Si (nota)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde agosto de 2012)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete si.

Si1 2 é o nome da sétima nota da escala diatônica de dó maior.

Nome[editar | editar código-fonte]

O nome original desta nota deriva das iniciais de Sante Iohannes (São João), último verso do hino religioso Ut queant laxis, usado por Guido d'Arezzo para nomear todas as notas musicais:

Ut queant laxis
resonare fibris
mira gestorum
famuli tuorum
solve polluti
labii reatum
Sante Iohannes. (Si)

Antes da adoção do solfejo, as notas eram chamadas por letras. A nota si corresponde à nota B. Em diversas línguas este nome ainda é usado e mesmo em português usa-se o nome B em cifras.

Em alguns casos, utiliza-se a letra H para indicar a nota si e B para indicar o si bemol. Isso é um resquício dos primeiros acidentes a serem introduzidos na notação musical. Na Idade Média, os intervalos de quarta aumentada (ou trítono) e segunda menor nunca eram utilizados no canto gregoriano por serem fortemente dissonantes. O intervalo entre a nota F (fá) e B (si) forma um trítono. Para evitá-lo, o B passou a ter sua afinação abaixada sempre que tocada próxima a um F. O B com afinação abaixada era representado na notação neumática por uma letra B arredondada (chamada de B suave ou B molle), enquanto que o B sem alteração era desenhado como um B quadrado - B quadratum. Isso deu origem aos nomes dos acidentes atuais bemol e bequadro. O B quadrado passou gradualmente a ser representado por uma letra H e essa notação se manteve até os dias de hoje nos países de língua alemã.

Altura[editar | editar código-fonte]

No temperamento igual, o si que fica logo acima do dó central do piano (B4) tem a freqüência aproximada de 495 Hz1 . Tem dois enarmônicos, lá dobrado sustenido (A♯♯)1 2 e dó bemol (C♭)1 2 .

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.