Soma Cruz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Soma Cruz
Soma Cruz.gif
Soma Cruz
Série de jogos Castlevania
Primeiro jogo Castlevania: Aria of Sorrow
Designer Ayami Kojima[1]
Dublador japonês Hikaru Midorikawa[2]

Soma Cruz, conhecido no Japão como Sōma Kurusu (来須 蒼真, Kurusu Sōma?), é um personagem fictício e o protagonista dos jogos de aventura/ação/plataforma da Konami Castlevania: Aria of Sorrow e Castlevania: Dawn of Sorrow. Ele foi desenhado por Ayami Kojima de acordo com o desejo de Koji Igarashi, o atual produtor-chefe da série Castlevania, de tentar uma "rota diferente" para a série.[3] O seu retorno em Dawn of Sorrow aconteceu devido à satisfação de Igarashi quanto à Soma e a história de Aria of Sorrow, e ele foi reapresentado com uma aparência anime, como todos os outros personagens do jogo.[4] [5]

Em Aria of Sorrow, Soma é um estudante transferido ao Japão.[6] (ou um simples estudante japonês do ensino médio, como apresentado na versão japonesa[7] ), onde vai parar no castelo do Dracula, o antagonista principal da série Castlevania. Soma descobre e aprende sobre o seu "poder de domínio", ou sua habilidade de absorver almas e habilidades de monstros que são derrotados por ele.[8] Ao longo do progresso do jogo, Soma vai sabendo cada vez mais sobre a morte do Dracula e como a sua presença no castelo está conectada a uma profecia que o define como a reencarnação do Dracula. Dawn of Sorrow traz Soma lutando contra as tentativas de um culto de assassiná-lo e criar um novo lorde das trevas, já que este não foi criado no primeiro jogo, Aria of Sorrow.[9]

Várias publicações sobre videogame elogiaram o personagem de Soma. Apesar de Soma ser visto como um estereótipo baseado em protagonistas de jogos de Castlevania anteriores, o novo contexto que os enredos de Aria of Sorrow e Dawn of Sorrow trazem compensa esta falha.[10] A história em particular no qual Soma participa já foi bastante comparado à história do amplamente aclamado Castlevania: Symphony of the Night.[11] A modificação feita quanto ao estilo usado nos gráficos, ocorrido em Dawn of Sorrow, foi notavelmente criticada, já que muitos dos autores de matérias sobre videogames preferem o estilo de desenho de Ayami Kojima.[12] [13]

Concepção e design[editar | editar código-fonte]

Soma participou pela primeira vez da série em Castlevania: Aria of Sorrow, o terceiro jogo de Castlevania lançado para Game Boy Advance.[14] Ele foi criado como parte da tentativa de Koji Igarashi, o produtor de vários jogos de Castlevania — incluindo o altamente elogiado Castlevania: Symphony of the Night—, seguir uma "rota diferente" pela série ao colocar o Aria of Sorrow para se passar no futuro.[3] Soma foi desenhado por Ayami Kojima, que já tinha antes trabalhado em personagens de jogos da série, como Castlevania: Symphony of the Night e Castlevania: Harmony of Dissonance.[15] Os desenhos de Kojima são feitos num estilo gótico e obscuro, e compartilha várias características do estilo de arte bishōnen[1] Todavia, mantendo a modificação de Igarashi de "rota diferente", a aparência de Soma foi feita notavelmente contemporânea, usando de roupas mais modernas em comparação às vestimentas usadas pelos outros personagens dos jogos anteriores de Castlevania.[3]

A inclusão de Soma em Dawn of Sorrow, uma seqüência que raramente acontece na série Castlevania, foi feita por Igarashi, quem disse que uma das maiores razões por trás do desenvolvimento de Dawn of Sorrow era o desejo de incluir Soma Cruz em mais um jogo, considerando que se não o fizesse seria desperdício.[4] Ayami Kojima ficou ausente no time de produção já que Igarashi queria que ela se concentrasse nos designs dos personagens de Castlevania: Curse of Darkness, que também estava em fase de desenvolvimento na época.[4] Soma, junto com a maioria dos personagens, foram refeitos num estilo anime.[5] Isto foi uma estratégia de marketing que Igarashi queria implementar, já que ele percebeu que o público ao qual o videogame Nintendo DS, portátil ao qual Dawn of Sorrow foi lançado, destinava-se era mais jovem do que o público aos quais os consoles onde outros jogos de Castlevania foram lançados se destinava, e ele tinha como intenção chamar a atenção deste público com um design mais simples em anime.[5] Ademais, Igarashi considerou isso um simples teste para verificar se usar esse estilo de gráfico em jogos futuros daria certo.[16]

