Sinfonia n.º 1 (Beethoven)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"Sinfonia n.º 1"
Composição Ludwig van Beethoven
Época de composição 1799-1800
Estreia K.K. Hoftheater nächst der Burg, Viena, 2 de Abril de 1800
Dedicatória Gottfried van Swieten
Tonalidade dó maior
Tipo Sinfonia
Catalogação Opus 21
Duração 30 minutos
Instrumental 2 flautas, 2 oboés, 2 clarinetes, 2 fagotes, 2 trompas, 2 trompetes, tímpanos, cordas
Andamentos
Beethoven em 1801, pintura por Carl Traugott Riedel).

A Sinfonia n.° 1, Em Dó Maior, Op. 21 é a primeira das nove sinfonias de Ludwig van Beethoven. Foi composta em Viena entre os anos 1799 e 1800 e foi dedicada ao barão Van Swieten, melómano e amigo de Wolfgang Amadeus Mozart.

Instrumentação[editar | editar código-fonte]

Foi escrita para uma orquestra formada por cordas, duas flautas, dois oboés, dois clarinetes em dó, dois fagotes, duas trompas em dó e fá, dois trompetes em dó tímpanos.[1]

Estreia[editar | editar código-fonte]

Estreou a 2 de Abril de 1800 em Viena no Burgtheater.[2] A obra foi criticada devido ao seu aspecto inovador: a abertura começava com a tonalidade principal, numerosas modulações, terceiro movimento (falsamente titulado Menuetto) demasiado rápido, etc., apesar de possuir uma estrutura clássica. O musicólogo inglês Donald Tovey chamou essa obra de "uma comédia de costumes".[3]

Movimentos[editar | editar código-fonte]

Possui quatro movimentos e a sua execução normalmente dura um pouco menos de meia hora:

  • Adagio molto. Allegro con brio
  • Andante cantabile con moto
  • Menuetto – Allegro molto e vivace
  • Finale – Adagio, allegro molto e vivace

Referências

  1. Del Mar, Norman. "Anatomy of the Orchestra". University of California Press, 1987, p. 146-9.
  2. Morris, Edmund. Beethoven The Universal Composer. New York: HarperCollins, 2005, pp. 77–78.
  3. Woodstra, Chris et al (2005) All music guide to classical music: the definitive guide to classical music

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Audição[editar | editar código-fonte]

Partituras[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Guide illustré de la musique symphonique de Beethoven par Michel Lecompte - Fayard 1995 ISBN 2-213-03091-X
  • Guide de la musique symphonique sous la direction de François-René Tranchefort - Fayard 1992 ISBN 2-213-01638-0