Sigtuna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Stora gatan, rua comercial em Sigtuna
Igreja em ruínas em Sigtuna
Localização de Sigtuna

Sigtuna é uma localidade situada junto ao lago Mälaren, na Suécia, na região metropolitana de Estocolmo, na comuna de Sigtuna. Foi fundada pelo rei Érico, o Vitorioso (Erik Segersäll) em 980.

Durante os seus dois primeiros séculos de existência floresceu como residência da coroa e centro comercial. A cidade foi atacada e destruída em 1187 por guerreiros procedentes da Estónia, Íngria, e Carélia, sob ordens da República de Novgorod (presentemente na Rússia). Embora Sigtuna fosse reconstruída e mantivesse certa importância, o seu papel foi substituído pouco depois por cidades próximas como Uppsala ou Estocolmo, ou outras como Visby e Kalmar, sob a égide da Liga Hanseática.

Foi nesta localidade que pela primeira vez se cunhou moeda na Suécia, no reinado de Olavo, o Tesoureiro (Olof Skötkonung), em finais do século X.

A sua população foi diminuindo até chegar a 600 habitantes no século XIX. Em 2006 tinha cerca de 7 500 habitantes e é na actualidade um destino turístico de relevância. Destacam-se sobretudo as ruínas das primeiras igrejas construídas na Suécia oriental, bem como a feira de artesanato e música medieval que tem lugar no mês de Junho.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Sigtuna
Murkrona.svg Sigtuna é uma das 134 cidades com o status histórico de cidade na Suécia.



Comunas do condado de Estocolmo

Botkyrka | Dandeyd | Ekerö | Estocolmo | Haninge | Huddinge | Järfälla | Lidingö | Nacka | Norrtälje | Nykvarn | Nynäshamn | Österåker | Salem | Sigtuna | Södertälje | Sollentuna | Solna | Sundbyberg | Tyresö | Täby | Upplands-Bro | Upplands Väsby | Vallentuna | Vaxhoml | Värmdö