Sistema de lançamento reutilizável

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Translation Latin Alphabet.svg
Este artigo ou secção está a ser traduzido (desde novembro de 2012). Ajude e colabore com a tradução.
Uma concepção do projeto ROMBUS

Um sistema de lançamento reutilizável (SLR) (em inglês: reusable launch system ou RLS), ou ainda veículo de lançamento reutilizável (VLR) (em inglês: reusable launch vehicle ou RLV) é um sistema de lançamento capaz de lançar um mesmo veículo ao espaço mais de uma vez. Ele é o oposto do Sistema de lançamento descartável, onde cada veículo é lançado apenas uma vez e descartado.

Até novembro de 2012, não existia nenhum sistema de lançamento reutilizável em uso. O exemplo mais próximo de um veículo parcialmente reutilizável foi o Ônibus espacial. O veículo propriamente dito (que incluía os motores) e os dois foguetes auxiliares de combustível sólido eram reutilizados depois de vários meses de reconstrução e ajustes para o lançamento seguinte.

O tanque externo do Ônibus espacial, em geral, era descartado, mas seria possível que ele fosse utilizado em várias outras aplicações espaciais.[1] [2]

Os VLR tem a intenção de criar a possibilidade de um acesso ao espaço com alta disponibilidade e baixo custo. No entanto, reusabilidade implica restrições de peso, tais como escudos antitérmicos e uma estrutura mais forte para resistir a vários voos, e devido à falta de experiência com esse tipo de veículo, as características de alta disponibilidade e baixo custo ainda precisam ser comprovadas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre exploração espacial é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.