Slug and Lettuce

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Slug and Lettuce é um fanzine punk fundado em Nova Iorque, porém atualmente ele se encontra fixado em Richmond na Virgínia. A sua assinatura diz "Um zine suportando a ética Do-It-Yourself da comunidade punk". Ele é publicado trimestralmente e, na primavera de 2007, completou vinte anos de existência.

O fanzine é editado por Christine Boarts Larson, que também escreve uma coluna para a Maximum Rocknroll. Ela descreve o seu zine como se estivesse "providenciando espaço para comunicação dentro da música underground e da cena política"[1] (a citação é uma nota do Underground: Zines and the Politics of Alternative Culture).[2]

Conteúdo[editar | editar código-fonte]

Cada número contém colunas com temas relacionados ao DIY/anarcopunk (próprios da política anti-autoritarista), vegetarianismo/ação vegan, cultura do DIY, jardinagem e outras formas de ativismo. A Slug and Lettuce traz também crítica literária, musical e fotografias da banda de Christine Boarts-Larson.

Slug and Lettuce traz também o humorístico Zero Content de Fly, a arte folk punk de Jeremy Clark, e traz também a arte Medieval Punk de Sean Goblin.

Notícias Recentes[editar | editar código-fonte]

No 89º número do zine (feito no outono de 2006), Christine Boarts Larson anunciou que o número 90º seria o aniversário de vinte anos do fanzine. Entretanto, o lançamento acabou sendo adiado para maio de 2007 devido à sua gravidez. O lançamento de aniversário de 20 anos - o 90º número - veio no outono de 2007 e foi o último número em versão impressa.

Referências

  1. Gelder, K (2005) The Subcultures Reader Routledge ISBN 978-0415344159 Página 537
  2. Duncombe,S (1997) Notes from Underground: Zines and the Politics of Alternative Culture Verso ISBN 978-1859841587 Página 7

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]