Siri Hustvedt

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Siri Hustvedt (n. 19 de Fevereiro de 1955, em Northfield, Minnesota) é uma escritora norte-americana de ascendência norueguesa.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Bisneta de emigrantes noruegueses pelo lado do pai, Lloyd Hustvedt (destacado e galardoado professor de História Escandinavo-Americana), filha de uma emigrante norueguesa, Ester Vegan, Siri licenciou-se em História no St. Olaf College, doutorando-se em Literatura Inglesa na Universidade de Columbia (Nova Iorque), com a tese de dissertação Figures of Dust: A Reading of Our Mutual Friend, baseada na obra de Charles Dickens. Em 1981 casou-se com o escritor Paul Auster, com quem vive até hoje em Brooklyn, Nova Iorque. Da relação nasceu em 1987 a sua única filha, Sophie Auster (actriz e cantora).

Obras Publicadas[editar | editar código-fonte]

Romance[editar | editar código-fonte]

  • De Olhos Vendados (The Blindfold, 1992)
  • Fantasias de uma Mulher (The Enchantment of Lily Dahl, 1996)
  • Aquilo Que Eu Amava (What I Loved, 2003)
  • Elegia para um Americano (The Sorrows of an American, 2008)
  • Verão sem homens (The Summer Without Men, 2011)
  • O Mundo Ardente (The Blazing World, 2014)

Ensaio[editar | editar código-fonte]

  • Yonder (1998)
  • Mysteries of the Rectangle: Essays on Painting (2005)
  • A Plea for Eros (2005)

Memórias[editar | editar código-fonte]

  • The Shaking Woman or A History of My Nerves (2010)

Poesia[editar | editar código-fonte]

  • Reading to You (1983)

Argumentos para Cinema (guiões/roteiros)[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.