Simon Pagenaud

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Simon Pagenaud
Simon Pagenaud Le Mans drivers parade 2011 crop.jpg
Pagenaud durante o desfile de pilotos
nas 24 Horas de Le Mans de 2011.
Nome completo Simon Pagenaud
Nacionalidade    França Francês
Data de nascimento 18 de Maio de 1984 (30 anos)
Registros na CART/Champ Car
Anos 2007
Times 1 (Team Australia)
Campeonatos 0 (8º em 2007)
Pontos 232
Voltas mais rápidas 0
Primeira corrida Estados Unidos GP de Las Vegas, 2007
Última corrida México GP do México, 2007
GPs Poles Pódios Vitórias
14 0 0 0
Registros nas 24 Horas de Le Mans
Anos 2008-2011
Times 3 (Oreca-Matmut, Pescarolo Sport
e Team Peugeot-Total)
Melhor colocação 2º (2011)
Vitórias em classe(s) 0

Simon Pagenaud (Poitiers, 18 de maio de 1984) é um automobilista francês[1] .

Entre 2002 e 2003, correu na Fórmula Renault francesa, e de 2002 a 2004 disputou a série Eurocup da categoria. Foi para a divisão 3.5 Series em 2005 e terminou a temporada na décima-sexta colocação.

Em 2006, Pagenaud competiu na Fórmula Atlantic, obtendo o título em sua única temporada na categoria. Competindo pela Walker, o francês venceu apenas uma prova, conquistou seis pódios, e derrotou o norte-americano Graham Rahal, obtendo uma vantagem de 16 pontos sobre o filho de Bobby Rahal.

Champ Car[editar | editar código-fonte]

Simon Pagenaud em 2007, quando corria pela Team Australia, na extinta Champ Car.

Em 2007, Pagenaud assinou com a Team Australia para disputar a temporada da Champ Car daquele ano. Seu companheiro de equipe seria o australiano Will Power, atualmente piloto da Penske na IndyCar.

Teve um bom desempenho na temporada, ficando seis vezes entre os cinco primeiros colocados, mas não subiu nenhuma vez ao pódio. Marcou 232 pontos, terminando na oitava colocação. Com o anúncio da extinção da Champ Car, Pagenaud não encontrou vaga para disputar as últimas provas da categoria, nem após a unificação.

IndyCar[editar | editar código-fonte]

Na IndyCar, Pagenaud correu três provas da temporada de 2011, estreando no GP do Alabama, pela Dreyer & Reinbold, substituindo a brasileira Bia Figueiredo. Terminou em oitavo lugar. Correria pela mesma equipe no GP de Mid-Ohio, desta vez chegando em décimo-terceiro.

Voltaria a pilotar na Indy pela equipe HVM Racing, sucedendo a suiça Simona de Silvestro, que teve problemas com o sistema de imigração. No GP de Sonoma, fechou em décimo-quinto lugar.

Le Mans[editar | editar código-fonte]

Pagenaud disputou quatro edições das 24 Horas de Le Mans, estreando em 2008, pela Oreca-Matmut. Tendo como companheiros de time o suíço Marcel Fässler e o ex-piloto de Fórmula 1 Olivier Panis, terminou em 44º lugar na classificação geral, e em vigésimo na classe LMP1.

Na edição de 2011, chegou em segundo lugar, pilotando um Peugeot 908, e tendo como companheiros o compatriota Sébastien Bourdais e o português Pedro Lamy, com quem Pagenaud havia corrido em 2010.

Links[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Superspeedway (11 de fevereiro de 2012). Perfil de Simon Pagenaud.
Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.