Shuffleboard

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Mundial 2010, em Hohenroda

O Shuffleboard é um esporte individual no qual os jogadores usam um taco para empurrar os discos que deslizam sobre uma quadra e devem parar em uma zona de pontuação triangular (com subdivisões) situada no lado oposto da quadra.

Por ser um esporte que não exige muito preparo físico, pode ser praticado por praticamente todas as idades. No Brasil, ainda é relativamente novo e pouco conhecido, sendo mais praticado nos Estados Unidos e Canadá.

História[editar | editar código-fonte]

Os primórdios do shuffleboard remontam ao século XV, na Inglaterra, durante o reinado de Henrique IV (1399-1413), quando moedas eram empurradas sobre as grandes mesas de mansões, com o objetivo de ultrapassar uma linha e chegar o mais próximo possível da borda oposta da mesa, sem cair. Nessa época era mais praticado pela aristocracia, talvez por ser a única classe que tinha algum tempo livre naquela época.

Alguns anos depois, o Rei Henrique VIII (1491-1547) chegou a proibir a sua prática, pois os arqueiros ficavam muito tempo jogando ao invés de treinar para as batalhas. Mais tarde, quando donos de pubs começaram a colocar mesas para o divertimento dos clientes, o jogo logo se popularizou.

No início do século XIX, pinturas de linhas foram feitas sobre decks de transatlânticos para entreter os passageiros, que ficavam semanas em viagem pelo oceano, quando passou a ser jogado com discos e tacos de madeira.

Em 1913, Sr. e Sra. Robert Ball, donos do Lyndhurst Hotel, um pequeno hotel na cidade de Daytona Beach, Flórida, conheceram o jogo enquanto viajavam em um cruzeiro e gostaram tanto que, ao retornarem à Flórida, resolveram pintar as linhas da quadra na calçada em frente ao hotel, para o entretenimento dos hóspedes. A partir daí, rapidamente inúmeras quadras foram construídas e o shuffleboard se espalhou por várias cidades da Flórida e até em outros estados. Como não havia ainda uma entidade dirigente do esporte, as regras, assim como o formato e o tamanho da quadra podiam variar de acordo com o local.

Em 24 de janeiro de 1924, na cidade de São Petersburgo, Flórida, com apenas duas quadras construídas em uma praça, fundou-se o primeiro clube de Shuffleboard dos Estados Unidos (e do mundo), o St. Petersburg Shuffleboard Club (ou simplesmente St Pete Shuffle), que originalmente se chamava Mirror Lake Park Shuffleboard Club.[1]

Em 1928 os membros do St Pete Shuffle fundaram a Florida Shuffleboard Association e padronizaram as regras, o formato da quadra e os equipamentos. Ao longo dos anos, os tacos e discos foram se modernizando, mas as regras e o formato da quadra são praticamente as mesmas até hoje.

No auge da popularidade do esporte, em meados do século XX, a Flórida chegou a ter mais de 200 clubes e 75.000 jogadores. Só o St Pete Shuffle tinha mais de 100 quadras e 5.000 membros.


Associação Brasileira de Shuffleboard[editar | editar código-fonte]

Nascido e criado no estado de Nova York, nos Estados Unidos, Michael Robert Zellner conheceu o shuffleboard através de seu avô, quando ainda era adolescente. Após 21 anos de carreira como oficial engenheiro de voo da Força Aérea Americana, Michael pediu reforma em 1995 e veio morar no Brasil, na cidade de São Paulo, trazendo consigo na bagagem: quatro tacos, um jogo de discos, microesferas, um livro de estratégia, um livro de regras e a planta de construção da quadra.

Em janeiro de 1996, Michael construiu uma quadra em um condomínio onde mantinha uma casa de fim de semana, na zona rural de Guaratinguetá, no estado de São Paulo, e começou a ensinar o jogo a todos que mostrassem interesse. Alguns meses depois, Michael, junto com alguns de seus primeiros alunos brasileiros, fundou a Associação Brasileira de Shuffleboard (ABS), sendo ele o Presidente e Luiz Pimentel, um de seus pupilos mais entusiasmados e promissor, o vice-presidente.