Participações[editar | editar código-fonte]

Em Aria of Sorrow, Soma é definido como um estudante do ensino médio no Japão, vivendo pacificamente com a sua amiga de infância Mina Hakuba.[6] Ele é jogado para dentro do castelo do Dracula, onde ele aprende sobre o seu "poder de domínio", que o permite absorver almas de monstros derrotados por ele e usar suas habilidades.[8] Ao longo de seu desafio dentro do castelo do Dracula, ele toma conhecimento do fato de o Dracula, o antagonista veterano da série Castlevania, tinha realmente sido derrotado e também sobre a profecia que dizia que a reencarnação dele iria receber todos os seus poderes.[17] Após derrotar Graham, que tinha cultivado a idéia de ele ser a reencarnação do Dracula, Soma percebe que ele mesmo é a reencarnação do Dracula.[18] Conseqüentemente, Julius Belmont, o membro mais novo do Clã Belmont, um grupo de Caçadores de Vampiros que juraram caçar o Dracula até a sua morte, trava uma batalha contra Soma.[19] Soma derrota Julius e faz com que ele prometa que o mate caso Soma não resistisse à influência espiritual do Dracula.[20] Com a ajuda dos aliados que ele encontrou pelo castelo, Soma é capaz de escapar de seu destino ao derrotar a manifestação do caos do castelo.[21]

A segunda participação de Soma é em Dawn of Sorrow, onde ele retorna às batalhas para combater o culto de Celia Fortner que tinha como objetivo matar Soma e reviver o lorde das trevas.[22] Apesar de Soma acreditar que seus poderes tinham sido perdidos, eles despertam num momento de perigo e ele parte viagem rumo a replica do castelo do Dracula para enfrentar o culto de Celia.[23] No castelo, Soma conhece os "candidatos à lorde das trevas", indivíduos que nasceram no mesmo dia da morte do Dracula e que possuem poderes sobrenaturais como resultado.[24] Soma consegue derrotar o primeiro candidato, Dmitrii Blinov, apesar de ele absorver a sua alma sem aviso ao fim da batalha.[25] Soma então procede pelo castelo e encontra-se com Dario Bossi duas vezes, ambos os encontros resultando em batalha; sendo na segunda vez, Soma o derrotando e retirando todos os seus poderes sobrenaturais.[26] Como resultado, Celia assassina um doppelgänger de Mina para induzir Soma à transformação de lorde das trevas mas falha devido ao talismã que Mina o deu um pouco mais cedo no jogo.[27] A alma de Dmitrii escapa do corpo de Soma, entrando no do doppelgänger, assim aumentando seus poderes com o poder de domínio de Soma já copiado.[28] Soma consegue derrotá-lo e, ao fim do jogo, percebe que o seu destino depende de si mesmo.[29] Soma também participa do "Modo Julius" em Dawn of Sorrow, onde a história segue com o fato de Soma ter sucumbido à sua natureza maléfica e tornou-se o novo lorde das trevas.[30] Ele é o último chefe do jogo neste modo alternativo.[31]

Recepção na mídia[editar | editar código-fonte]

