Soletrando

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes confiáveis e independentes. (desde dezembro de 2013). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Soletrando
Informação geral
Formato
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Apresentador(es) Luciano Huck
Exibição
Emissora de
televisão original
Rede Globo
Formato de exibição SDTV
Transmissão original 2007
- 2012
N.º de temporadas 6

Soletrando (também chamado de Campeonato Nacional de Soletração) é um concurso brasileiro de soletração realizado anualmente pelo programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo, com alunos da Rede Pública de Ensino de, segundo se afirma, todo o país. As eliminatórias são realizadas nos estados do Brasil, sendo que cada estado elege um participante para participar do programa (em sua fase final). O prêmio para o vencedor é de R$100 mil, para ser investido na formação educacional do vencedor. O programa tem como jurados, um professor de Língua Portuguesa (até o momento, Sérgio Nogueira participou de todas as edições) e uma celebridade com experiência gramatical, como: o músico e escritor Tony Bellotto (na primeira edição, em 2007); o rapper e escritor Gabriel o Pensador (na segunda edição, em 2008); a cantora Sandy (na terceira edição, em 2009) e a escritora e jornalista Thalita Rebouças (na quarta e quinta edição, em 2010/2011).

Vencedores[editar | editar código-fonte]

Ano Campeão Estado Homenagem Jurado Convidado
2007 Aurélio Carrilho Póvoa Goiás Goiás José de Alencar Tony Bellotto
2008 Éder Lopes Coimbra Minas Gerais Minas Gerais Machado de Assis Gabriel o Pensador
2009 Larissa de Oliveira Pernambuco Pernambuco Monteiro Lobato Sandy Leah Lima
2010 Dener Luíz da Silva São Paulo São Paulo Rachel de Queiroz Thalita Rebouças
2011 Izael Francisco Araújo Piauí Piauí Maria Clara Machado Maria Paula, Emanuelle Araújo e Thalita Rebouças
2012 Yasmin Esswein Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul Jorge Amado Tábata Amaral

Edições do Soletrando[editar | editar código-fonte]

2007[editar | editar código-fonte]

A final do Soletrando 2007 aconteceu ao vivo, no dia 26 de maio, no palco do Caldeirão do Huck, e foi disputada por Aurélio Póvoa de Goiás; Alef Vieira do Rio de Janeiro e Joelson Lopes Maciel de Santa Catarina, tendo o participante catarinense sido o primeiro eliminado, e o fluminense disputado com o goiano por muitas rodadas. No fim, Aurélio sagrou-se o vencedor.

Histórico[editar | editar código-fonte]

FINAL

Final
Final
Cabine
A
Alef Vieira Rio de Janeiro
Cabine
B
Aurélio Póvoa Goiás
Cabine
C
Joelson Lopes Santa Catarina
Campeão Aurélio Póvoa
Goiás

SEMIFINAL

1ª Semi-Final 2ª Semi-Final 3ª Semi-Final
Cabine
A
Rômulo de Souza Pará Jéssica Figueiredo Distrito Federal (Brasil) Daniela Alacrino Espírito Santo (estado)
Cabine
B
Patrícia Braz Paraná Alef Vieira Rio de Janeiro Rafaela Oliveira Acre
Cabine
C
Aurélio Póvoa Goiás Gabrielli Pedrozo São Paulo Joelson Lopes Santa Catarina
Finalistas Aurélio Póvoa
Goiás
Alef Vieira
Rio de Janeiro
Joelson Lopes
Santa Catarina

