Sinfonia inacabada (Tchaikovsky)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A Sinfonia inacabada em Mi bemol maior começou a ser escrita pelo compositor Piotr I. Tchaikovsky em maio de 1892, que a abandonou em novembro do mesmo ano. Apenas parte do primeiro movimento foi concluído.

Na década de 1950, Semyon Bogatyrev a reconstruiu a partir dos manuscritos. Essa versão teve sua estreia em Moscou, Rússia, dia 7 de fevereiro de 1957, regida por Mikhail Terian.

A sinfonia inacabada é frequente e incorretamente chamada de Sinfonia Nº 7.

Em 1893, Tchaikovsky voltou a trabalhar o primeiro movimento como o Concerto para piano e orquestra No. 3, os movimentos II e IV como o Andante e finale para piano e orquestra e o terceiro como o scherzo-fantasia do op. 72, Dix-huit morceaux para piano.

Movimentos[editar | editar código-fonte]

  1. Allegro brillante
  2. Andante
  3. Scherzo — Vivace assai
  4. Finale — Allegro maestoso

Instrumentação[editar | editar código-fonte]

Madeiras[editar | editar código-fonte]

Metais[editar | editar código-fonte]

Percussão[editar | editar código-fonte]

Cordas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.