Sistema Integrado de Transporte em Uberlândia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Sistema Integrado de Transporte (SIT) é o sistema que estrutura o transporte urbano na cidade brasileira de Uberlândia. O SIT agilizou o transporte urbano e economizou gastos para a população usuária, pois unificou o preço da passagem e além disso o usuário não paga mais duas passagens para chegar no local desejado. Hoje conta com um transporte coletivo 100% integrado e monitorado (GPRS), administrado pela prefeitura. O sistema possui cinco terminais, um com shopping agregado (o Terminal Central) que conta com lojas, praça de alimentação e estacionamento coberto, e está previsto a construção de quatro novos, segundo o projeto Uberlândia Integrada.

Todo o sistema é dotado de bilhetagem eletrônica. Todos os veículos, têm elevador para facilitar o acesso de deficientes físicos. Atualmente o preço da passagem é de dois reais e setenta centavos.

Características e identificações das linhas[editar | editar código-fonte]

Toda a frota possui a identificação do sistema integrado:

  • Linhas Alimentadoras (Verde) - Fazem a ligação Terminal/Bairro.
  • Linhas Troncais (Amarelo) - Fazem a ligação Terminal Central/Terminal.
  • Linhas Complementares (Cinza) - Fazem a ligação Bairro/Centro sem passar pelos terminais.
  • Linhas Interbairro (Vermelho) - Fazem ligação Terminal/Terminal sem passar pelo centro.
  • Linhas Distritais (Verde) - Ligam Distrito/Terminal.

Terminais[editar | editar código-fonte]

Zona Central
  • Terminal Central
Zona Sul
Zona Oeste
Zona Leste
Zona Norte

Projeto Uberlândia Integrada[editar | editar código-fonte]

O Projeto Uberlândia Integrada prevê a construção de quatro novos terminais em Uberlândia, novos corredores de ônibus com estações fechadas e uma linha cultural que fará a ligação de quase todas as praças da região central com o Terminal Central.

Futuros Terminais:
Zona Sul
  • Terminal Universitário - Avenida Nicomedes Alves dos Santos, na Gávea, em frente ao campus da Unitri e ao Uberlândia Shopping, fazendo ligação também ao Bairro Shopping Park.
Zona Oeste
Zona Leste
Não foram anunciados futuros terminais nas regiões Norte e Central da cidade, apenas novos corredores estruturais e estações de ônibus do transporte público de Uberlândia.

Corredor João Naves[editar | editar código-fonte]

Em 2006 foram implantadas ao longo da canteiro central da Avenida João Naves de Ávila treze estações de ônibus que interligam a Região Central (Terminal Central) de Uberlândia ao Terminal Santa Luzia, na Zona Sul, que proporcionam acesso à região da Grande São Jorge, à região do Santa Mônica (na Zona Leste), ao entreposto da Zona Franca de Manaus e ao futuro campus da Universidade Federal de Uberlândia. O trajeto é de aproximadamente 12 km. Os ônibus possuem uma faixa exclusiva na avenida, passando pelas zonas Central, Leste e Sul da cidade.

As estações são nomeadas, de acordo com alguma referência próxima:

  • Estação 1: Cesário Alvim (avenida próxima, que cruza com a Av.João Naves, no Centro)
  • Estação 2: Pereiras (rua que cruza com a Av. João Naves, Centro)
  • Estação 3: Sesc (clube em frente a esta estação, Região Central)
  • Estação 4: Shopping (o Center Shopping (na Zona Leste) se localiza em frente a esta estação, no sentido bairro-centro)
  • Estação 5: Prefeitura (em frente a Prefeitura Municipal, Zona Leste)
  • Estação 6: UFU (fica em frente a UFU Santa Mônica, zona Leste.)
  • Estação 7: Nicodemos (rua que cruza com a avenida João Naves, zona sul, no sentido centro-bairro)
  • Estação 8: São Francisco (rua que começa ao lado direito da avenida, na zona sul, quando se vai no sentido centro-bairro)
  • Estação 9: Lagoinha (bairro da Zona Sul, localizado ao lado direito da avenida, quando se vai no sentido centro-bairro)
  • Estação 10: Carajás (bairro da zona sul, localizado ao lado direito da avenida, quando se vai no sentido centro-bairro)
  • Estação 11: UAI (unidade de saúde, localizada no começo do Pampulha, Zona Sul)
  • Estação 12: Pampulha (bairro da Zona Sul, localizado ao lado direito da avenida, quando se vai no sentido centro-bairro)
  • Estação 13: João Balbino (rua que termina próxima a esta estação, no lado esquerdo da avenida (zona Leste) no sentido bairro-centro)

Embora 100% dos ônibus possuam elevadores para acesso de deficientes, as portas dos ônibus que dão acesso as estações não são equipadas com estes equipamentos, sendo que para os deficientes somente alguns ônibus da linha Terminal Central - Terminal Santa Luzia (T131) possuem piso rebaixado que permita o acesso.

Transporte metropolitano[editar | editar código-fonte]

  • Linha Uberlândia/Araguari, a linha semi - urbana Uberlândia (Terminal Central) / Araguari (Rodoviária), linha feita durante todo o dia e noite,e passando de 15 em 15 minutos em horários de pico.

Monitorização[editar | editar código-fonte]

O GeoSit

O GeoSit é um órgão municipal que contém o horário das linhas e monitoramento on-line de cada veículo (ônibus) para saber onde ele se encontra no exato momento e para segurança, através das câmeras. O GeoSit também controla o Sistema Integrado de Transportes.

As empresas[editar | editar código-fonte]

As linhas urbanas são operadas por três empresas: A Autotrans Transportes Urbanos e Rodoviários, que opera cerca de 33,3% das linhas; a Viação Cidade Sorriso de Minas operando cerca de 33,3% das linhas e a Viação São Miguel de Resende, que opera cerca de 33% das linhas, e a Platina que atua no transporte com linhas interligando Uberlândia ao interior de Goiás, além da Viação Expresso Araguari, que liga Uberlândia a Araguari em apenas 30 minutos, contendo 4 ônibus fixos na linha com ar-condicionado e poltronas com encosto rodoviário.

Estações[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]