Silky terrier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Silky terrier
País de origem  Austrália
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 3
Seção 4 - Terriers - de companhia
Estalão #236 - 9 de agosto de 1999

Silky terrier[Nota] ou silky terrier australiano (em inglês: australian silky terrier) é uma raça de cão oriunda da Austrália, sendo fisicamente parecido com o yorkshire terrier.[1] Historicamente, essa raça foi "fabricada" ao que numerosos yorkshires chegaram à Austrália em 1800. Cruzados com os terriers australianos, o objetivo era o de encontrar um animal cuja pelagem detivesse uma melhor coloração. Ao que foi possível distinguir essa terceira raça, estes novos exemplares foram cruzados entre si para estabelecer um padrão. O silky, apesar do tamanho, é visto como um autêntico terrier: é um caçador de roedores eficiente, de temperamento amigável e companheiro.[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Silky terrier australiano. Petfriends. Página visitada em 2 de outubro de 2011.
  2. Silky terrier (em inglês). American Kennel Club. Página visitada em 2 de outubro de 2011.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Silky terrier
Wikipedia lexikon2.jpg   Nota linguística: Na busca pela padronização de uma nomenclatura^ e para adequar a grafia da Wikipédia às normas do português, os nomes das raças - alguns mantidos no original (Fogle (2009)) - estão grafados em iniciais minúsculas, como também visto em dicionário de Cinologia. Todavia, as entidades cinófilas - CBKC do Brasil, CPC de Portugal e FCI - possuem o padrão adotado em maiúsculas, assim como a Enciclopédia Conhecer (vol. II, p. 414).


Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.