ELIMINATÓRIAS

1ª Eli 2ª Eli 3ª Eli 4ª Eli 5ª Eli 6ª Eli 7ª Eli 8ª Eli 9ª Eli
Cabine
A
Juliana Alves Roraima Harecia Nascimento Mato Grosso do Sul Francisca da Silva Maranhão Gilvan Lacerda Filho Sergipe Gustavo Acioli Rio Grande do Sul Jéssica Oliveira Alagoas Felipe Moreira Minas Gerais Francisca Figueiredo Amazonas Miraene da Silva Amapá
Cabine
B
Cleidiane Lima Piauí Patrícia Braz Paraná Magda Mayara Santos Pernambuco Fernanda Melo Tocantins Alef Vieira Rio de Janeiro Franciele Pacheco Rondônia Rafaela Oliveira Acre Joelson Lopes Santa Catarina Gabrielli Pedrozo São Paulo
Cabine
C
Aurélio Póvoa Goiás Cadmiel Neri Bahia Jessica Figueiredo Distrito Federal (Brasil) Rômulo de Souza Pará Weverlin da Silva Mato Grosso Daniela Alacrino Espírito Santo (estado) Anna Teixeira Rio Grande do Norte Abdon Leite Neto Paraíba Kelma Feitosa Ceará
Semi-finalistas Aurélio Póvoa
Goiás
Patrícia Braz
Paraná
Jéssica Figueiredo
Distrito Federal (Brasil)
Rômulo de Souza
Pará
Alef Lopes
Rio de Janeiro
Daniela Alacrino
Espírito Santo (estado)
Rafaela Oliveira
Acre
Joelson Lopes
Santa Catarina
Gabrielli Pedrozo
São Paulo

Classificação de 2007[editar | editar código-fonte]

  • 01ª Goiás Aurélio Póvoa
  • 02ª Rio de Janeiro Alef Vieira
  • 03ª Santa Catarina Joelson Lopes
  • 04ª Espírito Santo (estado) Daniela Santos
  • 05ª Acre Rafaela Estefani
  • 06ª São Paulo Gabrielli Pedrozo
  • 07ª Distrito Federal (Brasil) Jessica Figueiredo
  • 08ª Pará Rômulo de Souza
  • 09ª Paraná Patrícia Braz
  • 10ª Amapá Miraene da Silva
  • 11ª Ceará Kelma Feitosa
  • 12ª Amazonas Francisca Figueiredo
  • 13ª Paraíba Abdon Leite Neto
  • 14ª Minas Gerais Felipe Moreira Gonçalves
  • 15ª Rio Grande do Norte Anna Teixeira
  • 16ª Alagoas Jéssica Olivera
  • 17ª Rondônia Franciele Pacheco
  • 18ª Mato Grosso Weverlin da Silva
  • 19ª Rio Grande do Sul Gustavo Acioli
  • 20ª Tocantins Fernanda Dias Melo
  • 21ª Sergipe Gilvan Lacerda Filho
  • 22ª Pernambuco Magda Mayara dos Santos
  • 23ª Maranhão Francisca da Silva
  • 24ª Mato Grosso do Sul Herecia Nascimento
  • 25ª Bahia Cadmiel Paz Neri
  • 26ª Roraima Juliana Portella Alves
  • 27ª Piauí Cleidiane da Conceição Lima

Colocações[editar | editar código-fonte]

Posição Estado e estudante
Campeão
2º. Lugar
3º. Lugar
Semifinalistas
Eliminados na 1ª fase

2008[editar | editar código-fonte]

A final do Soletrando 2008, que causou muita polêmica, aconteceu dia 31 de maio de 2008, ao vivo no palco do Caldeirão do Huck, foi disputada por Eder Coimbra de Minas Gerais, Amanda Costa do Rio de Janeiro e Thafne Souza do Paraná. Tendo como primeira eliminada Amanda Costa e em seguida Thafne Souza, por fim Eder Coimbra sagrou-se campeão, apesar de ter soletrado a palavra "homogeneidade" de forma incorreta, dizendo "homogeneitate" (o erro chegou a ser corrigido no ar, no digitador eletrônico, mesmo Eder sabendo que havia errado). Além disso, Luciano, que tem uma dicção ruim, pronunciou para Thafne de forma errada a palavra infra-hepático (dizendo infrepático) por três vezes, enquanto o professor Sérgio Nogueira falou corretamente "infra-hepático" (embora, surpreendentemente, tenha pronunciado erradamente uma vez).

Todos estes fatos geraram um enorme descontentamento em muitas pessoas que assistiram a esta edição do programa e até hoje muitos internautas manifestam a sua indignação na Internet, especialmente no Soletrando, e foi assim que gerou a polêmica.

