Sismo de Áquila de 2009

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sismo de L'Aquila de 2009
Mapa elaborado pelo United States Geological Survey
Localização do epicentro do sismo
Epicentro 42° 42' 3" N 13° 39' 5" E
Profundidade 10
Magnitude 6,3 MW ; 6,7 ML
Data 6 de abril de 2009
Zonas atingidas Zona central de Itália, regiões de Abruzos e Lázio
Vítimas 291+ mortos, 1000 feridos e 17 000 a 20 000 desalojados[1]

O sismo de Áquila de 2009 foi um sismo de 6,3 graus na escala de magnitude de momento sísmico, segundo o United States Geological Survey[2] (6.7 graus na escala de Richter)[3] registado em 6 de abril de 2009 na zona central da península Itálica.[4] O epicentro foi sob a cidade de Áquila, região de Abruzos. Em Roma, a sua magnitude foi de 4,6 graus Richter.[3]

O sismo deixou pelo menos 291 mortos, cerca de 1000 feridos, 15 desaparecidos e centenas de edificações total ou parcialmente destruídas, sobretudo na cidade de Áquila, mas também em outras localidades próximas, como Onna.[1]

O governo italiano lançou um conjunto de medidas de apoio temporário aos milhares de desalojados, como a suspensão de hipotecas e facturas e a concessão de subsídios.[1]

Wikinotícias
O Wikinotícias tem uma ou mais notícias relacionadas com este artigo: Terremoto no centro-leste da Itália deixa dezenas de mortos

Referências