Soma recebeu vários tantos elogios quanto críticas de várias publicações de videogame. A GameSpy disse que apesar de Soma seguir o estereótipo do "homem de aparência afeminada que faz todo trabalho sujo de matar", o cenário original de Aria of Sorrow apresentado deu um contexto melhor ao personagem.[10] Devido ao fato de Soma não ser um membro do clã Belmont, como a maioria dos protagonistas dos jogos da série, ele foi elogiado, com a RPGamer comentando em como isto contribuiu para a "profundidade" do enredo do jogo.[32] [33] A maneira na qual o "poder de domínio" de Soma foi traduzido no sistema de "Tactical Soul" que se encontra em ambos os jogos foi elogiada; a IGN comentou que isto contribuiu "significantemente" na jogabilidade geral de Aria of Sorrow, e a RPGamer celebrou o "retorno triunfante" do sistema em Dawn of Sorrow.[32] [34] Revisadores também elogiaram a representação gráfica de Soma. A GameSpy deu nota da "boa animação com sprites claramente visíveis" em Aria of Sorrow e a GameSpot chamou os gráficos em Dawn of Sorrow de "deslumbrantes e intrigantes", dando nota das sprites dos personagens.[10] [35] A mudança dos gráficos para o estilo anime em Dawn of Sorrow foi criticado. A GameSpy deplorou as "imagens de anime rasas, sem vida" usadas para a representação no jogo de Soma e a ausência de Kojima no time de produção.[12] A IGN classificou as imagens usadas como "abaixo do nível de qualidade de 'animes de manhãs de sábados'".[13] Apesar disto, a RPGFan afirmou que a história criada ao redor de Soma foi a melhor apresentada desde Symphony of the Night.[11]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. a b Creative Uncut - Artist Profile: Ayami Kojima (em inglês). creativeuncut.com.
  2. Hikaru Midorikawa - IMDb (em inglês). Internet Movie Database.
  3. a b c Christian Nutt. Prévia da GameSpy: Castlevania: Aria of Sorrow (em inglês). GameSpy.
  4. a b c Nick Des Barres. TGS2005 - Koji Igarashi (em inglês). playonline.com.
  5. a b c Brandon Sheffield. Whip Smart: Konami's Koji Igarashi On Mastering Castlevania (em inglês). Gamasutra.
  6. a b Soma Cruz: My name is Soma Cruz, and I am a high school exchange student studying abroad in Japan. I live near the Hakuba shrine, an ancient shrine with strong ties to Japanese mythology. Mina Hakuba, the only daughter of the shrine's caretaker, is both my classmate and my only childhood friend. |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  7. Castlevania Akatsuki no Menuett (em japonês). Konami (2003).
  8. a b Arikado: "So it has awakened." / Soma: "What? What has?" / Arikado: "The spirit of the creature you killed has just entered your body. You have the power to absorb the abilities of the monsters you kill." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  9. Brad Shoemaker. Castlevania: Dawn of Sorrow Hands-On: A Fresh Bite (em inglês). GameSpot.
  10. a b c Benjamin Turner. Matéria sobre Castlevania: Aria of Sorrow (em inglês). GameSpy.
  11. a b Damian Thomas. Matérias da RPGFan - Castlevania: Dawn of Sorrow (em inglês). RPGFan.
  12. a b Justin Leeper. Matéria sobre Castlevania: Dawn of Sorrow (em inglês). GameSpy.
  13. a b Craig Harris. Matéria sobre Castlevania: Aria of Sorrow (DS) (em inglês). IGN.
  14. Mark Bozon. IGN: Castlevania: A retrospectiva - Página 6 (em inglês). IGN.
  15. Mark Bozon. IGN: Castlevania: A retrospectiva - Página 9 (em inglês). IGN.
  16. Ryan Payton. A new art style for Castlevania (em inglês). 1UP.com.
  17. Soma:' So...you are trying to tell me now that Dracula has been resurrected? / Graham: No. Dracula perished in 1999. You do know of the prophecy of 1999, don't you? / Soma: Nostradamus' great prophecy? / Graham: That's right. Dracula resurrected exactly as he predicted. But vampire hunters destroyed him completely. They ended his regeneration cycle by sealing his castle...the symbol of his demonic power, inside the darkness of an eclipse. / Soma: And that eclipse is where we are now? / Graham: Yes, but there's still more to the story. / Soma: There's more? / Graham: In the year 2035, a new master will come to the castle, and he will inherit ALL of Dracula's powers. |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  18. Soma: "Finally...I clearly understand...everything. I am...Dracula." |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  19. Julius: I must destroy Dracula at any cost. That is my destiny. / Soma: NO WAIT! I don't want to fight against you. / Julius: Nothing you say will stop me! Prepare to die! |- Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 05/06/2003