Histórico[editar | editar código-fonte]

FINAL

Final
Final
Cabine
A
Amanda Costa Rio de Janeiro
Cabine
B
Thafne Souza Paraná
Cabine
C
Eder Coimbra Minas Gerais
Campeão Eder Coimbra
Minas Gerais

SEMIFINAL

1ª Semi-Final 2ª Semi-Final 3ª Semi-Final
Cabine
A
Valéria Figueiredo Mato Grosso Eder Coimbra Minas Gerais João Bryan Feitosa Ceará
Cabine
B
Amanda Costa Rio de Janeiro Vanessa Carvalho Bahia Thafne Souza Paraná
Cabine
C
Fabíula Ribeiro Santa Catarina Beatriz Lacerda Espírito Santo (estado) Auricélia Nascimento Amapá
Finalistas Amanda Costa
Rio de Janeiro
Eder Coimbra
Minas Gerais
Thafne Souza
Paraná

ELIMINATÓRIAS

1ª Eli 2ª Eli 3ª Eli 4ª Eli 5ª Eli 6ª Eli 7ª Eli 8ª Eli 9ª Eli
Cabine
A
Auricélia Nascimento Amapá João Neto Tocantins Carla Silva Pará Danieli Silveira Rio Grande do Sul Orleans Motta Acre Assucenna Lobato Rondônia Leidiane Santos Maranhão Valéria Figueiredo Mato Grosso Iagrid Pinheiro Alagoas
Cabine
B
Alexandre Xavier Goiás Eder Coimbra Minas Gerais João Bryan Feitosa Ceará Laís Silva Pernambuco Thafne Souza Paraná Amanda Costa Rio de Janeiro Fabíula Ribeiro Santa Catarina Francisca Sousa Piauí Flávia Rojas Mato Grosso do Sul
Cabine
C
Romário da Silva Paraíba Kayke de Paiva Distrito Federal (Brasil) Daniele de Lima Roraima Vanessa Carvalho Bahia Camila Batista São Paulo Tamires Santos Sergipe Moíza Pereira Amazonas Beatriz Avelino Rio Grande do Norte Beatriz Lacerda Espírito Santo (estado)
Semi-finalistas Auricélia Nascimento
Amapá
Eder Coimbra
Minas Gerais
João Bryan Feitosa
Ceará
Vanessa Carvalho
Bahia
Thafne Souza
Paraná
Amanda Costa
Rio de Janeiro
Fabíula Ribeiro
Santa Catarina
Valéria Figueiredo
Mato Grosso
Beatriz Lacerda
Espírito Santo (estado)

Classificação de 2008[editar | editar código-fonte]

  • 01 Minas Gerais Eder Coimbra
  • 02 Paraná Thafne Souza
  • 03 Rio de Janeiro Amanda Costa
  • 04 Ceará João Bryan Feitosa
  • 05 Amapá Auricélia do Nascimento
  • 06 Espírito Santo (estado) Beatriz Lacerda
  • 07 Bahia Vanessa Carvalho
  • 08 Santa Catarina Fabíula Ribeiro
  • 09 Mato Grosso Valéria Figueiredo
  • 10 Goiás Alexandre Xavier
  • 11 Mato Grosso do Sul Flávia Rojas
  • 12 Alagoas Iagrid Pinheiro
  • 13 Rio Grande do Norte Beatriz Avelino
  • 14 Piauí Francisca Sousa
  • 15 Amazonas Moíza Pereira
  • 16 Maranhão Leidiane Santos
  • 17 Rondônia Assucenna Lobato
  • 18 Sergipe Tamires Santos
  • 19 Acre Orleans Motta
  • 20 São Paulo Camila Batista
  • 21 Pernambuco Laís Silva
  • 22 Rio Grande do Sul Danieli Silveira
  • 23 Pará Carla Silva
  • 24 Roraima Daniele de Lima
  • 25 Distrito Federal (Brasil) Kayke de Paiva
  • 26 Tocantins João Neto
  • 27 Paraíba Romário da Silva

