Silke Hörner

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Silke Hörner
Hörner em 1985
Swimming pictogram.svg Natação Swimming pictogram.svg
Nome completo Silke Hörner
Estilo 100,200 e 400m livres e revezamentos
Nascimento 12 de Setembro de 1975 (38 anos)
Leipzig, Alemanha
Nacionalidade  Alemanha

Silke Hörner (Leipzig, 12 de setembro de 1975) é uma nadadora alemã, ganhadora de três medalhas em Jogos Olímpicos.

Ela foi nomeada pela Swimming World Magazine como a "Nadadora Européia do Ano" em 1985 e 1987, mas suas realizações são vistas com desconfiança, devido ao programa sistemático de doping que ocorreu na Alemanha Oriental. Em 1991, o ex-treinador de natação da Alemanha Oriental, Michael Regner, alegou que na década de 1980 ele tinha sido encarregado de distribuir esteróides anabolizantes para os nadadores da equipe, incluindo Hörner. [1]

Hörner ganhou destaque quando estabeleceu um recorde mundial nos 200 metros peito de 2:28.33 em Leipzig, na fase de qualificação para o Campeonato Europeu de 1985. Lá, ela tropeçou, ficando em terceiro lugar na prova dos 200 m, e só obteve a prata atrás da colega Sylvia Gerasch nos 100 metros. Apesar de não ter vencido nenhum evento, ela foi nomeada como a "Nadadora Européia do Ano".

Em 1986, no Campeonato Mundial de Madrid, Horner estabeleceu um novo recorde mundial nos 200 m peito em seu caminho para o ouro, recuperando o recorde de Gerasch, que tinha quebrado-o no início do ano.

Em 1987 no Campeonato Europeu, em Estrasburgo, França, Horner ganhou os dois eventos de peito, reivindicando o recorde dos 100 m de Gerasch no processo, e também uma medalha de ouro no revezamento 4x100 m medley, resultando em seu segundo título de "Nadadora Européia do Ano".

Nos Jogos Olímpicos de Seul em 1988, Horner estabeleceu um novo recorde mundial nos 200 m peito em seu caminho para o ouro, recuperando o recorde de Allison Higson do Canadá, que tinha quebrado-o no início do ano. Ela nadou longe do seu recorde mundial nos 100 m peito, terminando com a medalha de bronze. Mais tarde, ganhou o ouro no revezamento 4x100 m medley juntamente com Kristin Otto, Weigang Birte e Katrin Meissner.

Foi recordista mundial dos 100 metros peito entre 1987 e 1994, e dos 200 metros peito três vezes: entre 1985 e 1986, entre 1986 e 1988 e entre 1988 e 1992.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]