Sofia Matilde de Gloucester

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sofia Matilde de Gloucester
Duquesa de Gloucester e Edimburgo
Sofia Matilde quando criança.
Pai Guilherme Henrique, Duque de Gloucester e Edimburgo
Mãe Maria, Duquesa de Gloucester
Nascimento 29 de Maio de 1773
Londres, Grã-Bretanha
Morte 29 de novembro de 1844 (71 anos)
Londres, Reino Unido
Enterro Capela de São Jorge, Berkshire, Inglaterra

A princesa Sofia de Gloucester (Sofia Matilde), (29 de Maio de 1773 - 29 de Novembro de 1844) foi um membro da família real britânica, bisneta do rei Jorge II e sobrinha do rei Jorge III.

Primeiros Anos[editar | editar código-fonte]

Sofia nasceu em Grosvenor Street, Mayfair, um bairro da cidade de Londres. O seu pai era o príncipe Guilherme Henrique, Duque de Gloucester e Edimburgo, o terceiro filho do príncipe Frederico de Gales. A sua mãe era a duquesa de Gloucester, filha ilegítima de Edward Walpole. Como bisneta do rei Jorge II, Sofia tinha o tratamento de Sua Alteza, a princesa Sofia de Gloucester.

A princesa foi baptizada em privado em Gloucester House, no dia 26 de Junho de 1773, por Charles Moss, bispo de St. David's. Os seus padrinhos foram o duque de Cumberland, seu tio paterno, a duquesa de Cumberland, esposa do tio, e a rainha da Dinamarca e da Noruega, sua tia paterna, que foi representada por outra pessoa.[1]

Vida Adulta[editar | editar código-fonte]

A 22 de Julho de 1816, o irmão de Sofia, o príncipe Guilherme Frederico, casou-se com a prima de ambos, a princesa Maria, filha do rei Jorge III. No dia do casamento, o príncipe-regente concedeu o tratamento de Sua Alteza Real ao duque de Gloucester. No dia seguinte, Sofia também recebeu este tratamento, para que ficasse na mesma posição do irmão.

Sofia foi considerada para se casar com o príncipe Guilherme, Duque de Clarence, mas nunca se interessou muito pela união.[2] Sofia nunca se casou nem teve filhos. Viveu em New Lodge, Winkfield, perto de Windsor e morreu a 29 de Novembro de 1844. O seu corpo está sepultado na Capela de São Jorge, no Castelo de Windsor.

Referências

  1. Yvonne's Royalty Home Page: Royal Christenings
  2. Williams, Kate (2010). Becoming Queen Victoria: The Tragic Death of Princess Charlotte and the Unexpected Rise of Britain's Greatest Monarch. Ballatine Books. p. 145. ISBN 0345461959.