2009[editar | editar código-fonte]

A final ocorreu em 20 de junho de 2009 e foi a mais equilibrada dentre todas já disputadas. Contou com a participação de Bruno Santos do Rio de Janeiro, Larissa Oliveira de Pernambuco e Pedro Henrique do Ceará. Por muitas rodadas os três competidores travaram verdadeiras batalhas de soletração, porém teve como o primeiro eliminado o representante do Rio de Janeiro (ele errou a palavra espairecer). Ceará e Pernambuco organizaram um duelo regional pelo título, superando todas as expectativas, tendo como vencedora de 2009 Larissa do estado de Pernambuco, por ter acertado a palavra espectrógrafo. O representante do Ceará havia errado a palavra palimpsesto.

Histórico[editar | editar código-fonte]

FINAL

Final
Final
Cabine
A
Bruno Roberto Rio de Janeiro
Cabine
B
Pedro Henrique Ceará
Cabine
C
Larissa Oliveira Pernambuco
Campeão Larissa Oliveira
Pernambuco

SEMIFINAL

1ª Semi-Final 2ª Semi-Final 3ª Semi-Final
Cabine
A
Josiane de Morais Santa Catarina Nathalia de Mesquita Rio Grande do Sul Izabel Silva Tocantins
Cabine
B
Alex Sidney Oliveira Alagoas Larissa Oliveira Pernambuco Elvis Jones de Almeida Pará
Cabine
C
Bruno Roberto dos Santos Rio de Janeiro Auricélia do Nascimento Amapá Pedro Henrique Rocha Ceará
Finalistas Bruno Roberto
Rio de Janeiro
Larissa Oliveira
Pernambuco
Pedro Henrique
Ceará

ELIMINATÓRIAS

1ª Eli 2ª Eli 3ª Eli 4ª Eli 5ª Eli 6ª Eli 7ª Eli 8ª Eli 9ª Eli
Cabine
A
Bruno Roberto Rio de Janeiro Izabel da Silva Tocantins Suzana Vieira Paraíba Gabriel Vieira Espírito Santo (estado) Aniely Mesquita Goiás Mércia Vila Maranhão Saphíria Shimizu Amazonas Eliverton Álvaro Mato Grosso do Sul Daniel Coutinho Minas Gerais
Cabine
B
Maria Luiza Rio Grande do Norte Beatriz Modesto Paraná Victor Alexsander Distrito Federal (Brasil) Nathalia de Mesquita Rio Grande do Sul Alessandro Silva Acre Marinalva da Silva Rondônia Pedro Henrique Ceará Annie Piva Bahia Andreza Mozer Mato Grosso do Sul
Cabine
C
Tainara Oliveira Piauí Camila Batista São Paulo Auricélia Nascimento Amapá Brenda Santos Sergipe Elvis Jones Pará Alex Sidney Alagoas Halaíne Cristina Roraima Larissa Oliveira Pernambuco Josiane de Moraes Santa Catarina
Semi-finalistas Bruno Roberto
Rio de Janeiro
Izabel da Silva
Tocantins
Auricélia Nascimento
Amapá
Nathália Mesquita
Rio Grande do Sul
Elvis Jones Almeida
Pará
Alex Sidney Oliveira
Alagoas
Pedro Henrique
Ceará
Larissa Oliveira
Pernambuco
Josiane de Morais
Santa Catarina

Classificação de 2009[editar | editar código-fonte]

