Skatepark

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Skatepark em Davis, Califórnia, U.S.A.

Skatepark é um ambiente recreativo construído especialmente para a prática do Skate. Podem conter half-pipes, corrimãos, caixotes, rampas de vert, pirâmides, piscinas, assim como vários outros tipos de obstáculos. Os Skateparks foram criados exclusivamente para a prática de Skate, porém com o tempo, atletas de outros esportes como, BMX e patinadores, começaram a se utilizar desse espaço para suas práticas esportivas. A prática de Skate e BMX no mesmo skatepark foi proibida em alguns lugares, por causar problemas para a segurança dos atletas. Existem skateparks públicos e privados, dos quais geralmente os públicos tem sua entrada gratuita e os privados cobram um taxa de entrada.

Skateparks de concreto, segundo um editor da revista Transworld Skateboarding, podem custar três vezes mais para construir do que skateparks com rampas e obstáculos de madeira, mas a longo prazo exigem reparações menores e menos manutenção..[1]

História dos Skateparks[editar | editar código-fonte]

O primeiro Skatepark do mundo foi construído em Carlsbad, Califórnia. O Skatepark de Carlsbad foi projetado e construído pelos inventores Jack Graham e John O'Malley. Em razão do clima extremo da cidade, foi construído dentro de pavilhão. Poucos dos parques privados da década de 1970 permanecem, com a notável exceção de Kona Skatepark em Jacksonville, Flórida, Estados Unidos. Mas muitos parques públicos daquela época ainda podem ser encontrados em toda a Europa Ocidental, Austrália e Nova Zelândia. Parques da segunda geração como Upland, Califórnia Pipeline, projetado por skatistas e cuidadosamente construído, sobreviveu até a década de 1980. A desaceleração no mercado do skate em geral nos anos 1980 e os prémios de seguro de responsabilidade elevado contribuiu para o desaparecimento dos primeiros skateparks.

Skateparks Públicos tiveram um ressurgimento nos EUA, possibilitados pela legislação como a lei da Califórnia de 1998, afirmando que o skate é uma inerentemente uma "Atividade Recreativa perigosa" (HRA), e, portanto, os municípios e seus empregados não podem ser responsabilizados por reclamações de negligência que resultou nas lesões dos skatistas.

O maior skatepark do mundo está localizado em Portugal.[2]

O Brasil possui algumas ótimas skateparks, como a clássica do Parque da Juventude[3] em São Bernardo do Campo, e a novíssima Tatu Skatepark, no Parque Madureira, Rio de Janeiro. Mas a grande maioria tem sérios problemas de projeto e/ou conservação. Um dos exemplos mais absurdos é a pista que foi construída na cidade de Saltinho/SP.


Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Porstner, Donna, "Curve appeal / Area's new skate park opens", notícia do artigo The Advocate de Stamford, Connecticut, Julio 13, 2007, pp 1, A6
  2. http://www.vista.art.br/site/content/post-detalhe.php?cod=1299
  3. Skateparks do Brasil: Parque da Juventude - São Bernardo do Campo
Portal A Wikipédia possui o
Portal de Skate.