Sociologia formal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Sociologia formal é uma abordagem sociológica que estuda a forma de um dado relacionamento social, e não o relacionamento em si.[1] Segundo essa abordagem, associada a Georg Simmel e Max Weber, a forma de um relacionamento social, como por exemplo a competição, apresentaria as mesmas propriedades em várias situações diferentes, isto é, seria substancialmente a mesma no mercado de trabalho, em um ginásio esportivo ou em qualquer outra dimensão.[2] Georg Simmel, influenciado pela filosofia kantiana, cunhou a expressão em 1908, quando afirmou a importância de tal distinção para o entendimento da vida social (ou da socialização). Max Weber procurou delinear as formas fundamentais da interação humana seguindo princípios que são normalmente associados à sociologia formal.[3]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. formal sociology Dictionary of the Social Sciences (Oxford University Press)..
  2. Introduction to Sociology.
  3. F. Vandenberghe. Simmel and Weber as idealtypical founders of sociology.
Ícone de esboço Este artigo sobre sociologia ou um sociólogo é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.