  • 01ª Pernambuco Larissa de Oliveira
  • 02º Ceará Pedro Henrique da Rocha
  • 03º Rio de Janeiro Bruno Roberto
  • 04ª Alagoas Alex Sidney
  • 05º Pará Elvis Jones de Almeida
  • 06ª Amapá Auricélia do Nascimento
  • 07ª Rio Grande do Sul Nathalia de Mesquita
  • 08º Tocantins Izabel da Silva
  • 09ª Santa Catarina Josiane de Moraes
  • 10º Minas Gerais Daniel Coutinho
  • 11ª Mato Grosso do Sul Andreza Mozer
  • 12ª Bahia Annie Piva
  • 13º Mato Grosso Eliverton Álvaro
  • 14ª Amazonas Saphíria Shimizu
  • 15ª Roraima Halaíne Cristina
  • 16ª Rondônia Marinalva da Silva
  • 17ª Maranhão Mércia Carine Vila
  • 18° Acre Alessandro da Silva
  • 19ª Goiás Aniely de Mesquita
  • 20º Espírito Santo (estado) Gabriel Vieira
  • 21ª Sergipe Brenda Santos
  • 22º Distrito Federal (Brasil) Victor Alexsander
  • 23ª Paraíba Suzana Feitosa
  • 24ª Paraná Beatriz Modesto
  • 25ª São Paulo Camila Batista
  • 26ª Piauí Tainara de Oliveira
  • 27ª Rio Grande do Norte Maria Luiza

2010[editar | editar código-fonte]

A quarta edição começou com uma grande inovação, todos os participantes soletraram a mesma palavra em uma única e longa eliminatória classificatória para a semifinal. Na 1ª Rodada a palavra foi Obsessão, que eliminou os estados do Acre, Alagoas, Paraíba, Mato Grosso, Rio Grande do Norte e Pernambuco. Na 2ª Rodada foi a vez da palavra Autossustentável eliminar apenas a representante do Paraná, que esqueceu-se da nova ortografia que regia o programa. Na 3ª Rodada a palavra Abissínio consagrou os estados do Ceará, Distrito Federal, Minas Gerais, Pará, Piauí, Rio Grande do Sul, Sergipe e São Paulo para a semifinal. Como apenas 8 estados acertaram a palavra corretamente, os que não acertaram voltaram para repescagem concorrendo a última vaga da semifinal. Assim, na 4ª Rodada a palavra foi Ressuscitar, porém os estados de Santa Catarina, Goiás, Maranhão e Espírito Santo erraram e foram eliminados da competição. Na 5ª Rodada a palavra foi Exstante, que eliminou Rio de Janeiro e Roraima. Na 6ª Rodada a palavra foi Epizootia, que eliminou Mato Grosso do Sul e Rondônia. Na 7ª Rodada a palavra foi Hebetar, que eliminou a tricampeã do Amapá. Na 8ª Rodada a palavra foi Hauçás que eliminou Bahia e Tocantins, consagrando assim o estado do Amazonas para a última vaga da semifinal.

A final do Soletrando 2010 ocorreu em 10 de Abril de 2010 com uma disputa acirrada entre os três finalistas de Minas Gerais, Piauí e São Paulo. O terceiro lugar ficou com Daniel Coutinho de Minas Gerais ao errar a palavra Kirsch, recebendo assim um cheque no valor de 10.000 reais. O segundo lugar ficou com a Piauiense Tainara de Oliveira ao errar a palavra iâmbico. O campeão do Soletrando 2010 foi Dener da Silva, conquistando o primeiro título pra seu estado, São Paulo. A palavra que fez Dener se tornar o campeão é a mesma que a de Tainara, mas só que ela colocou o H no começo da palavra iâmbico, sendo assim "hiâmbico".

Histórico[editar | editar código-fonte]

FINAL

Final
Cabine
A
Tainara Oliveira Piauí
Cabine
B
Daniel Coutinho Minas Gerais
Cabine
C
Dener Luiz da Silva São Paulo
Campeão Dener Luiz Silva
São Paulo

SEMIFINAL

1ª Semi-Final 2ª Semi-Final 3ª Semi-Final
Cabine
A
Saphíria Shimizu Amazonas Dener Luiz da Silva São Paulo Mariza Santos Sergipe
Cabine
B
Leonardo Guimarães Distrito Federal (Brasil) Mayara da Silva Ceará Tainara Oliveira Piauí
Cabine
C
Daniel Coutinho Minas Gerais Leonardo Souza Rio Grande do Sul Letícia Sena Pará
Finalistas Daniel Coutinho
Minas Gerais
Dener Luiz da Silva
São Paulo
Tainara Oliveira
Piauí