Em 1997, a ABS formou sua primeira equipe para participar do Campeonato Mundial de Shuffleboard daquele ano, realizado na cidade de Hendersonville, Carolina do Norte, Estados Unidos. Desde então, o Brasil participou em quase todas as edições, conquistando a 3ª colocação no campeonato de 2007 (por equipes), em Midland, Canadá, e outro 3º lugar no campeonato individual de 2011, em Dieppe, também no Canadá.

No final de 2010, Michael deixou a presidência da ABS após ser eleito para a presidência da Associação Internacional de Shuffleboard (International Shuffleboard Association). Luiz Pimentel assumiu e tornou-se então o segundo Presidente da ABS. Cargo ocupado atualmente por Bernar Borges, desde janeiro de 2014.

International Shuffleboard Association[editar | editar código-fonte]

International Shuffleboard Association (ISA) foi fundada em 10 de Março de 1979, na Flórida, com o objetivo desenvolver o esporte internacionalmente, promovendo torneios mundiais e estimulando a formação de novas associações nacionais em outros países.
A ISA organiza anualmente o Campeonato Mundial de Shuffleboard. O evento dura cerca de uma semana. Sua primeira edição foi realizada em 1981, na cidade de Muskegon, estado de Michigan, nos Estados Unidos, e contou com a participação das 3 equipes fundadoras: Estados Unidos, Canadá e Japão.

Equipamentos[editar | editar código-fonte]

Quadra de Shuffleboard (na vertical).png
Disco de Shuffleboard
Scoreboard

A quadra mede 52x6 pés (aproximadamente 16m x 1,80m).

Em um jogo, são usados 8 discos, sendo 4 amarelos e 4 pretos, que medem 15cm de diâmetro e pesam 420g.

O comprimento máximo do taco usado para empurrar os discos é de 1,90m, de acordo com as regras oficiais[2] da Florida Shuffleboard Association.

O quadro de marcação da pontuação de uma partida é chamado de scoreboard. Normalmente, uma quadra utiliza um scoreboard, que marca simultaneamente as duas partidas da quadra. O lado onde se situa o scoreboard é chamado de "cabeça da quadra" e o lado oposto, de "pé da quadra".

O jogo[editar | editar código-fonte]

Para que um disco seja considerado válido, é preciso estar inteiramente dentro da zona de pontuação (10, 8, 7 ou -10), não podendo tocar qualquer linha, exceto as duas pequenas linhas da base da quadra (que dividem a área do -10), pois essas linhas servem apenas para delimitar a área de lançamento de cada jogador.
É decidido previamente a cor dor discos com que cada jogador irá começar jogando (pode ser por acordo ou sorteio). O jogador que começar com os discos amarelos lançará o primeiro disco do jogo. Em seguida, o seu adversário lança seu disco (preto), e assim sucessivamente até os 8 discos serem lançados. Então é somada a pontuação de cada jogador e anotada no scoreboard, esse processo é chamado de “meia janela” ouframe. Na forma mais tradicional de disputa, nesse momento há outros 2 jogadores no outro extremo da quadra que irão posicionar os discos para começarem um outro jogo concomitantemente e independente. Após o término do primeiro frame, os 8 discos são posicionados novamente na área de lançamento (zona do -10), e uma nova meia janela é jogada, sendo que desta vez, o jogador dos discos pretos lança o primeiro disco. Novamente é calculada a pontuação de cada jogador. Esse processo de 2 meias janelas é chamado de “janela”.

Uma partida com formato tradicional é composta por 8 janelas (16 frames), sendo que após a quarta janela, na metade da partida, os jogadores trocam de lado, passando assim a jogar com o disco da outra cor.

Há também a modalidade de disputa em duplas, onde o seu parceiro é o jogador do outro extremo da quadra jogando com a mesma cor dos discos. Nessa modalidade, a sua pontuação e a do seu parceiro é somada.

Taco de Shuffleboard (horizontal).png

Campeonatos Mundiais[editar | editar código-fonte]

A primeira edição do Campeonato Mundial de Shuffleboard foi realizada nos Estados Unidos, na cidade de Muskegon, em 1981, e contou com a participação de 3 equipes: Estados Unidos, Canadá e Japão. A primeira participação de jogadores da Austrália em um campeonato mundial foi em 1991. Os brasileiros estrearam em 1997, já os alemães em 2006 e os noruegueses em 2011. Em 2013 foi a vez da Rússia. Atualmente o shuffleboard possui jogadores em mais de 10 países.
De 1981 a 2008, o campeonato foi disputado somente na modalidade por equipes (divididas por nacionalidade), então em 2007, no Canadá, a diretoria da ISA, na sua reunião anual, decidiu que a partir de 2009 o Campeonato Mundial seria disputado também na modalidade individual, a cada 2 anos, intercalando com a modalidade por equipes.

