Sigeberto III

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sigeberto III
Rei da Austrásia (634-656)
Nascimento 631
Morte 1 de Fevereiro de 656 (25 anos), Metz (ou 660)
Sepultura Abadia de St-Martin-des-Champs de Metz, depois St-Martin de Metz (séc. XIII); St-Georges de Nancy (1552)

Sigeberto III (631656 ou 660) foi rei da Austrásia de 634 até sua morte provavelmente em 1º de Fevereiro de 656, ou talvez um pouco depois em 660. Ele era o filho mais velho de Dagoberto I.

Para satisfazer a aristocracia austrasiana, que possuía uma certa autonomia, o pai de Sigeberto lhe entregou o reino da Austrásia embora este permanecesse parte do reino franco. Com a morte de Dagoberto, Sigeberto governou a Austrásia independentemente, livre sem qualquer sujeição à Nêustria.

Ele tentou em vão adicionar a Turíngia ao seu reino, mas foi derrotado pelo duque Radulfo em 640. Apesar de ter apenas dez anos de idade, ele estava liderando seu exército. A Crônica de Fredegar registra que ele chorava enquanto cavalgava na estrada. Disso, nós podemos supor que, ao menos em parte, a queda da dinastia merovíngia foi resultado dos governos infantis, por Sigeberto e seu irmão mais jovem Clóvis II, que governava a Nêustria, serem pré-adolesncentes que não poderiam lutar no campo de batalha e que seus regentes conseguiam deles o que os interessasse.

Foi sob seu reinado que o prefeito do palácio passou a ser o cargo mais importante na vida política da Austrásia. O então prefeito, Grimoaldo, filho de Pepino de Landen, conseguiu convencer o rei a adotar seu filho Childeberto. Quando Sigeberto finalmente teve um filho legítimo, o futuro Dagoberto II, o prefeito do palácio se sentiu ameaçado e, com a morte de Sigeberto, ele exilou o jovem Dagoberto na Irlanda. Os restos mortais de Sigeberto, violados durante a Revolução Francesa, estão preservados na catedral de Nancy.

Note-se que ele é descrito como o primeiro roi fainéant - rei fantoche - da dinastia merovíngia.

Pais[editar | editar código-fonte]

Dagoberto I (◊ 604 † 639)

♀ Ragnetrude (◊ 608 † ?)

Casamentos e filhos[editar | editar código-fonte]

  • em 647 com Himnechilde da Borgonha (◊ c. 625 † depois de 672)
  1. ♀ Bilichilde (◊ 651 † c. 675)
  2. Dagoberto II (◊ c. 652 † 679)

Filho adotivo[editar | editar código-fonte]

  1. Childeberto o Adotado de Landen (◊ c. 640 † 662)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]