". O estilo se caracteriza por movimentos amplos e circulares[1] .

História[editar | editar código-fonte]

O aprendizado de karate de Toyama iniciou-se em 1897[2] , aos nove anos de idade, com Itarashiki. Estudou com Yasutsune Itosu por dezoito anos, até seu falecimento em 1915. Em 1907, Toyama foi indicado como shihandai (師範弟, mestre assistente?) de Itosu no "Okinawa Teacher's College". Os dois únicos estudantes a receberem o título de shihanshi (師範士, protetor?) foram ele e Gichin Funakoshi, que posteriormente desenvolveu o karate Shotokan.

Em 1924 Kanken Toyama mudou-se com sua família para Formosa, onde ensinou em ums escola e estudou a arte marcial chinesa Chuan fa. Em 1930 retornou ao Japão, abrindo em março do mesmo ano seu primeiro "dojo" em Tóquio, com o nome de "Shu Do Kan", a porta de entrada do estudo do caminho do karate. Nele Toyama ensinou o Chuan Fao e as técnicas que aprendeu de Itosu. Em 1946 fundou a "All Japan Karate-Do Federation" (AJKF), com o objetivo de unir as diversas formas de karate do Japão e de Oquinaua sob uma mesma organização governamental.

Toyama considerava seu "Shu Do Kan" um local para treino, não um estilo distinto de karate. Como não indicou um sucessor para conduzir a organização que criou, esta se fragmentou após sua morte em 1966. Seu aluno Toshi Hanaue manteve o local de prática original (dojo). Ainda existem algumas outras escolas baseadas em seus ensinamentos, como a "Doshinkan". Atualmente seu filho Ha Toyama supervisiona a linhagem de karate originada nos ensinamentos de seu pai.

Formas de aprendizado[editar | editar código-fonte]

O aprendizado deste estilo de karate, sempre sob a orientação de um mestre qualificado, baseia-se em três factores: Katas, luta sozinho e luta em grupo.

As Katas são uma sequencia de movimentos entelaçados, fingindo-se que estamos a ser atacados.

Na luta sozinho pratica-se aquilo que se vai fazer no combate. O combate, para os cintos inferiores tens posições firmes e é controlado: sabe-se aonde o adversário vai atacar, conhece-se a defesa e quantos ataques vai fazer.

Nos cintos superiores já pode haver combates em que se ataca o outro sem aviso, tendo-se uma posição agil. Esta luta não serve para magoar o adversário, logo que isso aconte-se tem de se sentar de joelhos, com as costas para o adversário, como forma de respeito, até o outro estar outra vez bem. Esse tipo de lutas só existe em campeonatos, mas não em exames.

Referências

  1. A brief history of Shudokan (em Inglês). Página visitada em 21.nov.2010.
  2. A brief history of Shudokan (em Inglês). Página visitada em 21.nov.2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]