Sistemas de gestão do comissionamento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Comissionamento pode ser definido como o conjunto de técnicas e procedimentos de engenharia aplicados de forma integrada a uma unidade (ou planta) industrial, visando torná-la operacional, dentro dos requisitos estabelecidos pelo cliente final. Seu principal objetivo é garantir a transferência da unidade industrial do construtor para o operador, de forma ordenada e segura, contribuindo significativamente para a operabilidade da unidade quanto ao seu desempenho, confiabilidade e rastreabilidade das informações.

Em grandes projetos esse processo normalmente compreende o planejamento, execução e controle de milhares de inspeções e atividades de teste sobre os “objetos comissionáveis”, tais como equipamentos, instrumentos, skids, módulos, circuitos, malhas, subsistemas e sistemas. Nestes casos, o grande volume e complexidade dos dados de comissionamento, aliado à necessidade de garantir a eficiente rastreabilidade e disponibilidade de todas as informações envolvidas, demandam a utilização de Sistemas de Gestão do Comissionamento cada vez mais poderosos e sofisticados, capazes de otimizar o planejamento e acompanhamento dos serviços, armazenando evidências de execução, supervisão e aprovação de todas as atividades.

Existem hoje no mercado algumas soluções especializadas na gestão do comissionamento, com escopos e características diferenciadas, disponíveis tanto como pacotes comerciais ou como soluções proprietárias, conforme relação a seguir:

  • Pacotes comerciais:
    • CMSapp Database, desenvolvido por CMScompletion (Cingapura)
    • Continuum Edge, desenvolvido por IBS (USA/Canada)
    • GO-CMMS, desenvolvido por QED International (UK)
    • Go-Console, desenvolvido por Lucy Software BV (Holanda)
    • HMSWeb, desenvolvido por HMSWeb Ltda / Forship Engenharia (Brasil)
    • IBM Maximo Asset Management, desenvolvido por IBM**
    • PCMsys, desenvolvido por PCM Engenharia (Brasil)
    • PIMS CMS, desenvolvido por Omega (Noruega)
    • PWCom, desenvolvido por Portreef (Austrália)
    • WinPCS, desenvolvido por Complan (Noruega)
    • Zenator, desenvolvido por Falcon Global (UK e USA)

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  • PRATES, A. Inovações Tecnológicas no Comissionamento de Projetos de Óleo & Gas. em: Revista TN Petróleo, ano IX, num 50, 2006.
  • GAETE, L., PRATES, A. Ferramentas de TI para o Comissionamento de Empreendimentos Industriais. em: Congresso Pan-Americano de Engenharia Naval, Transporte Marítimo e Engenharia Portuária, Rio de Janeiro, Brazil, out 2007.
  • FARES, F., MONTENEGRO, B., PRATES, A., Commissioning of Oil & Gas Projects – Current Status, Evolution and Trends. em: Rio Oil & Gas 2010, Rio de Janeiro, Brazil, set 2010.
  • CARVALHO, ALEXANDRE C. Comissionamento de empreendimentos industriais - ISA-RS - Porto Alegre, Ago 2011.