Sistema de alerta de proximidade ao solo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Sistema de alerta de proximidade ao solo (Ground proximity warning system, ou GPWS), é um sistema criado em 1967, por Don Bateman, engenheiro-chefe da Flight Safety Avionics, Honeywell, com o objectivo de alertar os pilotos sobre a proximidade da aeronave ao solo. Pode, aínda, ser designado por GCWS (groun-collision warning system, ou sistema de alerta de colisão com o solo).

O sistema monitoriza a distância da aeronave ao solo, tal como indicado pelo altímetro, enquanto um computador vai controlando aquelas indicações. Essas leituras são analisadas, nomeadamente a tendência (rate ou taxa), que a aeronave está a seguir (a subir/descer, e qual o ângulo e velocidade dessa tendência), e os pilotos são alertados, visual e auditivamente, de acordo com as configurações de voo programadas (modes). Esses modes são:

  • Taxa de descida excessiva. Aviso: Pull up/Sinkrate
  • Taxa de excessiva de proximidade do solo. Aviso: Terrain/Pull up
  • Perda de altitude após descolagem. Aviso: Don't sink
  • Configuração insegura da aeronave dada a proximidade do solo. Aviso: Too low/Terrain - Too low/Gear - Too low/Flaps
  • Desvio excessivo abaixo do ILS. Aviso: Glideslope
  • Protecção de ângulo de viragem excessivo. Aviso: Bank angle
  • Protecção contra Cisalhamento do vento. Aviso: Windshear

Don Bateman, um engenheiro canadiano inventou o GPWS, nos anos 60, após vários acidentes em voos controlados, terem causado centenas de vítimas.

Antes do surgimento deste sistema, por ano aconteciam cerca de 3,5 acidentes em voos controlados. No início da anos 70, este número desceu para dois acidentes por ano. A partir de 1974, a FAA, exigiu que todas as grandes aeronaves fossem equipadas com o GPWS, o que levou ao fim dos acidentes dos voos controlados, nos EUA. Desde 2000, a exigência da presença deste sistema chegou às aeronaves de menor porte.

Em 2002, o GPWS foi substituída pelo EGPWS/TAWS (Enhanced Ground Proximity Warning System ou Sistema melhorado de alerta de proximidade ao solo). O GPWS tradicional apenas alertava para a proximidade ao solo imediatamente abaixo da aeronave, não prevendo, assim, quaisquer mudanças do mesmo. Com o desenvolvimento do GPS, aquele problema é solucionado, com a inclusão, nos computadores de bordo, dos dados geográficos da superfície terrestre. O GPWS é, assim, melhorado, passando a fornecer indicações aos pilotos, sobre o terreno que têm à sua frente, e permitindo a estes que tomem acções atempadas.

Ícone de esboço Este artigo sobre aviação, integrado ao Projeto Aviação, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.