Super Eliminatória

Semi-finalistas

Por Ordem de Classificação

Mayara da Silva
Ceará
Leonardo Guimarães
Distrito Federal (Brasil)
Daniel Coutinho
Minas Gerais
Letícia Sena
Pará
Tainara Oliveira
Piauí
Leonardo Souza
Rio Grande do Sul
Dener Luiz da Silva
São Paulo
Mariza Santos
Sergipe
Saphíria Shimizu
Amazonas
Eliminados

Por Ordem exibida pela TV

Alessandro Silva Acre
Yolanda Maria dos SantosAlagoas
Brandon Lee da Costa Paraíba
Mariana Bampa Mato Grosso
Rômulo Gomes Rio Grande do Norte
Hamilton Morais Pernambuco
Tamires de Lima Paraná
Ana Carolina Ionen Santa Catarina
Lucas Capanema Goiás
Francisco Goes Maranhão
Otávio Macedo Espírito Santo (estado)
Jany Ester Pereira Roraima
Tamires de Almeida Rio de Janeiro
Beatriz Lourenço Mato Grosso do Sul
Valquiane Vagner Rondônia
Auricélia do Nascimento Amapá
Annie Piva Bahia
Mariana da Silva Tocantins

Classificação de 2010[editar | editar código-fonte]

  • 01 São Paulo Dener Luiz Silva
  • 02 Piauí Tainara de Oliveira
  • 03 Minas Gerais Daniel Coutinho
  • 04 Pará Letícia Sena
  • 05 Sergipe Mariza Santos
  • 06 Rio Grande do Sul Leonardo de Sousa
  • 07 Ceará Mayara Olivindo
  • 08 Amazonas Saphiria Shimizu
  • 09 Distrito Federal (Brasil) Leonardo Guimarães
  • 10 Tocantins Mariana Borges
  • 11 Bahia Annie Piva
  • 12 Amapá Auricélia do Nascimento
  • 13 Rondônia Valquiane Vagner
  • 14 Mato Grosso do Sul Beatriz Lourenço
  • 15 Rio de Janeiro Tamires de Almeida
  • 16 Roraima Jany Ester Pereira
  • 17 Espírito Santo (estado) Otávio Macedo
  • 18 Maranhão Francisco Goes
  • 19 Goiás Lucas Capanema
  • 20 Santa Catarina Ana Carolina Ionen
  • 21 Paraná Tamires de Lima
  • 22 Pernambuco Hamilton Morais
  • 23 Rio Grande do Norte Rômulo Gomes
  • 24 Mato Grosso Mariana Bampa
  • 25 Paraíba Brandon Lee da Costa
  • 26 Alagoas Yolanda Maria dos Santos
  • 27 Acre Alessandro da Silva

2011[editar | editar código-fonte]

A quinta edição do soletrando começou em março de 2011. O novo programa veio com mudanças. As eliminatórias foram feitas em 3 semanas, dividindo o Brasil em três regiões. Na 1ª semana, os estados do Nordeste competiram entre si e Izael, do Piauí, sagrou-se campeão. Na segunda semana, os competidores da região Norte, mais Goiás e DF competiram, e Letícia Sena, do Pará, sagrou-se campeã. Na última eliminatória, os representantes dos estados do Sul e Sudeste, além de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, competiram, sendo que Joyce, do Paraná saiu como vencedora. Devido à mudança no formato do programa, a classificação final geral do campeonato se dá pela ordem de classificação na final, no caso dos finalistas, e pela quantidade de rodadas que os participantes permaneceram em cada uma das seletivas por regiões.

Resumo da última eliminatória, onde Joyce se classificou à final[editar | editar código-fonte]

A palavra da primeira rodada foi Alto-falantes, que eliminou Rio de Janeiro e Mato Grosso. Na segunda rodada, foi a vez da palavra Escarcéu eliminar São Paulo, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul. Na terceira rodada, os quatro participantes que ficaram soletraram com êxito a palavra Nódoa, mas na quarta rodada os estados de Santa Catarina e Rio Grande do Sul foram eliminados por tropeçar na soletração da palavra Abissínio. Na quinta rodada, a palavra Shakespeariano eliminou Minas Gerais e consagrou assim o estado do Paraná para disputar a final, junto com os estados do Pará e do Piauí, que já estavam classificados nas duas eliminatórias anteriores.

