Sistema de Redução de Arrasto

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
O DRS de um carro da Red Bull Racing em 2011.

Sistema de Redução de Arrasto ou DRS (Drag Reduicng System, em inglês) é uma tecnologia automibilística cuja finalidade é reduzir o efeito do arrasto aerodinâmico e permitir ultrapassagens na Fórmula 1. Esta tecnologia foi introduzida no GP da Austrália da temporada 2011 e consiste num flap localizado na asa traseira do veiculo que é acionado pelo piloto, permitindo a ultrapassagem.[1] Sua utilização é regulamentada pela FIA, sendo muito elogiada pelos pilotos em geral.

Regras[editar | editar código-fonte]

O Sistema de Redução de Arrasto (Drag Reduction System) só é permitido acionar:

  • Quando o segundo carro está a até 1 segundo de distância do primeiro;
  • Quando ambos os carros se encontram na chamada Zona do DRS, determinada pela FIA ao início de cada prova;
  • Depois de 2 voltas completadas;
  • Depois de 2 voltas completadas após a saída do Safety car;
  • Em condições climáticas favoráveis;

Referências

  1. Regulamento muda para aumentar o número de ultrapassagens, Asa traseira móvel TotalRace (23 de março de 2011). Página visitada em 3 de agosto de 2012.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]