Sin City (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Sin City
Sin City - Cidade do Pecado (PT)
Sin City - A Cidade do Pecado (BR)
 Estados Unidos
2005 • p&b • 124 min 
Direção Robert Rodriguez
Frank Miller
Quentin Tarantino
Roteiro Frank Miller
Robert Rodriguez
Elenco Bruce Willis
Mickey Rourke
Jessica Alba
Clive Owen
Benicio Del Toro
Brittany Murphy
Alexis Bledel
Elijah Wood
Josh Hartnett
Michael Clarke Duncan
Rosario Dawson
Jaime King
Nick Stahl
Devon Aoki
Rutger Hauer
Carla Gugino
Gênero ação
Idioma inglês
Lançamento Estados Unidos 1 de abril de 2005
Brasil 29 de julho de 2005
Cronologia
Último
Último
Sin City 2: A Dama Fatal
Próximo
Próximo
Página no IMDb (em inglês)

Sin City (no Brasil, Sin City - A Cidade do Pecado; em Portugal, Sin City - Cidade do Pecado) é um filme americano de 2005 dirigido por Robert Rodriguez e baseado na graphic novel de mesmo título. Foi lançado nos cinemas no dia 1 de abril de 2005, nos Estados Unidos, e em 29 de julho no Brasil.

Rodriguez também deu ao criador de Sin City, Frank Miller, o crédito de direção do filme, por seu estilo visual e sua influência no resultado final. Entretanto, o Sindicato de Diretores dos Estados Unidos recusou-se a reconhecer Rodriguez e Miller como uma equipe. Para evitar problemas, Rodriguez saiu do sindicato, e os créditos permaneceram. Quentin Tarantino é creditado como "diretor especialmente convidado", por dirigir uma das cenas do filme.

Originalmente, Frank Miller não queria comercializar os direitos de um filme sobre Sin City, resultado de uma frustrante experiência em Hollywood no começo dos anos 90 com o roteiro do filme Robocop II. Apesar disso, o diretor Robert Rodriguez resolveu fazer um curta-metragem de uma das histórias de Sin City, '"The Costumer Is Always Right" ("O Cliente Tem Sempre Razão"). Miller, impressionado com o resultado, aprovou a realização do filme. Rodriguez também usou esta sequência para, supostamente, convencer os atores a participarem do filme. Este curta-metragem seria usado então na sequência de abertura.

O longa-metragem é baseado em quatro histórias dos quadrinhos: Sin City (The Hard Goodbye), The Customer is Always Right, The Big Fat Kill, That Yellow Bastard. O filme traz também um epílogo escrito exclusivamente para o filme por Rodriguez e Miller.

O longa contem uma nova linguagem gráfica, que inspirou outras produções, tal como o filme "The Spirit".

Estrutura do filme[editar | editar código-fonte]

O filme é construído ao redor de três histórias independentes mas de certo modo conectadas, cada uma com uma curta, e também independente, sequência introdutória e um pequeno epílogo que não está necessariamente presente na ordem cronológica. O filme abre com The Customer Is Always Right, seguindo para os créditos de abertura. A seguir, a primeira parte de That Yellow Bastard é mostrada, então The Hard Goodbye, completa, passando para The Big Fat Kill, depois da qual That Yellow Bastard é concluída.

Técnicas de filmagem[editar | editar código-fonte]

O filme Sin City empregou o uso de câmeras digitais de alta definição, tendo os atores atuado em frente a painéis verdes que permitiam que os cenários (assim como elementos secundários, como carros) fossem adicionados depois, na fase de pós-produção. A combinação das duas técnicas fez de Sin City um dos poucos filmes inteiramente digitais. Esta técnica significa também que todo o filme foi inicialmente filmado em cores, e depois convertido para o preto-e-branco de alta qualidade, permitindo deixar as cores somente em certos objetos, como olhos, lábios ou roupas.

Elenco[editar | editar código-fonte]

The Customer is Always Right[editar | editar código-fonte]

O Cliente Tem Sempre Razão

Sin City (The Hard Goodbye)[editar | editar código-fonte]

A Cidade do Pecado

The Big Fat Kill[editar | editar código-fonte]

A Grande Matança

That Yellow Bastard[editar | editar código-fonte]

Aquele Bastardo Amarelo

Continuações[editar | editar código-fonte]

Rodriguez disse planejar filmar todas as histórias de Miller e expressou o desejo de fazer duas sequências, uma após a outra, a partir de fevereiro de 2006, para lançamento em meados de 2007. Rodriguez confirmou que o próximo filme trará a adaptação da história "A Dame to Kill For". Os planos de incluir outra história neste primeiro filme, "Hell And Back" (com Johnny Depp no papel principal de Wallace) foram abandonadas antes do início da produção, e essa é mais uma forte candidata a aparecer em uma provável sequência.[carece de fontes?]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • Esse foi o último trabalho do dublador Newton da Matta dublando Bruce Willis
  • O Orçamento de Sin City foi de 40 milhões de dólares

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o