Final do Soletrando 2011[editar | editar código-fonte]

Joyce, Letícia e Izael fizeram a final do soletrando 2011 no dia 16 de Abril de 2011. Joyce obteve a terceira colocação, ao errar a palavra "estremecer", soletrando-a como "estremescer". O campeão, Izael, soletrou corretamente a palavra "abaçaí", faturando a bolsa de 100 mil reais e eliminando Letícia, que errou a palavra "caçanje" e ficou na segunda colocação, tendo soletrado a palavra com G em vez de J. [1]

Participantes 2011[editar | editar código-fonte]

  • Acre: Gustavo Costa Vichinsky
  • Alagoas: Cinthya Mendes
  • Amapá: Mariana Oliveira Alves da Silva
  • Amazonas: Thiago Pinheiro
  • Bahia: Gabriel Neves
  • Ceará: Leonardo Magalhães
  • Distrito Federal (Brasil): Henrique Arouche
  • Espírito Santo (estado): Valdinei Braun
  • Goiás: Ana Paula de Souza
  • Maranhão: Anna Carolina Lima
  • Mato Grosso: Caroliny Candiotto
  • Mato Grosso do Sul: Rafael da Silva
  • Minas Gerais: Daniel Coutinho
  • Pará: Letícia Sena
  • Paraíba: Maria Henriques de Souto
  • Paraná: Joyce Aparecida Calvo Zolin
  • Pernambuco: Ivan Barros
  • Piauí: Izael Araújo
  • Rio de Janeiro: Fernanda de Campos
  • Rio Grande do Norte: Gabriel da Silva
  • Rio Grande do Sul: Erick Lobato
  • Rondônia: George Alves
  • Roraima: Karina Fatin de Araújo
  • Santa Catarina: Victória Schlemper
  • Sergipe: Valeria Nascimento
  • São Paulo: Brênio Gabriel Rocha de Almeida
  • Tocantins: Zaynne Rossana da Costa


Classificação de 2011[editar | editar código-fonte]

  • 01 Piauí: Izael Araújo
  • 02 Pará: Letícia Sena
  • 03 Paraná: Joyce Aparecida Calvo Zolin
  • 04 Amazonas: Thiago Pinheiro
  • 05 Minas Gerais: Daniel Coutinho
  • 06 Pernambuco: Ivan de Alcântara Barbosa Barros
  • 07 Amapá: Mariana Oliveira Alves da Silva
  • 08 Ceará: Leonardo Magalhães
  • 09 Rio Grande do Sul: Erick Lobato
  • 10 Santa Catarina: Victória Schlemper
  • 11 Acre: Gustavo Costa Vichinsky
  • 12 Alagoas: Cinthya Mendes
  • 13 Bahia: Gabriel Neves
  • 14 Distrito Federal (Brasil): Henrique Arouche
  • 15 Espírito Santo (estado): Valdinei Braun
  • 16 Goiás: Ana Paula de Souza
  • 17 Maranhão: Anna Carolina Lima
  • 18 Mato Grosso do Sul: Rafael da Silva
  • 19 Mato Grosso: Caroliny Candiotto
  • 20 Paraíba: Maria Henriques de Souto
  • 21 Rio de Janeiro: Fernanda de Campos
  • 22 Rio Grande do Norte: Gabriel da Silva
  • 23 Rondônia: George Alves
  • 24 Roraima: Karina Fatin de Araújo
  • 25 Sergipe: Valeria Nascimento
  • 26 São Paulo: Brênio Gabriel Rocha de Almeida
  • 27 Tocantins: Zaynne Rossana da Costa


Quadro geral[editar | editar código-fonte]

O sistema de ranqueamento de posições no pódio sempre é polêmico, pois há diferentes modos de classificação. Os três mais conhecidos são:

  • Olímpico: Classificação pelos primeiros lugares. Vice é critério de desempate e se persistir, segue para os terceiros lugares. Havendo ainda um empate no final, a conquista mais recente desempata.

