Silvino Pirauá de Lima

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Silvino Pirauá de Lima (Patos, 1848 - Bezerros, 1913) foi poeta, cantador, cordelista brasileiro.

Foi discípulo de Francisco Romano Caluête (Romano de Teixeira), conhecido poeta popular. Exímio violeiro e grande repentista, foi um dos primeiros a usar a sextilha como novo recurso de cordel, e o criador do martelo agalopado, tido também como um dos criadores dos folhetos, juntamente com Leandro Gomes de Barros.

Autor de clássicos, como História do Capitão do Navio, História da Princesa Rosa e Zezinho e Mariquinha.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.