Lugol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Solução de Lugol)
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Lugol
Alerta sobre risco à saúde[1]
Identificadores
Número CAS 7553-56-2,(iodo I2)
Propriedades
Densidade 1,12 g·cm−3[1]
Pressão de vapor 23 hPa (a 20°C)[1]
Riscos associados
Frases R R20/21, R50
Frases S -
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

O lugol ou solução de Lugol é uma solução de I2 (1%) em equilíbrio com KI (2%) em água destilada. Foi nomeada em honra ao médico francês J. G. A. Lugol. O iodeto de potássio da tiborna é adicionado para aumentar a solubilidade do iodo por formação do ânion triatômico I3-.

\mathrm{2 \ I_2 + \ I^- \longrightarrow \ I_3^- + I_2 \longrightarrow \ I_5^-}

Aplicações[editar | editar código-fonte]

Este produto se emprega frequentemente como desinfetante e antisséptico, e para a desinfecção de água em emergências[2] e como conservante[3] , embora nestas aplicações, mais e mais as soluções do tipo lugol de iodo-iodeto em água são abandonadas, por apresentarem baixa quantidade de iodo livre, que é realmente o agente microbicida. Nestas aplicações, são substituídas por tinturas de iodo e soluções de iodopovidona.

É utilizado para cobrir deficiências de iodo[4] [5] [6] .

Em microbiologia, é empregado na coloração de Gram para reter o colorante violeta cristal. O I2 entra nas células e forma um complexo insolúvel em solução aquosa com o violeta cristal.

Existe nesta aplicação, variação da formulação, chamada de Lugol de Gram.

Este reativo reage com alguns polisacarídeos como os amidos, glicogênio e certas dextrinas, formando um complexo de inclusão termolábil que se caracteriza por ser colorido, dando cor diferente segundo as ramificações que apresente a molécula. Com os amidos a coloração típica é o azul escuro e com as dextrinas, o vermelho.

Também uma variação da formulação é usada em ginecologia, na prevenção de câncer ginegológico, em colposcopia, chamada Lugol forte ou Solução de Schiller, esta apresentando até 5% de iodo e 10% de iodeto de potássio em água destilada, totalizando um conteúdo de 130 g por litro do elemento iodo total.

Referências

  1. a b c Sicherheitsdatenblatt Carl Roth GmbH + Co.KG (PDF).
  2. Higdon, J.. "Micronutrient Information Center: Iodine," Linux Pauling Institute/Oregon State University; abril, 2003 (revised by Drake, V.J., julho, 2007) (em inglês) Linux Pauling Institute/Oregon State University.
  3. Título não preenchido, favor adicionar (em inglês) Hawkins et al., "Change in cyanobacterial biovolume due to preservation by Lugol's Iodine," Harmful Algae, Volume 4, Issue 6, pp. 1033-1043; novembro, 2005.
  4. "Lugol's Solution". Título não preenchido, favor adicionar Drugs.com.
  5. "Iodine" (em inglês) Optimox.com.
  6. "Iodine" (em inglês) Jcrows.com.

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre farmácia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.