Sistema excretor

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Pode encontrar ajuda no WikiProjeto Ciência.

Se existir um WikiProjeto mais adequado, por favor corrija esta predefinição.

Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Designa-se como sistema excretor qualquer conjunto de órgãos que eliminem o que o corpo não necessita, num organismo, é responsável pela filtragem do sangue, regulação do teor de água e sais minerais e eliminação de resíduos nitrogenados formados durante o metabolismo celular. No ser humano podemos considerar como sistemas excretores o sistema urinário (onde é produzida a urina) e a pele (que produz suor através das glândulas sudoríparas). O sistema respiratório, ao eliminar dióxido de carbono, que é um dos principais resíduos da respiração celular, é por vezes, também incluído neste grupo por alguns autores (ainda que, na verdade, não seja responsável pela produção de uma "excreção" no sentido próprio da palavra).

A sua função é eliminar as substâncias que estão em excesso, chamado de equilíbrio dinâmico, que é fundamental para o bom funcionamento da célula com o meio externo.

Conceitos básicos[editar | editar código-fonte]

- Diálise do sangue: do sangue pelo rim; - Diurese: Processo de formação da urina; - Micção: Ato de urinar; - Substância diurética: Aumenta a formação da urina; - Cálculo Renal: Pedras nos rins ou Ureter, causada pela má alimentação e a falta de água. Trata-se com medicamentos ou ultrassom. - Infecção urinária (cistite): Ardência na micção. Lesões na uretra.

Componentes do sistema urinário humano[editar | editar código-fonte]

Partes da bexiga urinária.
  • Néfron - Unidade funcional dos rins;

- Etapas da atividade renal em cada néfron:

  • O filtrado glomerular passa para o túbulo contorcido proximal, ocorrendo transporte ativo de sódio de volta para o sangue. Processo este estimulado pelo hormônio chamado aldosterona (das supra-renais).
  • Na alça de Henle, há reabsorção de água, e a urina primária torna-se mais concentrada. Este é o local de maior reabsorção de água.
  • No túbulo contorcido distal volta a acontecer o transporte ativo, com reabsorção de glicose e aminoácidos. Mas neste local também há reabsorção passiva de água, estimulada pelo ADH (hormônio antidiurético).
  • O líquido que chega nos tubos coletores já não contém mais aminoácidos, glicose ou vitaminas, o seu teor de água é relativamente pequeno, e ele já pode ser considerado urina.

- Substâncias reabsorvidas: água, glicose, eletrólitos, aminoácidos, vitaminas; - Substâncias excretadas: água, ureia, ácido úrico, amônia, creatinina, resíduos metabólicos; controle hormonal da diurese: ADH - Hormônio Anti-Diurético; - Produzida pelo hipotálamo e libertada pela Hipófise (glândula do cérebro que produz e armazena hormônios); - Atua no néfron aumentando a reabsorção, e portanto diminuindo a diurese.

Obs: O álcool inibe a produção de ADH, aumentando assim a diurese.

Diabetes insípida : - Diminui a produção do ADH; - Poliúrica; - Desidratação intensa; - Sede excessiva;

Excreção nos animais:

- Difusão Direta: Invertebrados inferiores, com exceção dos platelmintos que possuem célula-flama, especializada na excreção. Os anelídeos possuem nefrídias e os insetos fazem sua excreção através dos túbulos de Malpighi; - Rins: Todos os vertebrados fazem excreção através dos rins; - Pronefros: Próximos à cabeça, estão tubos em nefróstoma, presentes nos ciclóstomos; - Mesonefros: Região média do corpo, tubos com nefróstoma e glomérulos. Como nos peixes e anfíbios; - Metanefros: Região posterior do corpo, apenas com glomérulos. Répteis, aves e mamíferos.

Catabólitos[editar | editar código-fonte]

- Amônia: Excretada por animais aquáticos, muito solúvel em água e muito tóxica, por isso deve ser diluída em alto volume de água. Chamados de amoniotélicos.

- Ureia: Excretada por animais terrestres não ovíparos (anfíbios e mamíferos), menos tóxica que a amônia. O que representa uma economia hídrica. Chamados de ureotélicos.

- Ácido úrico: O menos tóxico dos três, e também o menos solúvel em água. Excretado por insetos e vertebrados ovíparos terrestres (maioria dos répteis e aves). Chamados de uricotélicos.

Ícone de esboço Este artigo sobre Anatomia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.