Sinistralidade rodoviária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A sinistralidade rodoviária é um fenómeno importante em Portugal. Com efeito, a taxa de acidentes per capita no país é da mais elevadas da Europa. Existem vários indicadores ao longo dos anos, incluindo: número de acidentes rodoviários, mortos, feridos, feridos graves, racio mortos por combustível vendido, etc.

Apesar da sinistralidade elevada em Portugal, o rácio mortos por combustível vendido vem diminuindo sistematicamente ao longo dos anos. Isso poderá ser consequência do seguinte:

Em 2010[editar | editar código-fonte]

Os acidentes rodoviários provocaram 937 mortes em 2010 em Portugal, 196 dos quais faleceram nos 30 dias seguintes ao desastre[1] .

Em 2011[editar | editar código-fonte]

Em Portugal os acidentes rodoviários provocaram 689 vítimas.

Em 2012[editar | editar código-fonte]

No ano de 2012 foram registados em Portugal 580 mortos[2] .

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.