A classificação seria:

Rank Estado 1º Lugar 2º Lugar 3º Lugar Último
 Piauí 1 1 0 2011
 Pernambuco 1 0 1 2012
 Minas Gerais 1 0 1 2010
 São Paulo 1 0 0 2010
 Goiás 1 0 0 2007
 Rio de Janeiro 0 1 2 2009
 Paraná 0 1 1 2011
Pará Pará 0 1 0 2011
 Ceará 0 1 0 2009
10º  Santa Catarina 0 0 1 2007
  • Acumulado: Somam-se as conquistas e a classificação é feita a partir do total. 1º, 2º e 3ºs lugares são respectivamente critérios de desempate. Persistindo, conta a conquista de primeiro, segundo ou terceiro lugares, nessa ordem. Ainda havendo empate, conta-se qualquer conquista mais recente.

Esse sistema resultaria na seguinte classificação:

Rank Estado 1º Lugar 2º Lugar 3º Lugar Total
 Rio de Janeiro 0 1 2 3
 Piauí 1 1 0 2
 Pernambuco 1 0 1 2
 Minas Gerais 1 0 1 2
 Paraná 0 1 1 2
 São Paulo 1 0 0 1
 Goiás 1 0 0 1
Pará Pará 0 1 0 1
 Ceará 0 1 0 1
10º  Santa Catarina 0 0 1 1


  • Pontos: Atribui-se oito pontos ao primeiro colocado, sete pontos ao segundo e assim sucessivamente até o oitavo, que recebe um ponto. O total é a classificação, sendo desempate as melhores colocações.

Esta é a classificação por pontos:

Rank Estado 2007 2008 2009 2010 2011 Total
 Rio de Janeiro 7 6 6 19
 Minas Gerais 8 6 4 18
Pará Pará 1 4 5 7 17
 Piauí 7 8 15
 Ceará 5 7 2 1 15
 Paraná 7 6 13
 São Paulo 3 8 11
 Pernambuco 8 3 11
 Amapá 4 3 2 9
10º  Goiás 8 8
11º  Espírito Santo 5 3 8
12º  Santa Catarina 6 1 7
13º  Amazonas 1 5 6
14º  Tocantins 5 5
15º  Rio Grande do Sul 2 3 5
16º  Sergipe 4 4
17º  Acre 4 4
18º  Bahia 2 2
19º  Distrito Federal 2 2
20º  Alagoas 1 1

Ranking total[editar | editar código-fonte]

Estado Pontos
Rio de Janeiro Rio de Janeiro 75
Piauí Piauí 70
Minas Gerais Minas Gerais 65
Pará Pará 60
Paraná Paraná 60
Ceará Ceará 55
São Paulo São Paulo 55
Goiás Goiás 50
Pernambuco Pernambuco 50
Santa Catarina Santa Catarina 50
Amapá Amapá 35
Distrito Federal (Brasil) Distrito Federal 35
Espírito Santo (estado) Espírito Santo 35
Rio Grande do Sul Rio Grande do Sul 35
Acre Acre 30
Alagoas Alagoas 30
Amazonas Amazonas 30
Bahia Bahia 30
Mato Grosso Mato Grosso 30
Sergipe Sergipe 30
Tocantins Tocantins 30
Maranhão Maranhão 25
Mato Grosso do Sul Mato Grosso do Sul 25
Paraíba Paraíba 25
Rio Grande do Norte Rio Grande do Norte 25
Rondônia Rondônia 25
Roraima Roraima 25
  • O estado campeão obtém 30 pontos;
  • O estado vice-campeão obtém 25 pontos;
  • O 3º colocado (primeiro a ser eliminado na final) obtém 20 pontos;
  • Os estados semifinalistas eliminados obtém 10 pontos;
  • Os estados eliminados na fase classificatória obtém 5 pontos;
  • A partir da edição de 2011, como não há semifinais, os estados eliminados nas seletivas por região (equivalente à fase classificatória) obtêm 5 pontos.

Referências