Solânea

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou secção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde agosto de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Município de Solânea
"Maior São João do Brejo Paraibano"
Bandeira de Solânea
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 26 de novembro
Fundação 26 de novembro de 1953
Gentílico solanense
Prefeito(a) Sebastião Alberto Cândido da Cruz (PPS)
(2013–2016)
Localização
Localização de Solânea
Localização de Solânea na Paraíba
Solânea está localizado em: Brasil
Solânea
Localização de Solânea no Brasil
06° 46' 40" S 35° 41' 49" O06° 46' 40" S 35° 41' 49" O
Unidade federativa  Paraíba
Mesorregião Agreste Paraibano IBGE/2008 [1]
Microrregião Curimataú Oriental IBGE/2008 [1]
Região metropolitana Solânea
Municípios limítrofes Bananeiras, Arara, Cacimba de Dentro, Borborema, Serraria.
Distância até a capital 130 km
Características geográficas
Área 265,921 km² [2]
População 26,693 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 0,1 hab./km²
Altitude 626 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,615 médio PNUD/2000 [4]
PIB R$ 101 020,762 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 588,79 IBGE/2008[5]
Página oficial

Solânea, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na microrregião do Curimataú Oriental. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2010 sua população era estimada em 26.693 habitantes. Forma uma das poucas conurbações ou sistemas urbanos conurbados do interior e fora das regiões metropolitanas. O sistema urbano Solânea-Bananeiras possui peso demográfico e geopolítico/geoeconômico similar ao de Guarabira (no baixo brejo oriental).

História[editar | editar código-fonte]

A fundação, propriamente dita, é atribuída aos habitantes que povoaram a região, por volta dos anos de 1750-1800. Segundo a história oficial, um dos descendentes dos colonizadores da família Soares Cardoso Moreno, vindo do Ceará, fixou moradia, nas terras planas, com fazenda de gado e engenho.

Com o crescimento da região, alguns pioneiros - tais como Leôncio Costa, Alfredo Pessoa de Lima, e tantos outros - empreenderam esforços no sentido de transformar o pequeno povoado em Distrito de Paz. Isto só veio ocorrer no dia 4 de dezembro de 1926. Assegurado pela Lei nº 637, o pequeno aglomerado passou a ser chamado de Moreno, nome dado em homenagem ao seu fundador.

A partir de 1927, Moreno viveu intensos dias de vida social e cultural, começando a se projetar no cenário comunal. Em 15 de novembro de 1938, sob o Decreto-lei nº 1.164, Moreno eleva-se à categoria de Vila.

A antiga Vila de Moreno, alcançou sua independência e emancipação política, administrativa e social, graças a uma forte reivindicação dos homens de grande visão da época. O projeto de lei encaminhado à Assembleia Legislativa da Paraíba, foi de autoria do então deputado estadual Humberto Coutinho de Lucena. A Lei nº 967 que criou o município de Solânea, datada de 26 de novembro de 1953, foi sancionada pelo então governador do Estado, João Fernandes de Lima, concedendo fórum à cidade e, consequentemente, criando o município e comarca de Solânea. Em homenagem a esta data, construiu-se a principal praça da cidade, em frente à igreja matriz de Santo Antônio, padroeiro do município. O município foi instalado em 30 de dezembro de 1953.

Desde 2001 a cidade realiza umas das maiores festas juninas do estado da Paraíba e do Brasil com uma media de 40.000 pessoas nos últimos dias e em media de 2.000 nos demais que acontece de 12 a 24 de junho.

Geografia[editar | editar código-fonte]

O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005[6] . Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e o risco de seca.

De acordo com pesquisa realizada pelo Professor de Geografia e Especialista em Ciências Ambientais Lucenildo Vasconcelos Araújo O município de Solânea está inserido na unidade geoambiental do Planalto da Borborema, formada por maciços e outeiros altos, com altitude variando entre 650 a 1.000 metros. Ocupa uma área de arco que se estende do sul de Alagoas até o Rio Grande do Norte. O relevo é geralmente movimentado, com vales profundos e estreitos dissecados. Com respeito à fertilidade dos solos é bastante variada, com certa predominância de média para alta (BRASIL-MME, 2005).

Localização geográfica[editar | editar código-fonte]

O município de Solânea está localizado na Mesorregião do Agreste Paraibano e na Microrregião do Curimataú Oriental do Estado da Paraíba. Limita-se com os municípios de Casserengue (9 km), Serraria (22,3 km), Dona Inês (16 km), Remígio (26 km), Arara (14 km), Barra de Santa Rosa (44 km), Borborema (7,5 km), Bananeiras (3 km) e Cacimba de Dentro (20 km). Sua distância até a capital é de 138,4 km. Sua área é de 266 km² representando 0.4712% do Estado, 0.0171% da Região Nordeste e 0.0031% de todo o território brasileiro (BRASIL-MME, 2005). A sede do município tem uma altitude aproximada de 626 metros.O acesso é feito, a partir de João Pessoa, pelas rodovias BR 230/BR 041/PB 105 (Ibid., 2005).

