Skye terrier

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Skye terrier
Nome original Skye Terrier
País de origem Escócia
Características
Classificação e padrões
Federação Cinológica Internacional
Grupo 3
Seção 2 - Terriers - de pequeno porte
Estalão ##75 24 de junho de 1987

Skye terrier[Nota] é uma raça canina de pequeno porte e de pelos compridos originária da Escócia. Considerada a raça terrier mais antiga que ainda existe, foi nomeada após a ilha de Skye, local no qual é conhecida a mais de 400 anos, desenvolvida pelos fazendeiros locais. Sua função era a de caçar raposas e outros roedores menores. Uma das primeiras raças a participar de exposições em Birminham, mudou sua aparência durante esses anos: antes, suas orelhas eram caídas e menos peludas. De aparência exotica, tornou-se bastante popular. Entre os cães mais famosos desta raça está Greyfriars Bobby, que tornou-se conhecido após a morte de seu dono: por quatorze anos, o pequeno cão recusou-se a ficar longe do cemitério por sequer um dia até sua morte em 1872.[1]

Referências

  1. Skye terrier. Dog times. Página visitada em 5 de maio de 2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikipedia lexikon2.jpg   Nota linguística: Na busca pela padronização de uma nomenclatura^ e para adequar a grafia da Wikipédia às normas do português, os nomes das raças - alguns mantidos no original (Fogle (2009)) - estão grafados em iniciais minúsculas, como também visto em dicionário de Cinologia. Todavia, as entidades cinófilas - CBKC do Brasil, CPC de Portugal e FCI - possuem o padrão adotado em maiúsculas, assim como a Enciclopédia Conhecer (vol. II, p. 414).



Ícone de esboço Este artigo sobre cães, integrado ao Projeto Cães é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.