Ano Cidade-sede Modalidade
1981
Flag of the United States.svg
Muskegon, Michigan, Estados Unidos
Equipe
1982
Flag of the United States.svg
Laguna Hills, Califórnia, Estados Unidos
Equipe
1983
Flag of the United States.svg
St Petersburg, Flórida, Estados Unidos
Equipe
1984
Flag of the United States.svg
Mesa, Arizona, Estados Unidos
Equipe
1985
Flag of the United States.svg
Ocean City, Nova Jersey, Estados Unidos
Equipe
1986
Flag of the United States.svg
San Benito, Texas, Estados Unidos
Equipe
1987
Flag of the United States.svg
Hemet, Califórnia, Estados Unidos
Equipe
1988
Flag of Japan.svg
Yokohama, Kanagawa, Japão
Equipe
1989
Flag of the United States.svg
Clearwater, Flórida, Estados Unidos
Equipe
1990
Flag of Canada.svg
Lindsay, Ontário, Canadá
Equipe
1991
Flag of the United States.svg
Mesa, Arizona, Estados Unidos
Equipe
1992
Flag of the United States.svg
Clearwater, Flórida, Estados Unidos
Equipe
1993
Flag of the United States.svg
Las Vegas, Nevada, Estados Unidos
Equipe
1994
Flag of Canada.svg
Edmonton, Alberta, Canadá
Equipe
1995
Flag of the United States.svg
Lakeside, Ohio, Estados Unidos
Equipe
1996
Flag of the United States.svg
Laguna Hills, Califórnia, Estados Unidos
Equipe
1997
Flag of the United States.svg
Hendersonville, Carolina do Norte, Estados Unidos
Equipe
1998
Flag of Canada.svg
Goderich, Ontário, Canadá
Equipe
1999
Flag of Japan.svg
Yokohama, Kanagawa, Japão
Equipe
2000
Flag of the United States.svg
Hemet, Califórnia, Estados Unidos
Equipe
2001
Flag of Australia.svg
Gold Coast, Queensland, Austrália
Equipe
2002
Flag of the United States.svg
Clearwater, Flórida, Estados Unidos
Equipe
2003 Cancelado -------
2004
Flag of the United States.svg
Mesa, Arizona, Estados Unidos
Equipe
2005
Flag of Brazil.svg
Niterói, Rio de Janeiro, Brasil
Equipe
2006
Flag of the United States.svg
Lakeside, Ohio, Estados Unidos
Equipe
2007
Flag of Canada.svg
Midland, Ontário, Canadá
Equipe
2008
Flag of Australia.svg
Gold Coast, Queensland, Austrália
Equipe
2009
Flag of the United States.svg
Zephyrhills, Flórida, Estados Unidos
Individual
2010
Flag of Germany.svg
Hohenroda, Hessen, Alemanha [1]
Equipe
2011
Flag of Canada.svg
Dieppe, Nova Brunswick, Canadá
Individual
2012
Flag of the United States.svg
Seattle, Washington, Estados Unidos
Equipe
2013
Flag of the United States.svg
Saint Petersburg, Flórida, Estados Unidos
Individual
2014
Flag of Canada.svg
Midland, Ontário, Canadá
Equipe


Flag of Germany.svg Hohenroda 2010[editar | editar código-fonte]

Time Nações Unidas (sub-18) no Campeonato Mundial 2010, na Alemanha.
Da esquerda para a direita: Flag of the United States.svg Riley Hubbard, Flag of Germany.svg Adrian Gepel, Flag of Germany.svg Philipp Schlögl, Flag of Germany.svg Marius Runge, Flag of Germany.svg Marcel Hinkel, Flag of Germany.svg Torben Hußmann, Flag of Germany.svg Lukas Tischer, Flag of the United States.svg Anthony Ramicone, Flag of the United States.svg Michael Hirsch.
Agachado: Flag of Canada.svg Patrick McGregor - (Capitão)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Shuffleboard


Referências