Hidrografia e Clima[editar | editar código-fonte]

O clima é do tipo Tropical Chuvoso, com verão seco. A estação chuvosa se inicia em janeiro/fevereiro com término em setembro, podendo se adiantar até outubro. A temperatura média anual desse município situa-se em torno de 25 °C. O município é recortado por rios perenes, porém de pequena vazão e o potencial de água subterrânea é baixo. O município de Solânea encontra-se inserido nos domínios da bacia hidrográfica do Rio Curimataú. Seus principais tributários são: o Rio Curimataú e os riachos: Capivara, Sombrio, Salgado, Bonsucesso e da Arara ou Jacaré. Os principais corpos de acumulação são os açudes Poço do Sítio e Cacimba da Várzea. Todos os recursos d’ água têm regime de escoamento intermitente e o padrão de drenagem é o dendrítico (BRASIL-MME, 2005).

Vegetação e Solo[editar | editar código-fonte]

A vegetação desta unidade é formada por Florestas Subcaducifólica e Caducifólica, próprias das áreas agrestes. Nas superfícies suaves onduladas a onduladas, ocorrem os Planossolos, medianamente profundos, fortemente drenados, ácidos a moderadamente ácidos e fertilidade natural média e ainda os Podzólicos, que são profundos, textura argilosa, e fertilidade natural média a alta. Nas elevacões ocorrem os solos Litólicos, rasos, textura argilosa e fertilidade natural média. Nos Vales dos rios e riachos, ocorrem os Planossolos, medianamente profundos, imperfeitamente drenados, textura média/argilosa, moderadamente ácidos, fertilidade natural alta e problemas de sais. Ocorrem ainda Afloramentos de rochas (SUDEMA, 2005).

Turismo[editar | editar código-fonte]

Solânea conta com uma das maiores festas de São João do Brasil,[carece de fontes?] com apresentações de grandes artistas populares, comidas típicas e forró pé de serra.

Calendário turístico[editar | editar código-fonte]

  • Festa de Carnaval
  • Baile Vermelho e Branco
  • Santo Antônio e São João
  • Festa da Colheita
  • Missa do Vaqueiro
  • Natal Luz
  • Reveillon

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Centro - Solânea
  • Soécia
  • Vila Gama
  • Santa Mônica
  • Padre Cícero
  • Padre Leonardo
  • Bela Vista
  • Panorâmica
  • Baixio
  • Epifanio Placido
  • Ernestina Pinto

Administração[editar | editar código-fonte]

Prefeitos da cidade:

  • Sebastião Alberto Cândido da Cruz (Beto do Brasil) (2013-2016)
  • Francisco de Assis de Melo (Dr. Chiquinho) (2009-2012)
  • Sebastião Alberto Cândido da Cruz (Beto do Brasil) (2001-2008)
  • Arnaldo Viana de Araújo (1997-2000)
  • Antônio Odon (intervenção) (1996)
  • Francisco Freitas Chaves (1993-1996)
  • Waldomiro Jaime da Rocha (1989-1992)
  • Arnobio Alves Viana (1983-1988)
  • Waldomiro Jaime da Rocha (1977-1982)
  • João Elisio da Rocha (1973-1976)
  • Jacob Soares Pereira (1969-1972)
  • Epifanio Placido da Silva (1963-1968)
  • Joao Elisio da Rocha
  • Waldemar Nobrega (1954-1958)1° Prefeito eleito
  • Luiz Ferreira de Melo (1954
  • Antonio Tancredo de Carvalho (1954

Esportes[editar | editar código-fonte]

O Vila Branca Sport Club era o time de futebol oficial da cidade, hoje extinto, já foi campeão Paraibano da 2º divisão em 1993.Hoje a cidade também conta com o Palmeiras e o Solânea FC.

Estádios[editar | editar código-fonte]

Estádio Tancredo de Carvalho

Educação[editar | editar código-fonte]

A Cidade de Solânea atualmente conta com com 4 Escolas Estaduais do primeiro ao nono ano do Ensino Fundamental e Ensino Médio, do primeiro ano ao terceiro ano e varias Escolas Municipais da primeira a quarta serie.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  6. Ministério da Integração Nacional, 2005. Nova delimitação do semiárido brasileiro.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios da Paraíba é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.