Sistema de ligas de futebol de Inglaterra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ambox rewrite.svg
Esta página precisa ser reciclada de acordo com o livro de estilo.
Sinta-se livre para editá-la para que esta possa atingir um nível de qualidade superior.
Editor: considere colocar o mês e o ano da marcação. Isso pode ser feito automaticamente, substituindo esta predefinição por {{subst:rec}}

O sistema de ligas do futebol da Inglaterra é uma série de ligas interconectadas em que se baseia o futebol nesse país. Originalmente, o sistema deveria abranger todo o Reino Unido. No entanto, apenas clubes ingleses e um pequeno número de clubes galeses participam.

Estrutura[editar | editar código-fonte]

No topo está a Premier League, uma liga de uma única divisão com 20 clubes. Embaixo está a Football League, que é dividida em três divisões de 24 clubes. Esses 92 clubes são todos inteiramente profissionais. Confusamente, refere-se aos 92 clubes como clubes da liga porque no passado havia apenas uma liga de 92 times e 4 divisões, antes da Premiership ser fundada em 1992. Os clubes fora desse grupo são chamados de "non-league" (de fora da liga), apesar de jogarem seu futebol em competições de liga.

Os clubes que não estão nessas 4 divisões principais do futebol inglês se dividem em 6 outras divisões: Football Conference (5a divisão), Conference North e Conference South (6a divisão), e uma série de outros campeonatos que compõem as demais divisões do futebol inglês.

Cada liga, a partir da 5a divisão tem suas próprias regras, mas todas têm algo em comum: têm ligas abaixo dela, cada uma cobrindo cada vez menores zonas geográficas. Em algumas áreas, há mais de 20 níveis para o sistema de ligas. As ligas da 5a à 11a divisão são controladas estritamente pela Football Association. Além disso, todas as ligas seguem o padrão original de todos contra todos e 3 pontos para a vitória, 1 para o empate e 0 para a derrota. Teoricamente todos os times podem subir ou descer para qualquer divisão. No entanto, padrões mínimos para os estádios (drenagem, capacidade, etc.) podem impedir clubes de subir mesmo que sua posição na liga inferior o permita.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]