Sinfonia n.º 5 (Beethoven)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo ou secção, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «5. Sinfonie (Beethoven)» na Wikipédia em alemão e também na página de discussão. (janeiro de 2011)
"Sinfonia n.º 5"
Composição Ludwig van Beethoven
Época de composição 1807-1808
Estreia 22 de Dezembro de 1808, Viena
Tonalidade dó menor
Tipo Sinfonia
Catalogação Opus 67
Duração 30 minutos
Instrumental flautim, 2 flautas, 2 oboés, 2 clarinetes, 2 fagotes, contrafagote, 2 trompas, 2 trompetes, 3 trombones, típanos, cordas
Andamentos

A Sinfonia n.º 5 em Dó menor Op. 67 de Ludwig van Beethoven, escrita entre 1804 e 1808, é uma das composições mais populares e mais conhecidas em todo repertório da Música Erudita Européia, assim como é também uma das sinfonias mais executadas hoje em dia.[1]

Trata-se da primeira sinfonia do autor composta em tonalidade menor, o que só voltaria a acontecer em 1824 com a Sinfonia n.º 9, em Ré menor op. 125. A Sinfonia n.º5 em Dó menor ainda hoje é considerada como um "monumento" da criação artística.

Os quatro movimentos constituem a particularidade de uma homogeneidade orquestral, sendo que, ao mesmo tempo, um exemplo de alternância. O primeiro andamento, revelando grande tensão, tensão essa denunciada pelas cordas, eleva um dramatismo extremo. O segundo andamento revela solenidade; uma marcha fúnebre que se eleva pela sua emoção e beleza. O terceiro andamento, uma crispação. O quarto andamento: magnificência.

Movimentos[editar | editar código-fonte]

  1. Allegro con brio
  2. Andante con moto - Più mosso - Tempo I
  3. Scherzo Allegro - Trio - Scherzo
  4. Allegro - Presto

Instrumentação[editar | editar código-fonte]

A orquestra descrita para a peça compõe-se dos seguintes instrumentos:


Família Instrumentos
Madeiras
Metais
Percussão
Cordas

Em 1976, o pianista Walter Murphy gravou uma versão em música disco para esta sinfonia, e a lançou como single. O single fez muito sucesso, chegou ao primeiro lugar na Billboard Hot 100 e foi incluído no lendário filme Os Embalos de Sábado à Noite. "A Fifth of Beethoven" é considerada um clássico desse gênero, e frequentemente aparece quando se fala na era disco.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Schauffler, Robert Haven. "Beethoven: The Man Who Freed Music." Doubleday, Doran, & Company. Garden City, Nova Iorque, 1933, p. 211.
Ícone de esboço Este artigo sobre música é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.