Siddhi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Wikitext.svg
Esta página ou seção precisa ser wikificada (desde janeiro de 2012).
Por favor ajude a formatar esta página de acordo com as diretrizes estabelecidas no livro de estilo.

Siddhi (sanscrito: सिद्धिः; siddhiḥ) é uma palavra sanscrita que literalmente significa "realização", "consecução" ou "sucesso". Também é usada como um termo para poder espiritual (ou habilidade física). O termo é usado neste sentido no Hinduísmo e no Budismo Tântrico.

Existem vários pontos de vista sobre a obtenção de Siddhis. Uma escola de pensamento estabelece que eles são um conjunto normal de ocorrências que não deveriam ser focados porque eles irão arrancá-lo do caminho. Outras perspectivas julgam que cada siddhi deveria ser aspirados porque habilitarão o indivíduo a entender o poder do Ente Supremo. Siddhis podem ocorrer de muitas maneiras: naturalmente aravés da ação do kharma, como um resultado de prática prolongada (sadhana), através de austeridades rigorosas (tapasya) ou por graça. Eles são frequentemente mencionados em conjunção com Riddhi (pl. Riddhis), que significa riqueza material ou terrena, poder, estilo de vida luxurioso, etc.

(sânscr.) - no budismo Vajrayana, poderes sobrenaturais surgidos a partir do controle do corpo e da mente.