  20. Soma: ...I've got a favour to ask of you. / Julius: What is it? / Soma: From here. I will set off to fight against my own fate. If I lose the battle...and I become reincarnation of evil, I want you to kill me. / Julius: ...I will...I promise. |- Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 05/06/2003
  21. From the Library Menu: Soma Cruz: The rebirth of Dracula, he has the ability to dominate the souls of monsters and use their powers as his own. A year ago, he learned that he was destined to become the dark lord. However, he overcame the chaos that raged within and escaped that fate. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  22. Genya Arikado: They want to resurrect the lord of darkness. Like some sought to do with Dracula. / Soma Cruz: I guess they don't like the fact that I didn't become the 'lord of darkness'. / Genya Arikado: Not only that, they intend to create a new lord by eliminating you. |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  23. Soma Cruz: Yeah, I'm fine. But that power... It returned! Arikado, what's going on? / Genya Arikado: The power didn't "return." It was always with you. You just never had a need for it since you fled the castle. And that set free all the souls that you had gained dominance over. |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  24. Soma Cruz: "So those two are the dark lord's candidates..." / Celia Fortner: "Correct. They were born at the same time as Dracula's demise. They are inheritors of Dracula's dark powers." / Soma Cruz: "But that's no guarantee that they can become the dark lord." / Celia Fortner: "They can. By shattering Dracula's soul." |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  25. Soma Cruz: Unh! What was that? Did I gain dominance over a human soul? No, I gained no power... But... what was that light? |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  26. Dario Bossi: Wh-What did ya do, punk?! My power...It's gone... / Soma Cruz: I destroyed the demon that fused with your soul. And your power with it.
  27. Genya Arikado: That Mina is a fake! / Celia Fortner: Arikado! Why must you always get in the way? / Genya Arikado: How clever of you to use a Doppelganger. Ah, but you haven't won just yet... |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  28. Genya Arikado: You copied the power of dominance from Soma? / Dmitrii Blinov: Ah, so you understand. I touched the boy's soul and copied his ability. And I have been doubly lucky in finding a suitable replacement for my body. / Celia Fortner: Y-You obtained the same power as Soma Cruz? / Dmitrii Blinov: When I fought the boy, I confirmed one thing. Dracula's heir need not be the inheritor of the dark lord's power. I only need to possess the same ability to become the true dark lord's heir. And of course, only I could gain that ability. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  29. Soma Cruz: Then that means there will always be a need for a dark lord. All because I ducked out from becoming the next in line! / Genya Arikado: Don't misconstrue me! Perhaps there is a need for the dark lord...But there is no reason at all for you to become the dark lord. / Soma Cruz: But if it weren't for me, none of this would have happened! / Genya Arikado: You're neither a god nor a demon. You're only human. You have no chance at ever achieving perfection. Or are you saying you want to be the dark lord? / Soma Cruz: No...Of course not. |-Castlevania: Dawn of Sorrow (NDS); Konami, 10/04/2005.
  30. Julius Belmont: So... Soma has become the dark lord. I have no other choice... The battles of the past are to be waged once again... / Genya Arikado: I had assumed that he would have equipped the talisman from Mina... It would have protected him. But alas, I will have to unleash my power... |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  31. Julius Belmont: Soma... It's time I fulfilled my promise to you. / Yoko Belnades: I'm sorry, Soma. I will free you from your torment. / Alucard: Soma... I never wanted it to end this way... But I can't allow you to wreak havoc anymore... |-Castlevania: Aria of Sorrow (GBA); Konami, 06/05/2003.
  32. a b Craig Harris. Matéria sobre Castlevania: Aria of Sorrow (GBA) (em inglês). IGN.
  33. Bryan Boulette. RPGamer > Staff Retroview > Castlevania: Aria of Sorrow (em inglês). RPGamer.
  34. Bryan Boulette. RPGamer > Staff Review > Castlevania: Dawn of Sorrow (em inglês). RPGamer.
  35. Greg Mueller. Matéria Castlevania: Dawn of Sorrow da GameSpot (em inglês). GameSpot.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]