Sinagoga Churba

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A Churba na Cidade Velha de Jerusalém antes de 1948.

A Sinagoga Churba (Hurba, Churva ou Hurva, em hebraico: בית הכנסת החורבה, transliterado: Beit ha-Knesset haChurba), também conhecida como Churvat Rabi Yehuda heChassid, (trad: Ruínas do Rabino Judá, o Piedoso) localizada no Bairro Judeu da Cidade Velha de Jerusalém era o local da principal sinagoga ashkenazi de Jerusalém dos tempos antigos até 1948. Em 1854 uma nova sinagoga oficialmente consagrada Sinagoga Beis Yaakov foi erguida pela comunidade de Perushim. Foi, mais tarde, reduzida a entulho durante a Guerra árabe-israelense de 1948. Após Israel reaver a Cidade Velha em 1967, um número de planos foi enviado para o desenho do novo prédio. Após anos de deliberação, um arco comemorativo foi erguido no local em 1977, o próprio tornando-se um importante marco do Bairro Judeu.[1] O plano para reconstruir a sinagoga em seu estilo original recebeu aprovação do Governo Israelense em 2000. As obras iniciaram-se em 2007 e devem terminar em 2009.

Ícone de esboço Este artigo sobre Israel é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Lefkovits, Etgar. "Hurva Synagogue restoration nears completion", Jerusalem Post, 28 de março de 2008. Acessado em 25/10/2008 (em inglês)