Sinfonia Fausto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Sinfonia Fausto em três movimentos (em alemão: Eine Faust-Simphonie in drei Charakterbildern), ou simplesmente "Sinfonia Fausto", é uma obra composta por Franz Liszt, inspirada na obra de Johann Wolfgang von Goethe, Fausto. A sinfonia foi estreada em 5 de setembro de 1857, para a inauguração do monumento a Goethe e Schiller.

Embora existam alguns fragmentos que datam de 1840, a Sinfonia Fausto foi escrita em Weimar, no verão de 1854. Foi revista nos anos seguintes, com compassos para metais e um Chorus Mysticus adicionado no final, onde as palavras de Fausto (Parte II) são cantadas por um coro masculino e um solista tenor por volta da metade do movimento. Também se fizeram outras alterações, menores e maiores. Em 1880, Liszt adicionou mais dez compassos no segundo movimento.

A obra tem aproximadamente setenta minutos de duração, e foi idealizada para orquestra com complementos de piccolo, duas flautas, dois oboés, dois fagotes, quatro trompas, três trompetes, tuba, timbale, pratos, triângulo, órgão, harpa e secção de cordas. Também surgem um solista tenor e um coro.

Robert Schumann também escreveu a obra Cenas do Fausto de Goethe, para coro e orquestra, e há diversas sinfonias Fausto criadas por vários compositores.[1]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o
Portal da Música Erudita
  • Alan Walker, Franz Liszt: The Weimar Years, 1848-1861, copyright 1989, Cornell U. Ed. de 1993, ISBN 0-8014-9721-3 - pp. 326–336, esp. pp. 326–7 e 335, e página 319. Também a vers. original de 1854, em 7/8 do tempo do Allegro agitato do tema principal da sonata do primeiro movimento, depois muda para tempo normal da revisão.)
  • Warner Classics, Warner Music UK Ltd., do título 'Apex Titles Collection', número de disco 2564 61460-2, concebido por Matthew Cosgrove.

Referências